Petição Pública Logotipo
Ver Petição Razões para assinar. O que dizem os signatários.
A opinião e razões dos signatários da Petição: em defesa da dignidade das mulheres - prostituição não é trabalho., para Assembleia Municipal de Lisboa

Nome Comentário
Luis A. Ajudem pessoal, assinem...e porque não?
ANTONIO D. afinal somos ou não um país liberal? acho que esta na hora, de abordar estas questões
Antonio V. Para que se pague mais impostos e para que haja maior controle em todos os aspectos.
Marta . Sou mãe e não sei o dia de amanhã
Ana c. Mais segurança e higiene para as mulheres que se prostituem ,
Natasha v. Força...
Milton . Acho mto bem mais postos de trabalho apoio
Bruna Força admiro a sua coragem.
Joao p. Já chega de descriminação em relação a profissão, sim profissão. Regular e terminar com os vários crimes por falta da mesma, fuga ao impostos, lenocínio, tráfico de seres humanos, etc. descriminarlixar e regular é urgente e humano
Sara . A dignidade humana é um direito, a legalização da prostituição como "um trabalho sexual" não constitui uma mera medida benéfica para a minúscula minoria que de livre vontade se prostitui, mas está sim a permitir e a perpetuar a exploração de homens sobre mulheres (caso maioritário) livres de qualquer responsabilização. Uma medida de legalização de trabalhadores do sexo constitui uma afronta ao estatuto da mulher na sociedade e a perpetuação da sua objectificação, uma vez que está profissão tem estado secular mente ligada à violência sobre as mulheres
carlos n. estou a trabalhar na alemanha depois de ter visto 2 irmaos serm presos por ter uma casa de alterne nao vou discotir o assunto mas agora que estou na alemanha e terto da holanda aqui se ve como fonciona e a prostituiçao quer na alemanha quer na holanda a prostituiçao e legar nao se ve mulher na rua salvo rara isseçao so o nosso pais nao ve o quanto perde em impostos anualmente ta na hora de dizer basta de inconpetençia
Paulo D. Por todos os motivos e mais alguns.
Maria M. Sem comentário
Patrícia C. Por favor façam-me chegar por email todas as petições a cerca deste tema.
Ana P. Em defesa da dignidade das mulheres e em defesa da dignidade humana.
Ana L. Legalizar a prostituição com a tese de liberdade para a mulher e melhorar condição da prostituição é uma ilusão que a sociedade liberalista usa para nos cegar. O que lhe interessa é capitalizar os nossos corpos e o homem sempre no topo. E quanda tenta "resolver" certos problemas, faz pela superficie, o que acaba por criar sempre outros. Há que ir à raiz! E há males que têm que ser erradicados, prostituição é um deles! Vejam o exemplo do cenário das mulheres na prostituição na Alemanha (onde é legal) e comparem com a Suécia (onde é proibido e a lei não pune só a mulher que se prostitua, como noutros sitios, pune quem procura e é mais duro! e assim sim, é uma lei completa e que protege as mulheres) Pesquisem e percebam!
Maria B. Não considero a prostituição como um trabalho, antes uma forma abjecta de exploração sexual de crianças, mulheres e homens. A prostituição está sempre ligada ao tráfico de seres humanos em vários cenários sociais, é a prova evidente de que os Direitos Humanos são balelas no sistema vigente. Há, contudo, a assinalar que se devem encontrar formas de salvaguardar a saúde, a integridade física e a coerção destas pessoas, enquanto a sociedade não permite o seu desaparecimento. Aos movimentos das mulheres competem a luta para a minimização dos factores dos riscos e da integração plena destas pessoas na sociedade.
Maria P. Caminho tortuoso, poderoso, interesses económicos instalados e a modernizarem-se com as novas tecnologias, mas não impossível a mudança.
Ana B. Uma causa que não pode mais ser adiada !
Isabel B. De facto, a prostituição é uma violência exercida sobre qualquer ser humano, e que a sua legalização/regulamentação é uma violação da Dignidade Humana, transformando-os, quer sejam jovens - M/F ou mulheres em meros objectos de prazer do homem/cliente, e os traficantes de jovens, mulheres e crianças em honestos empresários do sexo , situação totalmente incompatível com o valor dos direitos humanos. IM

Assinaram a petição
1.931 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.



Ler texto da Petição