Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Petição pela Continuidade do Avenida Café-Concerto

Para: Exmo. Presidente da Mesa da Assembleia Municipal de Aveiro Luís Manuel Souto de Miranda

Nós, abaixo assinados, vimos por este meio, manifestar o nosso pedido de apoio para o Avenida Café-Concerto, um espaço cultural que está forçado a fechar, e solicitar ajuda urgente da Câmara Municipal de Aveiro.

Nosso pedido decorre de uma crença profundamente enraizada de que a cultura não é apenas a preservação da tradição, mas a criação e estimulação da expressão artística numa comunidade. Para os Aveirenses, o Avenida Café-Concerto situa-se no cruzamento de ambas as abordagens. Estamos certos de que é, por um lado, uma homenagem ao legado do cinema antigo, com as paredes adornadas dos vestígios da sua história cinematográfica, arquitectónica e social quase centenária. Por outro lado, o Avenida Café-Concerto utiliza os seus generosos espaços para facilitar as interações entre seus visitantes e o antigo cinema, e tornando-os em agentes ativos de um panorama cultural revitalizado.

O Avenida Café-Concerto reinventa o papel do edifício, como símbolo cultural da cidade, e cria um espaço onde artistas e atores culturais se envolvem com o seu público, contribuindo assim à evolução do património aveirense. Durante os seus quatro anos de funcionamento, o Avenida Café-Concerto tornou-se num espaço que acolhe todas as formas de cultura, dando as boas vindas à dançarinos, cineastas, poetas e donos da palavra escrita, músicos e compositores, fotógrafos e pintores, trazendo de forma constante a diversidade cultural do mundo e celebrando os artistas locais. Além de concertos, houve rodas de samba, espetáculos de fado, projeções de filmes, colectivos de poesia, exposições de arte e até debates académicos. Ao longo deste tempo, vimos os jovens do OMA criarem música em tempo real durante os seus jam sessions. Assistimos à viagem de António Variações, durante a projeção do filme onde o seu processo criativo estreia. Mesmo durante a pandemia, tivemos um concurso híbrido de poesia que escolheu o representante de Aveiro na competição nacional. Tiveram ainda parceria permanente com várias associações, entre elas: Start Teatro, Porto Femme, Shortcutz, Oficina de Música de Aveiro, Palco Central, Poetry Slam, Grupo Poetico de Aveiro, Associação José Afonso, A Certeza da Música e Maligna Matine. Foi ainda o espaço onde associações como o Agora Aveiro e o Speak, reuniram fizeram a ponte com a comunidade para envolver o público na mudança social. Em números, o Avenida ofereceu em média 200 espetáculos por ano, com um público total de dezenas de milhares de pessoas.

É difícil reter em palavras o universo eclético do espaço, do que grande parte das atividades foram oferecidas de forma gratuita. Entretanto, estes são apenas alguns dos exemplos que põem o Avenida Café-Concerto no centro do cada vez mais vibrante movimento cultural da cidade. É com tristeza que recebemos a notícia de que este espaço extraordinário, fruto do árduo trabalho de dois empreendedores e da contribuição genuína de toda a comunidade, se vê obrigado a encerrar.

É também com perplexidade que observamos a falta de ação da Câmara Municipal de Aveiro nesta questão, que, na nossa opinião, não reflectem as vontades e necessidades dos seus eleitores. Permitir a privação à cidade de um espaço de cultura e comunidade como o Avenida Café-Concerto é não apenas desolador nesta altura em que a cidade é candidata à capital da cultural 2027, mas uma contradição aos critérios desta promoção que deve valer-se de ações que garantam a proteção e continuidade dos agentes culturais da cidade.

Estamos convictos de que este espaço é uma mais valia para a cidade e, por isso, nos manifestamos por este meio. Embora compreendamos o contexto político e econômico de determinadas escolhas estratégicas, custa-nos a entender o abandono a que este espaço cheio de história e relevância está vetado.

Propomos então que a Câmara Municipal de Aveiro, em trabalho conjunto com o Avenida Café-Concerto e proprietários do local, tentem encontrar um meio termo de comunhão de forma a encontrar maneiras de manter este espaço aberto à comunidade. Este seria o maior testemunho de que a aspiração de ser chamada de Capital Cultural Europeia não é apenas uma questão de rebranding, mas de compromisso e participação reais, a fim de tornar a cultura aveirense em uma verdadeira força criativa, que pode contar com o apoio do seus eleitos e órgãos políticos e administrativos

Convocamos então todos os agentes, sejam órgãos administrativos, artistas, população local ou todos os interessados a participar nesta petição com o intuito de expressar publicamente a vontade de manter em actividade o Avenida Café-Concerto, contribuindo para a continuação do seu legado cultural, que acreditamos relevante para a cidade especialmente neste contexto de Candidatura a Capital Europeia da Cultura.
  1. Actualização #3 Notícias sobre as comunicações com a Câmara

    Criado em quarta-feira, 15 de Junho de 2022

    Atualizamos os resultados das comunicações com a Câmara. Seguindo comunicações entre o primeiro peticionário e Câmara Municipal de Aveiro, iniciadas em 2 de junho. A Câmara levantou a impossibilidade de receber a petição na Assembleia por não atender alguns requisitos exigidos. Em respostas dadas em 6 de junho e 7 de junho, clarificamos à Câmara nossas razões pelas quais a petição deveria ser aceita. Na última comunicação, foi levantada a questão da petição não estar endereçada ao presidente da Câmara. Atualizamos a mesma, e, por consequência, a Câmara deveria aceitar a petição e discuti-la em assembléia. Até o momento aguardamos resposta da Câmara. Entretanto, tivemos notícias positivas do Diário de Aveiro (https://www.noticiasdeaveiro.pt/aveiro-camara-esta-a-conversar-com-promotores-do-avenida-cafe-concerto/) de que a Câmara está a abrir diálogo com os proprietários, conforme sugerido na petição. No entanto, isso ainda não foi confirmado, pois os proprietários ficaram igualmente surpresos ao saber dessa informação. Queremos agradecer a todas as pessoas que assinaram a petição. É através das ações coletivas em que as pessoas expressam seus desejos e indignações ao governo, participando da gestão pública, que a democracia se faz mais forte. Esperamos poder dar notícias melhores no futuro, e voltaremos com mais informações assim que tivermos novidades.

  2. Actualização #2 Resposta da Câmara e 2ª comunicação com a Câmara

    Criado em segunda-feira, 6 de Junho de 2022

    A fim de esclarecer nosso contato com a Câmara Municipal de Aveiro sobre a Petição Pública que pede a continuidade de funcionamento do Avenida Café-Concerto, relatamos a seguir o diálogo com a Câmara Municipal de Aveiro: Em resposta a nossa primeira comunicação, a Câmara informou que a petição que realizamos não se enquadrava na forma de "petição pública" e portanto não poderia ser apreciada na Assembléia da Câmara Municipal de Aveiro. Diante desta resposta e baseados na legislação, fizemos uma segunda comunicação, expressando nossos argumentos respaldados pela lei e apoiados pela população Aveirense em defesa do interesse público cultural que merecem uma resposta da Câmara à petição pública e ao que ela concerne. Com mais de 1000 assinaturas em menos de 72h, enviamos à Câmara a lista com 581 destas, em que constavam o número de identificação e morada em Aveiro. Atualizaremos com mais informações logo mais obtenhamos nova resposta.

  3. Actualização #1 Comunicação com a Câmara Municipal de Aveiro

    Criado em quinta-feira, 2 de Junho de 2022

    Às 19:00 de 2 de junho de 2022 enviamos à Câmara Municipal de Aveiro, através do seu email a petição em defesa da continudade de funcionamento do Avenida Café-Concerto. Aguardamos o retorno quanto à inclusão à ordem do dia sobre a petição, uma vez que de acordo com a Câmara Municipal: "A apreciação dos relatórios relativos às petições subscritas por um mínimo de 250 cidadãos no concelho é obrigatoriamente inscrita na 'Ordem do Dia' da sessão ordinária." Muito obrigado pela partipação de todos. Não esperavamos obter mais de 500 assinaturas em menos de 24h!Esperamos que este fato seja suficiente para demonstrar o interesse coletivo na permanência deste espaço cultural. Atualizaremos a petição assim que tivermos mais novidades.




Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
1.287 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.