Petição Pública Logotipo
Ver Petição Razões para assinar. O que dizem os signatários.
A opinião e razões dos signatários da Petição: Contra a penalização do aborto nas unidades de saúde familiar: um atentado à liberdade da mulher, para Administração Central do Sistema de Saúde; Ministério da Saúde; Assembleia da Républica

Nome Comentário
Ana J. Isto não é uma solução para qualquer que seja o problema em mãos. Penalizar os profissionais de saúde de modo a que estes imponham restrições à liberdade das pessoas só leva a uma maior vilinização dos mesmos. Estamos cada vez mais a separar a população do SNS e as repercussões a nível da saúde das pessoas está à vista. De modo nenhum irá contribuir para uma maior educação da população em planeamento familiar e saúde sexual.
Elsa S. A mulher decide e os médicos não podem ser penalizados.um filho tem de nascer com condições emocionais e muitas mais.
Mariana S. Aborto é um direito do ser humano.
Cristina A. Estamos no séc XXI as pessoas tem o direito de decidir o que querem fazer com o seu corpo
Ana J. Esta regra vai contra a segurança de escolha e dignidade humana. Parem de controlar o nosso corpo. O nosso corpo - as nossas regras.
Filipa . Todos devem ter opção de decidir sobre o seu próprio corpo, encorajar alguém a restringir a liberdade da mulher sobre o seu próprio corpo é desumano
Margarida . O aborto é um direito sexual e reprodutivo! É um direito humano. Ninguém tem de decidir pela mulher o que é certo ou não, isso cabe exclusivamente a ela. ABAIXO PATRIARCADO!!!
Sara . Esta penalização não tem qualquer sentido. Os médicos não controlam a vida sexual dos pacientes - prestam apoio. Este tipo de decisões, feitas apenas para agradar a quem as quer, sem diálogo com todas as partes envolvidas, demonstram falta de senso comum e noção da realidade tremendas. Estas penalizações apenas servem para distanciar os utentes dos seus médicos, o que levaria a mais situações de risco. Peço veemente que reconsiderem esta decisão e que realmente respeitem e protejam os utentes e os seus profissionais de saúde.
Anabela . Não há como voltar atrás, não se brinca com a vida das pessoas É indigno de uma democracia...
Matilde . Sem sentido, depois anos pela continua conquista pela liberdade das mulheres, a sociedade regride na sua evolução
Tomás A. Penalizar os médicos, pelos comportamentos dos utentes, certamente não irá beneficiar a educação sexual dos ultímos.
Margarida C. Não mandem no nosso corpo. Liberdade da mulher. Não queremos um país retrógrada!
Nélia C. 100% de acordo
Maria C. É ridículo ter que assinar uma petição destas em pleno século 21. Obrigada Portugal
Isabela V. Está penalização não faz sentido e só vai trazer negligência médica para com pessoas que podem engravidar.
Ana V. NO MEU ÚTERO NÃO MANDAS TU!!
Romana S. Não podemos regressar ao passado.
Ana . Negar atendimento humano a uma mulher, é um crime humanitário. Nosso corpo, nosssas decisões.
Vanessa . Autêntica vergonha estarmos a retroceder numa questão de saúde pública.
Marta . Eu sei que fazia um aborto se achasse que devia faze lo. Um bebé não é um animal de estimação que morre passado uma duzia de anos e mt menos é uma consequência que temos que assumir. Mt menos deve se condenar ilegalmente mulheres donas do seu corpo e dos seus princípios. Os abortos vão continuar a haver mas com procedimento ilegais e que põe em risco a mulher adolescente ou adulta que está a passar por isto tudo

Assinaram a petição
4.862 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.



Ler texto da Petição