Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Revisão das Medidas Propostas para a reabertura das creches

Para: Primeiro-Ministro, Presidente da Republica, Ministra do Trabalho, solidariedade e Segurança Social

Exmos Srs.

Após ouvirmos a apresentação das Medidas para a Reabertura das Creches, parece-me que não houve o cuidado de ouvir as pessoas que trabalham em creche e que estão diariamente em contato com essa realidade, nem os psicólogos que decerteza que terão algo a dizer em relação à parte emocional e às consequências que estas diretrizes ao serem impostas irão ter.

Compreendo que seja necessário a existência de um Plano de Contingência e de Medidas de Prevenção para evitar a possibilidade de Contágio mas temos que ter em conta o publico alvo.

E infelizmente as Medidas anunciadas fariam sentido para um 1º Ciclo e não para crianças até aos 3 anos.

Acho que se a intenção é dar confiança aos pais para colocarem os seus filhos nas creches para poderem ir trabalhar, estas medidas não irão concerteza surtir esse efeito, pois os pais não quererão os seus filhos até aos 3 anos sentados no chão ou numa cadeira com apenas um ou dois brinquedos o dia todo e sem poderem ter o contato e a relação afetiva que tanto caracteriza esta faixa etária.

Se queremos ter creches abertas não podemos ter restrições de afastamento de camas ou de catres pois as creches não crescem, não podemos chegar e construir um novo espaço que não existe porque isso não é viável.

Essencialmente temos que ter em conta a não propagação do vírus tomando todas as medidas de Higiene, Desinfeção e Proteção mas o mais importante numa Creche para que os Pais e Crianças se sintam confortáveis são os afetos, a liberdade e a possibilidade de se poderem movimentar livremente. O que estão a querer é precisamente o contrário.

- Distanciamento entre crianças nas pausas e espaços de refeição - Poderá ser feito um espaçamento entre crianças nos refeitórios mas será impossível ser de 2 metros, pela viabilidade do espaço físico que é limitado.
- Berços, camas ou catres sempre utilizados pela mesma criança e com espaçamento mínimo de 2m entre si - Em regra geral os berços e as camas são usadas sempre pela mesma criança, o afastamento não é viável pois não existe espaço físico para colocar todas as crianças a dormir.
- Divisão de turmas, tornando-as mais pequenas - As creches têm uma capacidade fixa, se existir apenas um berçário não podemos ter bebés a ocupar outro espaço que não seja berçário.
- Turmas fixas, ocupando diariamente o mesmo espaço, com o mesmo educador e com os mesmos circuitos de circulação - Esse educador vai trabalhar 12 horas? Porque existem creches que estão abertas 12 horas e existem crianças que passam 12 horas na creche. Esse educador não poderá deixar bebés sozinhos para ir fazer as suas necessidades fisiológicas, nem comer?
- Espaçamento de 2m entre crianças - Impensável, não são crianças que saibam o que isso significa e são crianças que precisam de muitos afetos principalmente com o adulto. Entre eles será muito difícil fazê-lo.
- Material didático não deve ser partilhado entre as crianças - Poderá o mesmo ser desinfetado aquando a sua utilização e entre crianças.
- Manter as portas de acesso ao exterior abertas - E quem assegura a segurança das crianças?
- Brinquedos únicos para cada criança - Vamos limitar as crianças a passar o dia a brincar só com um brinquedo? Sejamos lógicos e conscientes, as creches não são depósitos de crianças, as coisas que estão ao dispor delas nas salas para brincarem servem para estimular as aprendizagens e promover o bem estar emocional da criança.
- Uma espreguiçadeira por criança - Inviável financeiramente e em termos de espaço, a solução passará pela desinfeção da mesma após cada utilização.


Pedimos desta forma a revisão das medidas acima mencionadas para tornar viável a continuidade das creches e o bem estar físico e mental das educadoras, auxiliares e principalmente das crianças.

Cumprimentos




Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
777 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.