Petição Pública Logotipo
Ver Petição Razões para assinar. O que dizem os signatários.
A opinião e razões dos signatários da Petição: Manifesto por uma Floresta Discriminada, para Sociedade

Nome Comentário
Sónia M. É urgente rever a atenção do Estado ao espaço florestal nacional. A floresta de gestão mantém-se na monocultura. Poderiam ser definidos novos indicadores de boa gestão do espaço florestal, pela imposição de boas práticas de gestão florestal, nomeadamente as que dizem respeito ao mosaico florestal que dificulta a propagação dos fogos florestais e tal não é seguramente a monocultura. A plantação de florestas mistas com inclusão de áreas de folhosas autóctones de crescimento mais lento, é certo, mas de produção de madeiras consideradas nobres, que vemos chegar ao Porto de Leixões, porque não as temos no espaço Nacional e são necessárias na nossa indústria da madeira e mobiliário. A criação de áreas de conservação é de igual importância para o equílíbrio Ecológico das espécies e regulação dos cliclos da água e de Carbono, Os benefícios não contabilizados da Floresta, mas que se traduzem nos níveis da qualidade do ar que respirámos todos os dias. Há muito que fazer pela Floresta à escala global.
Pedro C. Por uma floresta com mais pinheiros, em alternativa à actual plantações de eucaliptos.
Hendrik D. grato aos autores
PEDRO S. supoto esta iniciativa para o bem de todos
Manuela c. ÁRVORES PRECISAM SE
Paulo M. A importância de árvores é cada vez maior nas nossas cidades. Árvores vivas, cidades vivas é o paralelismo entre a coabitação humana e árvores. Cabemos a nós integralas na paisagem de uma forma ordenada e sustentada. Dando assim o ênfase necessário as prioridades de benefícios que estes seres vivos tão dinâmicos disponibilizam em termos ecológicos, económicos, sociais e humanos. Esta visão assenta em critérios científicos que anteveem a necessidade de concretizar soluções inovadoras com critérios ajustados a realidade dos espaços arborizados das nossas cidades. Árvores vivas, cidades em movimento antecipa a realidade frenética de ajustar modelos de gestão integrados em moldes técnico científicos que ajustem a capacidade de criação e inovação que as novas cidades teem de contemplar. A pré-existência de uma realidade oculta, atenta à falta de noção e conhecimento acerca da vida ecológica, social e humana que as árvores traduzem na organização de um ambiente mais adequado às necessidades humanas, traduz a ineficiência de valores consensuais a seu respeito. Árvores vivas, cidades vivas são um movimento de articulações ajustadas pelo conhecimento científico que definem a árvore como se
Rosa . Gostaria de voltar a ver as matas da minha região ( Beira Alta) encosta sa Serra da Estrela) com musgos aonde podiamos colher no Outono, cestas e cestas de deliciosos míscaros !!!
Gina F. Árvores e rios deviam ter protecção jurídica de " objectos natural".
Joaquim V. Prioridade absoluta.
maria s. Vamos ordenar e cuidar da nossa floresta com legislação adequada, fiscalização e muito cuidado. dela depende a vida de todos nós.
Eliana A. Floresta e vida
Paulo S. É a medida mais inteligente!
Laura G. Para uma maior visibilidade e concretização de causas desta natureza. Obrigada pela iniciativa
Lucilia . Assine pela sua saúde
Sónia . Petição de enorme pertinência e urgente aplicação em Portugal. Bem hajam
Dorothee Z. Critico em especial a grande falta de informaçao sobre as consequencias de plantações de monocultura em vez de florestas. Os proprietarios dos terrenos tem que ser informados numa forma propria.
Associação A. URGENTE
Billy H. Amael
Maria . Salvem a floresta. O futuro clamara.
maria m. Não vamos deixar destruir as nossas serras .

Assinaram a petição
770 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.



Ler texto da Petição