Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Petição para aplicação de medida de coação adequada, prisão preventiva para assassino de Roxy Pastor Alemão do Montijo

Para: MP, governo, tribunal e todos os Portugueses



Uma pessoa que mata, esquarteja, esfola e ainda tempera os restos mortais de um animal de companhia, indefeso, porque a relação terminou ou não, porque está alcoolizado ou porque algo na sua vida não correu bem, não pode ser considerado normal. Não pode sair impune. Este ato de pura crueldade, desprovido de sentimentos e como a finalidade de intimidar ou vingar por algo que vai contra a sua vontade ou não correu bem numa relação, deve ser devidamente punido. Este senhor é uma ameaça à segurança pública. Não importa se a companheira ainda apoia ou não. Este é um caso público. Uma prova que existem psicopatas e sociopatas à solta no país e que são um perigo para a nossa sociedade. Não consigo entender, como um crime previsto no código penal português artigos 387°, 388° e 388° a, é tratado com tanta leviandade. O suspeito e culpado é identificado e detido pelas autoridades, presente à autoridade judiciária (Juiz de instrução criminal), saí em liberdade com a medida de coação TIR. Excelentíssimo juiz, pede -se que reveja a medida de coação aplicada e que a mesma seja atribuida mediante a Crueldade e gravidade do ato cometido. Este indivíduo revela através deste comportamento, perigo para a sociedade e jamais será considerado um pessoa que transmita segurança, é um criminoso. Um assassino. Estudos na área da psicologia e psiquiatria criminal revelam que todos os indivíduos que praticam atos de crueldade para com animais, são predisposto a crimes contra as pessoas. Neste caso concreto, o indivíduo revela uma frieza tremenda para com a vida de outros seres vivos, sejam eles animais ou até pessoas. Uma pessoa na sua faculdades não faria ou cometeria um ato destes. Para além de estarmos perante um indivíduo de outra nacionalidade que não a portuguesa e esse facto ainda contribuí para o agravamento do caso, uma vez que deve respeitar e seguir a legislação portuguesa. Não é admissível o cometimento de um crime hediondo que chocou o país a um português, quanto mais a um estrangeiro. Chega de importar criminosos para Portugal. Basta de leviandade com as leis que regulam a nossa sociedade e país. Este indivíduo merece aplicação de uma medida de coação mais gravosa, a prisão preventiva até julgamento e seria correto a sua extradição. Não podemos permitir que este crime passe impune, pois seria um argumento para que outros crimes iguais ou semelhantes ocorram e sejam comparados com este no que respeita à decisão tomada e aplicada pelas autoridades judiciárias. A lei existe e compete à autoridade judiciária aplicá-la e se necessário servir de exemplo futuro.
Estou predisposto, assim como um elevado número de cidadãos portugueses de levar este caso até às últimas consequências, parlamento ou não restando alternativa, ao parlamento europeu. Pois Portugal deve proteger os Portugueses e o seu país.



Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
832 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.