Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Petição contra o gasoduto Celorico - Vale de Frades

Para: Assembleia da República

Com a urgência do combate às alterações climáticas, e depois de assinar o acordo de Paris, a União Europeia decidiu usar o dinheiro dos contribuintes para financiar vários megaprojetos de construção de gasodutos.
Sendo que a capacidade de gasodutos já instalada é usada a 69%, para que precisamos de mais gasodutos?
A maioria do gás que chega à UE provém da Rússia, então argumentam que para diminuir a dependência deste país se deviam criar infraestruturas de gás.
Para alcançar este objectivo, a UE está a promover a construção de vários gasodutos entre eles um enorme gasoduto que ligaria a Europa ao Azerbeijão, chamado “Southern Gas Corridor” ou “Transadriatric Pipeline”.
Ou seja, o objectivo destes projectos para acabar com a dependência de um país, vai perpetuar a nossa dependência de outros países exportadores de gás, nomeadamente Estados Unidos da América.

Em Portugal está planeada a construção de um gasoduto para fazer a ligação da Guarda a Zamora, passando por Bragança, e vai custar-nos 136 milhões de euros. Este é o nosso dinheiro!! Não devíamos decidir o que fazer com ele?

Aparentemente não, a UE precisa dele para resgatar a indústria fóssil que sabe que tem de ser radicalmente reduzida durante as próximas décadas para evitar o colapso climático. Este é mais um caso clássico da transferência de dinheiro dos contribuintes para as grandes empresas, tal como aconteceu nos resgates à banca, com o intuito de viciar a economia em combustíveis fósseis.

Este novo “elefante branco”, que vai passar por baixo de rios e por cima de territórios de lobos, vai ser construído para trazer gás natural, ou de uma forma mais correta, gás fóssil, de países como os EUA e Qatar, onde se explora gás de forma não convencional, com impactes muito significativos para o ambiente, o chamado fracking.

Bom mas há um gasoduto a atravessar o oceano? Não.
O gás vem de barco, em navios metaneiros transportando o chamado LNG (liquified natural gas), com perdas enormes na forma de metano directamente para a atmosfera. Chegando a Sines ele é regaseificado e injectado na rede, para abastecer o centro da Europa.

Mas nós dizemos NÃO.
Se queremos que a nossa espécie continue a viver num mundo com civilização organizada, não podem haver mais investimentos em combustíveis fósseis. Este dinheiro é de tod@s nós e devemos ter uma opinião sobre como o investir.
Queremos energias renováveis, transportes públicos, economia circular, eficiência energética e viver bem. Não queremos destruir o ambiente e o futuro das gerações vindouras.



Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
102 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.