Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

PCP luta pelo alargamento da redução tarifária aos restantes Concelhos do Distrito de Lisboa.

Para: À Comunidade Intermunicipal do Oeste, Comunidade Intermunicipal da Lezíra do Tejo, Área Metropolitana de Lisboa e Ministro do Ambiente.

AVANÇA O ALARGAMENTO DO PASSE SOCIAL INTERMODAL
NA ÁREA METROPOLITANA DE LISBOA!

OS UTENTES DE AZAMBUJA, ALENQUER, ARRUDA DOS VINHOS, CADAVAL, LOURINHÃ, SOBRAL DE MONTE AGRAÇO E TORRES VEDRAS TAMBÉM TÊM DIREITO À REDUÇÃO TARIFÁRIA.
NÃO PODEMOS FICAR QUIETOS. É PRECISO LUTAR!

Foi uma luta longa e com história, desenvolvida pelas populações e pelo PCP, com 7 projectos-lei do PCP sucessivamente chumbados por PS, PSD e CDS, o último deles em Novembro de 2016. Foram várias as campanhas políticas de massas promovidas pelo PCP «Pelo Alargamento do Passe Social Intermodal», com a recolha de milhares de postais em 2017. Já em 2016, todos os municípios da Área Metropolitana de Lisboa (AML), e quase todas as freguesias, aprovaram moções apresentadas pela CDU reivindicando o Alargamento do Passe Social Intermodal. Depois de muita luta, finalmente a decisão de alargamento está tomada pelos 18 municípios da Área Metropolitana de Lisboa, pela Assembleia da República e pelo Governo. Vale a pena lutar!

E esse alargamento tem data marcada para se iniciar: Abril de 2019.

O alargamento do passe a toda a Área Metropolitana envolvendo todos os operadores, vem acompanhada de uma importante redução de despesas para os utentes, só possível pela aprovação da proposta do PCP de alargamento das verbas do Programa de Apoio à Redução Tarifária no Orçamento de Estado para 2019.

O que está decidido na AML corresponderá a um passe metropolitano com um custo de 40 euros e um passe municipal de 30 euros, mantendo-se apenas os títulos actuais com um custo inferior. Estes valores representam uma significativa descida de custos para a maioria dos utentes na Área Metropolitana de Lisboa e permitirão ainda o alargamento da mobilidade oferecida a todos eles.

É necessário que também sejam abrangidos por esta redução os milhares de utentes que diariamente se deslocam para Lisboa a partir de concelhos que não pertencem à AML como Azambuja (actualmente na Comunidade Intermunicipal (CIM) da Lezíria do Tejo, por decisão do PS) ou Alenquer, Arruda dos Vinhos, Cadaval, Lourinhã, Sobral de Monte Agraço e Torres Vedras (integrados na CIM do Oeste). É preciso que estes utentes deixem de ser obrigados a pagar ao grupo Barraqueiro, passes e tarifas com valores que chegam a ultrapassar as duas centenas de euros quando combinados com o Metro ou a Carris.

O alargamento de verbas proposto pelo PCP e aprovado pela Assembleia da República permite que a CIM do Oeste e a CIM da Lezíria do Tejo estabeleçam protocolos com a Área Metropolitana de Lisboa que resultem numa significativa redução das actuais tarifas com a criação do «Passe Metropolitano Mais» como já hoje sucede com o Passe Intermodal 123 Mais para Alcochete/Montijo ou para o Seixal.

Aquilo que se exige, e o PCP propõe, é um Passe Metropolitano Único Mais para cada um destes concelhos: Azambuja, Alenquer, Arruda dos Vinhos, Cadaval, Lourinhã, Sobral de Monte Agraço e Torres Vedras.

Esta proposta do PCP é justa mas ainda não está aprovada. É necessário lutar pela sua concretização.

É necessário contrariar as resistências do Grupo Barraqueiro em reduzir os escandalosos lucros que obtém com alguns dos passes da região. E exigir que as Câmaras Municipais façam valer os interesses dos utentes. Cabe às populações e aos utentes lutarem pela sua concretização. Esta é uma oportunidade que não pode ser perdida!

É PRECISO CONTINUAR A LUTAR:
PELO ALARGAMENTO DA REDUÇÃO TARIFÁRIA
A TORRES VEDRAS!

Às Câmaras Municipais de Alenquer, Arruda dos Vinhos, Azambuja, Cadaval, Lourinhã, Sobral de Monte Agraço e Torres Vedras

À Comunidade Intermunicipal do Oeste
À Comunidade Intermunicipal da Lezíra do Tejo
À Área Metropolitana de Lisboa

Ao Ministro do Ambiente,

Os Abaixo-Assinados saúdam a decisão de Alargamento do Passe Social Intermodal com redução de custos para os utentes da Área Metropolitana de Lisboa.

Os Abaixo-Assinados lembram que existe um conjunto significativo de concelhos do Distrito de Lisboa (Alenquer, Arruda dos Vinhos, Azambuja, Cadaval, Lourinhã, Sobral de Monte Agraço e Torres Vedras) que não pertencem à Área Metropolitana de Lisboa, e que nesses concelhos existem milhares de utentes com deslocações regulares a Lisboa.

Os Abaixo-Assinado exigem que seja encontrada uma solução de alargamento da redução tarifária a estes concelhos, nomeadamente através da criação de passes mais baratos no plano municipal e intermunicipal e da criação de um Passe Intermodal Metropolitano com complementos até Alenquer, Arruda dos Vinhos, Azambuja, Cadaval, Lourinhã, Sobral de Monte Agraço e Torres Vedras.

APOIA E LUTA COM O PCP!




Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
30 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.