Petição Pública Logotipo
Ver Petição Razões para assinar. O que dizem os signatários.
A opinião e razões dos signatários da Petição: Petição Direitos Humanos e Nascimento - Pelo Respeito, Contra o Abuso, para Amnistia Internacional - Portugal

Nome Comentário
Ricardo D. Humanidade e vida em primeiro lugar!
CRISTINA R. O momento do nascimento determina que qualidade de vida e de felicidade o novo individuo irá ter nesta sua nova experiência de vida. Respeitemos então este momento tão importante e maravilhoso na vida de um SER, bem como a mulher - Mãe - que o transportou e que o vai ajudar a dar este passo tão importante que é o seu nascimento.
Patrícia F. um obstetra tentou manipular-me e foi agressivo ao tentar demover-me do meu plano de partos. Preparada, dei cabo da situação e fui recebida pelos melhores enfermeiros do mundo. Parto na água em HSB, Setúbal.
narciso p. assino porque concordo com os termos, prpostos.
Andreia M. O abuso obstétrico e o desrespeito dos Direito Humanos no Nascimento, em geral, em nome de protocolos hospitalares obsoletos e conveniências pessoais é uma assunto que diz respeito a todos, porque tem um impacto a longo prazo na vida íntima e pessoal de cada um e, por consequência, na Sociedade.
Isaura S. Para mudar o mundo é preciso mudar a maneira de nascer. Michel Odent
Stephanie F. O meu bebê nasceu Maternidade Alfredo da Costa em Lisboa no dia 19/03/2014. O parto tinha todas as condições para ser natural, de acordo com a minha obstetra particular, as condições estav muito favoráveis. Fui à maternidade porque já completava 40 semanas e 6 dias de gestação. Chegando lá, me internaram e induziram o parto, passado algumas horas romperam a bolsa e durante o parto aplicar a técnica de Kristeller. Foi uma experiência ruim e com muito medo. Hoje depois de muita informação, entendo que violaram os meus direitos e o meu corpo.
Patrícia . Já sofri de um abuso deste.
Marta O. As mulheres grávidas devem ser respeitadas e tratadas com dignidade. Devem-lhe ser oferecidos os melhores cuidados de saúde disponíveis. O bebé também um ser humano deve ter um nascimento digno e respeitado. Se esta realidade ainda não existe em Portugal para TODAS as mulheres, lutemos pelos direitos humanos na gravidez e parto! Pelo respeito e contra a violência obstétrica!
Lília F. Liberdade e direito de escolha!!!!!!!!!
Kaite C. O nº é meu NIF pois o nº do meu BI francês não cabe
Diana N. Porque o momento do nascimento é determinante e marcante para o Bebé e para a Mãe, porque deixa marcas profundas (positivas ou negativas) que vão influenciar toda a sua Vida, porque não é um momento esporádico mas sim um contínuo... Por tudo isto é muito mais, não pode continuar a haver o desrespeito, desconsideração, e desinteresse pelo bem estar da Mãe e do Bebé como tem vindo a acontecer recorrentemente por alguns profissionais de Saúde.. São profissionais de Saúde e não profissionais de Doença, e a Maternidade e o Parto não são uma patologia, são a maior expressão da Natureza. Não é uma questão económica (antes pelo contrário poupar-se-ia bastante), é apenas uma questão de mentalidade.
Vitor V. Excelente
Ana R. A forma como se nasce no mundo tem de mudar! Não ao abuso obstétrico!!!
Paula C. O que vai ser da humanidade se todos os nascimentos forem artificiais? faz falta respeitar o nascimento de um humano. Os obstetras têm obrigação de se atualizarem ou então mudem de profissão.
CATHERINE F. Women need respect and pvacy to birth.
sergio l. Acabemos com as execuções legais
margarida b. Também eu sofri e friquei com sequelas para toda a vida, quando nasceu o meu filho mais velho.
Susana P. No campo do BI coloquei o número de Autorização de Residência, visto ser estrangeira
Cláudia B. Não compreendo como é possivel a AI ainda não se ter associado a este movimento.

Assinaram a petição
564 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.



Ler texto da Petição