Petição Pública Logotipo
Ver Petição Razões para assinar. O que dizem os signatários.
A opinião e razões dos signatários da Petição: Petição pelo Reforço das Medidas de Salvaguarda do Património Azulejar Nacional, para Assembleia da República

Nome Comentário
Monica T. Proteger la maravilla de azulejos en Portugal...
Nuno F. é Importante dar valor aos azulejos, que há mais de 100, 200 anos foram usados para embelezar as casas portuguesas. Não deixem o azulejo cair no esquecimento
Claudio M. Memória da Lusitania e Iberia
Helder F. em prol da salvaguarda do património azulejar nacional.
Anna M. Sou brasileira de Salvador, Bahia, Brasil,
António . Totalmente de acordo
Luísa B. Eu já assisti a estes actos de vandalismo. Estava com a colega Lidia Fernandes no Museu do Teatro Romano, quando duas turistas , em plena luz do día se dedicavam ao roubo de azulejos da fachada do edifício. Não foi agradável e a nossa colega logo as obrigou a devolver os exemplares com uma descompostura em bom Inglês... Excelente iniciativa e penso que se deveriam investigar e penalizar quem impunemente comercializa estas peças, tão frequentes nas feiras de fim de semana e não só...
Maria F. É muito importante todo o património nacional
Pedro R. O maior esforço deveria ser na inventariação de todo o património azulejar português numa base de dados aberta a consulta. Com uma opção de azulejos fora do contexto para se saber onde estão aplicados possíveis azulejos extraviados.
Samuel . Não podemos continuar a deixar o nosso património entregue aos amigos do alheio
Emídio D. arte azulejar.
Pedro . O azulejo é uma arte a salvaguardar.
Antonio M. A paixão pelo Azulejp
Maria N. Pelo reforçadas Medidas de Salvaguarda do Património Azulejar Nacional
Ru . Preservação da nossa memória é uma premissa fundamental para salvaguarda de um futuro melhor.
António B. Mesmo não partilhando a totalidade dos mecanismos sugeridos para controlar as transações futuras de azulejos, com exceção evidentemente dos arrolados e classificados, subscrevo o espírito e a iniciativa com empenho e preocupação.
José A. O comércio de azulejos não pode, nem deve ser interditado mas, dentro do possível, regulamentado. Uma das formas seria exigir do vendedor qual a sua proveniência.

Assinaram a petição
629 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.



Ler texto da Petição