Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Alcochete e Corrupção no Benfica

Para: Assembleia da República

NÃO SE ESQUEÇAM DE VALIDAR A VOSSA ASSINATURA NO VOSSO EMAIL PARA QUE EFECTIVAMENTE SEJA VÁLIDA

ASSINEM E PARTILHEM. SÓ PEDIMOS JUSTIÇA IGUAL PARA TODOS

Um grupo de associados e adeptos do Sporting Clube de Portugal sente-se indignado com todos os últimos acontecimentos que têm ocorrido no futebol português.

O ataque terrorista à Academia do Sporting Clube de Portugal em Alcochete a 15 de Maio de 2018 onde cerca de 50 energumenos invadiram as instalações e agrediram os jogadores profissionais do clube é uma mancha que nunca será apagada da memória dos sportinguistas. Queremos que seja feita justiça e como sportinguistas pedimos que a situação seja discutida em plenário na Assembleia da República de forma a que também os senhores Presidente da República, Primeiro Ministro e Presidente da Assembleia da República tenham a dignidade de se retratarem do que disseram na altura sobre o Dr. Bruno de Carvalho à data dos factos presidente do Sporting Clube Portugal Futebol SAD.

Queremos também que seja discutida em plenário todas as acusações de corrupção e violação do segredo de justiça que pendem sobre a Sport Lisboa e Benfica Futebol SAD e que até ao momento não mereceu qualquer indignação dos acima visados máximos representantes da nação nem de qualquer figura política de relevo.

Queremos que a Sport Lisboa e Benfica Futebol SAD seja impedida de competir na Liga NOS até que os casos que pendem sobre a mesma instituição estejam resolvidos. Não podemos estar todos os dias e todas as semanas a pensar que aquele clube terá praticado atos que violam as regras do desporto como parece ter acontecido nos últimos anos.

Queremos que também sejam abordados estes assuntos:

-a presença de magistrados em clubes desportivos - com, pedido de proibição clara - a imposição de mudança de funções ou de circunscrição dos que se mostrem já comprometidos com a violação do dever de discrição e a alteração do artº das suspeições no código de processo civil de molde a incluir a violação do dever de discrição

- alteração da lei penal de molde a ampliar o crime de viciação da verdade desportiva, aí incluindo a tomada de órgãos sociais por meios fraudulentos, com suspensão necessária da deliberação e repetição do procedimento de sufrágio se acaso for admissível.

Em seguida uma carta enviada às mais altas instâncias políticas nacionais com os subscritores da mesma. Não confundir estes subscritores com os subscritores da petição. Quem subscreve a petição não adiciona o seu nome a esta carta pois a mesma já seguiu o caminho para os destinatários.


CARTA AOS EXMOS. SRS.

PRESIDENTE DA REPÚBLICA MARCELO REBELO DE SOUSA,
PRIMEIRO MINISTRO ANTÓNIO COSTA,
PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA EDUARDO FERRO RODRIGUES,

EU FERNANDO SILVA E EM REPRESENTAÇÃO DE UM GRUPO DE ASSOCIADOS DO SPORTING CLUBE PORTUGAL VIMOS POR ESTE MEIO PEDIR A TODOS OS DESTINATÁRIOS DESTA CARTA ABERTA UMAS EXPLICAÇÕES COMO ASSOCIADOS DO SPORTING CLUBE DE PORTUGAL E TAMBÉM COMO CIDADÃOS PORTUGUESES.

NO DIA 15 DE MAIO DE 2018 O SPORTING CLUBE DE PORTUGAL FOI VÍTIMA DE UM ATO HEDIONDO PERPETRADO POR, ALEGADAMENTE, 50 MEMBROS DA CLAQUE LEONINA JUVELEO.
ESSE ATO HORRENDO OCORREU DURANTE A TARDE DESSA FATÍDICA TERÇA FEIRA QUANDO ESSES 50 ENERGUMENOS INVADIRAM AS INSTALAÇÕES DA ACADEMIA DO SPORTING CLUBE DE PORTUGAL EM ALCOCHETE ONDE ALÉM DE DANIFICAREM AS INSTALAÇÕES AGREDIRAM OS ATLETAS DA EQUIPA PRINCIPAL DO CLUBE.
DEPOIS DE NESSE MESMO DIA TEREM SIDO DETIDOS 23 DOS CRIMINOSOS E AS TELEVISÕES COMEÇAREM UM DOS MAIORES ATAQUES DIFAMATÓRIOS AO PRESIDENTE DO CLUBE E DA SAD, DR. BRUNO DE CARVALHO, DENEGRINDO NÃO SÓ A IMAGEM DO PRESIDENTE COMO DA PESSOA E POR ARRASTO DA INSTITUIÇÃO CENTENÁRIA A QUE NA ALTURA PRESIDIA EM QUE O ACUSARAM DE SER O MANDANTE MORAL E MATERIAL DESSE CRIME MACABRO NENHUM DOS SENHORES SAIU A TERREIRO PARA DEFENDER O CIDADÃO QUE ESTAVA A SER ENXOVALHADO DE TODAS AS FORMAS E FEITIOS.
MUITO PELO CONTRÁRIO.
O SENHOR PRESIDENTE DA REPÚBLICA ENTROU EM CENA PARA DIZER O SEGUINTE E PASSO A CITAR:
"Neste momento tenho o sentimento de alguém que se sente vexado pela imagem que se propaga em Portugal e no Mundo. Vexado porque Portugal é uma potência no desporto e no futebol profissional; vexado pela gravidade do que aconteceu. As reacções que tive de fora foram nesse sentido. São acontecimentos graves, que não podemos banalizar" "Não podem haver dois 'Portugais', um que vive num estado de direito democrático e outro que vive à margem do estado de direito democrático. Nem no desporto nem noutra área qualquer. Há uma Constituição, há leis, há um clima de serenidade que é preciso criar. Tenho dito em outras áreas e agora perante a gravidade do que aconteceu, temos de ter noção que é importante para o futebol e para sociedade portuguesa que se perceba que o clima criado ao longo dos tempos, que já foi até debatido no parlamento, não pode continuar, sob pena de uma escalada que vai destruir o desporto português e que vai desprestigiá-lo lá fora e cá dentro." "O presidente da república não se pode substituir ao que as instituições competentes farão no seu âmbito de actividade. Não podemos fazer de conta, temos de parar para reflectir, para as instituições que atuarem. Este é momento de travar a escalada. Se não for agora, quando tiver se ser travada será por meios mais drásticos e penosos."

FONTE: https://www.sabado.pt/…/marcelo-rebelo-de-sousa-e-o-ataque-…

TAMBÉM O SENHOR PRIMEIRO MINISTRO TOMOU DA PALAVRA DIZENDO E PASSO A CITAR:
“O desporto é uma forma de transmissão de valores e não pode ser uma forma de promoção da selvajaria, como ontem [terça-feira] pudemos assistir, que obviamente a todos repugna e não pode ficar impune de forma alguma” E CONTINUOU:
“Temos de nos dotar dos meios legais necessários para banir este tipo de comportamentos e devolver ao desporto, neste caso ao futebol, a pureza própria” E AINDA DISSE:
“As forças de segurança têm agido no âmbito das suas competências para assegurar não só a punição que tem de assegurar para quem cometeu atos criminosos ontem [terça-feira] em Alcochete, mas também assegurar a todas aqueles que gostam de futebol que estão criadas todas as condições de segurança para que se possa realizar aquela que é a grande festa do futebol, que é a Taça de Portugal”
“Tudo deve ser feito para que a época termine com normalidade, com o final da Taça do próximo domingo. As forças de segurança estão a avaliar a situação, estão a adotar as medidas para que tudo possa decorrer com normalidade. Espero que assim seja”
“É absolutamente essencial que todos encarem esta final não como uma batalha, mas como aquilo que é: uma grande festa”
FONTE: https://tvi24.iol.pt/…/costa-o-que-aconteceu-em-alcochete-n…

E COMO SE NÃO BASTASSE AINDA SAIU A TERREIRO O SENHOR PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA QUE DISSE E PASSO A CITAR:
"Este não foi um caso de polícia. Foi um caso gravíssimo que coloca em causa o desporto português, o Sporting Clube de Portugal e o país"
"O presidente do Sporting falou e aproveitou para fazer uma daquelas extraordinárias intervenções como é habitual"
"investiguem os dirigentes desportivos e aqueles que fazem do futebol português esta desgraça", assim como "os que fazem do Sporting Clube de Portugal esta miséria"

FONTE: https://www.jn.pt/…/ferro-rodrigues-admite-final-da-taca-a-…

O SENHOR PRESIDENTE DA REPÚBLICA AINDA CONSEGUIU IR MAIS LONGE RECUSANDO-SE A ESTAR PRESENTE NA FINAL DA TAÇA DE PORTUGAL E SE SENTAR AO LADO DO PRESIDENTE DO SPORTING CLUBE DE PORTUGAL CASO ESTE MARCASSE PRESENÇA NESSE MESMO JOGO.
UMA ENORME FALTA DE RESPEITO PARA COM A INSTITUIÇÃO CENTENÁRIA DE UTILIDADE PÚBLICA, QUE MUITO TEM FEITO PELO DESPORTO PORTUGUÊS TENDO FORMADO ATLETAS QUE NOS DERAM MEDALHAS OLÍMPICAS, ASSIM COMO O SEU PRESIDENTE E REPRESENTANTE DOS MAIS DE 3.5M DE SÓCIOS E ADEPTOS A QUEM O SENHOR PRESIDENTE DA REPÚBLICA TAMBÉM DESRESPEITOU.

MAIS DE 4 MESES SE PASSARAM DESDE O ATAQUE TERRORISTA E ATÉ AO MOMENTO NENHUM DOS SENHORES TEVE A CORAGEM DE PEDIR DESCULPA AOS SÓCIOS, ADEPTOS E CONSELHO DIRETIVO DO SPORTING À DATA DOS FACTOS.

AGORA VAMOS AO MAIS IMPORTANTE.
VISTO QUE SE PASSARAM 4 MESES E NUNCA MAIS SE SOUBE NADA DO ATAQUE TERRORISTA À ACADEMIA DO SPORTING EM ALCOCHETE ACHO QUE OS SENHORES DEVERIAM ASSUMIR UMA POSIÇÃO DE LIDERANÇA ESTATAL E PROCURAREM SABER E INFORMAREM OS SPORTINGUISTAS DO QUE ESTÁ A SER FEITO EM RELAÇÃO A ESSE PROCESSO.
COMO SÓCIO DO SPORTING CLUBE DE PORTUGAL E CIDADÃO PORTUGUÊS RESERVA-ME O DIREITO DE INTERPELAR OS SENHORES PARA TOMAREM AS RÉDEAS E SABEREM O QUE SE PASSA.

ASSIM COMO SE RASGARAM AS VESTES EM RELAÇÃO AO SPORTING E AO SEU PRESIDENTE E OS SENHORES VIERAM À PRAÇA PÚBLICA ACHINCALHAR E HUMILHAR NÃO SÓ UM HOMEM QUE ERA APENAS E SÓ O PRESIDENTE DO SPORTING CLUBE DE PORTUGAL COMO FAZER O MESMO AOS SÓCIOS E ADEPTOS DESTE ENORME CLUBE.

E COM ESSAS ATITUDES NOS FOMOS MANTENDO ATÉ AGOSTO QUANDO A SAD DO SPORT LISBOA E BENFICA FOI ACUSADA DE CORRUPÇÃO, ENTRE OUTROS CRIMES.
AS NOTÍCIAS CORREM MUNDO. O PRIMEIRO CLUBE PORTUGUÊS A TER A SUA SAD ARGUIDA NUM CASO DE CORRUPÇÃO E VIOLAÇÃO DO SISTEMA DE JUSTIÇA.
ATÉ AO MOMENTO AGUARDO DOS SENHORES A MESMA ATITUDE DE REPÚDIO, VEXAME, DE PEDIDO DE JUSTIÇA E DE ACUSAÇÃO A ESSE CLUBE.

ATÉ AO MOMENTO DOS SENHORES NÃO SE OUVIU UMA PALAVRA. ONDE ESTÃO OS RASGARES DAS VESTES COMO FIZERAM COM BRUNO DE CARVALHO E O SPORTING CLUBE DE PORTUGAL? NÃO SE MANIFESTARAM PUBLICAMENTE SOBRE O CASO PORQUÊ? ONDE ESTÁ A MINISTRA DA JUSTIÇA QUE VIU O SEU SISTEMA VIOLADO, ALEGADAMENTE, POR FUNCIONÁRIOS JUDICIAIS?
ATÉ QUANDO VÃO OS SENHORES FICAR CALADOS SOBRE ESTE ESCÂNDALO QUE DENIGRE O FUTEBOL PORTUGUÊS ALÉM FRONTEIRAS?

SERÁ QUE O BENFIQUISMO DE UM, O BRAGUISMO DE OUTRO E O PSEUDO SPORTINGUISMO DE OUTRO OS IMPEDE DE FALAR?

AGUARDANDO POR UMA TOMADA DE POSIÇÃO DOS SENHORES NOS SUBSCREVEMOS

OS SUBSCRITORES:

FERNANDO MANUEL CORREIA SILVA
ANA CAROLINA MADUREIRA
FERNANDO ELIAS SANTOS
DIANA MARGARIDA DOS ANJOS MAGARREIRO
NUNO PINA
ANTÓNIA PEREIRA
DINIS MENDES ALBINO
JORGE MIGUEL CORREIA PEBRE
MARIA ODETE GONÇALVES PINTO E SILVA
PAULA MARIA SANTOS ALMEIDA
CRISTIANO ANTÓNIO PEREIRA PEPE
ANA MARGARIDA OLIVEIRA
MARIA DO CARMO SEIA GONZAGA RIBEIRO
PAULA ALEXANDRA HELIODORO VASCO RAMOS PEREIRA
ANA ISABEL MONTEIRO ROSÁRIO
ROSSANA FILIPA VASCO RAMOS PEREIRA
EMANUEL VASCO RAMOS PEREIRA
FRANCISCO PAIAS
CÉLIA RODEIRO GUERREIRO
ANSELMO DOMINGOS GUERREIRO
OLGA BORGES BAPTISTA
DIOGO PEREIRA SAPATEIRO
DANIEL FREITAS
JORGE G. PIRES
MARIA MANUELA ROCHA
BRUNO CONDE
JORGE LOPES
SANDRINA LOPES
SARA CONDE
MARIA CONDE
MARIA MANUELA LOPES MAGALHÃES
MARIA AUGUSTA PIRES
ÁLVARO CABRAL FERREIRA
ÂNGELO FRANCISCO DE MATOS MELO
MIGUEL ÂNGELO FUZETA MELO
SUSANA H.P. FUZETA MELO
GUILHERMINA ESTEVES
MAFALDA BORGES DE CASTRO
PAULO LOPES
NUNO AIRES FERNANDES
RUI MOITA
JORGE MENDES
NUNO SILVA
LUÍS FERREIRA
SORAYA ANTUNES GALE PROENÇA DE AMORIM
LEONEL PAULO
ROGÉRIO DOS SANTOS DIAS
FERNANDO AURÉLIO RODRIGUES CAMPOS
JOSÉ PAGAIME
MARIA DE FÁTIMA DOS SANTOS PAIXÃO FRAZÃO
MIKE FERREIRA
ROSA DUARTE
LUÍS MANUEL GONÇALVES LOURENÇO
JOSÉ COSTA JORGE
ANABELA DE JESUS PEDRO
LUÍSA RABASQUEIRA
RICARDO BARATA MARTINS
ELISABETE ROLIM
MANUEL FERREIRA CRUZ
ELENA KOVACS
MARIA DE FÁTIMA LALIM
ANTÓNIO SANTOS
CARLOS SANTOS GALITO
PAULO SÉRGIO CANAIS MENDES
ODILIA CLÁUDIO
ROGÉRIO CORREIA
VÍTOR FONSECA
MARIA MANUELA SANTOS AMADOR
ANTÓNIO PITA
FRANCISCO DIAS
LUÍS DIAS
NELSON MORAIS
ANTÓNIO GOMES
MÁRIO AURÉLIO SILVA
JORGE JOÃO DOS SANTOS BRITO
JOÃO MANUEL MEDEIROS
DINIS FILIPE RODRIGUES
FERNANDO PLÍNIO GONÇALVES PEREIRA
CECÍLIA SANCHES PISSARRA
JOSÉ ADELINO SOARES DE OLIVEIRA MARTINS
NELSON GOMES
JOSÉ CARLOS SOUSA
NELSON CAMPOS
ANA ROSA RAMOS BRITO SANGUESSUGA
LUÍS CÉSAR GUIMARÃES SANTOS
JOÃO MANUEL TORRES MANO
RODRIGO MANUEL MATIAS DE CAMPOS
LUÍS FILIPE MENDES CARDONA
JORGE PINTO DE ALMEIDA
JOÃO ALBERTO DE JESUS FERREIRA
MÁRIO RUI ALJUSTREL
VICTOR MARQUES MATEUS
LUÍS ANTÓNIO FIGUEIREDO
MANUEL HENRIQUE SOUSA
JOSÉ CARLOS GOMES DA COSTA E SOUSA
AMÍLCAR MANUEL JORGE
JORGE ANTÓNIO SILVA
NELSON CARLOS SILVA
CELSO EMANUEL MOTA SANTOS
ANA BERNARDO SANTOS
MARIA SUSETE DUARTE ANTUNES
MANUEL JORGE MOÇO BARRINHA
FERNANDO JOSÉ CORREIA TORRES
ANTÓNIO SANTOS ALEXANDRE
LUÍS MIGUEL LOUSADO MARGARIDO DOS SANTOS
MARIA JULIETA SERRANO GASPAR
CRISTINA MARTINS LOUSADO MARGARIDO DOS SANTOS
JOSÉ ANTÓNIO ALVES CASIMIRO
PAULO JORGE CARDOSO RODRIGUES
CRISTINA CARRILHO
PAULO ALEXANDRE COSTA JESUS
VÍTOR MANUEL DE FREITAS FERREIRA
FRANCISCO JOSÉ MARQUES DA SILVA
ODETE TORÇOLO PEREIRA
EUGÉNIO JOÃO CHIRINDZA
SÓNIA PAULA PINTO VILAÇA
ARMANDO FERREIRA DA COSTA
PAULO FERNANDO ALVES FARINHA
GILSON DA SILVA JAQUITÉ
LUÍS GOMES GONÇALVES
JOSÉ JOAQUIM CAROCHINHO CABAÇA
VALTER JORGE GONÇALVES DA CUNHA
ANTÓNIO CRISOSTOMO O. GONÇALVES
MARIA ADILIA DA COSTA ELIAS DOS SANTOS
TÂNIA RAQUEL DA COSTA ELIAS DOS SANTOS
RENATA DA COSTA ELIAS DOS SANTOS
TERESA DE JESUS TEIXEIRA AMARO GALAMBA
JOSÉ CARLOS GOMES GALAMBA
RUI MANUEL TAVARES
PAULO ANTÓNIO MAGALHÃES SERRANO
JOÃO CARLOS CORREIA SILVA
JOSÉ MANUEL CAMPOS DIAS
PAULO JORGE SANTOS GUERREIRO
PAULO JORGE ALVES FARINHA
SARA SÍLVIA DELGADO DIAS
ANABELA SILVA FERREIRA
ALEXANDRA CRISTINA PAÍS ABRANTES CORREIA
JOSÉ LUÍS DA SILVA MOUTINHO
PEDRO ALEXANDRE DA CRUZ REIS
NUNO PEDRO RAMOS MORGADO
MÓNICA ALEXANDRA DA CUNHA DOS SANTOS
BÁRBARA CRISTINA MARQUES DA SILVA BRITO
MARIA AUGUSTA FERNANDES MARQUES DA SILVA DE MAGALHÃES
RUI MIGUEL MARQUES DA SILVA ALEXANDRE
ANTÓNIO MANUEL DEUS GIL
ALBANO RODRIGUES DA SILVA
TIAGO FILIPE DE CASTRO MATOS CORREIA
ANTÓNIO CARVALHO RAINHO
JOSÉ MANUEL SILVA CARVALHO
CARLOS MIGUEL CARVALHO MARQUES
MARISA ALMEIDA
CARLA MARISA DE JESUS COSTA RALHA
JOAQUIM DOMINGUES RAPOSO
JOSÉ ALBERTO PEREIRA TAVARES NOVO
SÉRGIO MIGUEL FERNANDES TEIXEIRA
MILENE CARLA B. S. SIMÕES FERREIRA
ANA PAULA PACHECO
MARIA EMILIA TAVARES
PAULA ALEXANDRA ROCHA
MARIA FILOMENA SIMÕES LOPES ALBUQUERQUE
JOAQUIM INÁCIO SILVA MILHARÓ
AFONSO HENRIQUE CARVALHO DA CUNHA
FERNANDO CARLOS LAGOA CARDOSO
MIGUEL JOSÉ PEREIRA RIBEIRO
VÍTOR MANOEL MATEUS XAVIER
JOÃO PEDRO FREITAS FELIX
NUNO JOSÉ DURÃO BRANQUINHO
FERNANDO ALEXANDRE QUARESMA SANTANA
CARLA SUSANA DE MATOS SUBTIL TOMAZ
JOÃO PEDRO DE ALMEIDA ROCHA
MIRIAM PEREIRA DOS SANTOS ARAÚJO
MARIA MANUELA DOS SANTOS RODRIGUES
ALCIDES DIOGO GIL CORREIA
JOSÉ AUGUSTO BATISTA
JOAQUIM VICTOR CARVALHAIS GAMA
JOAQUIM PACHECO
DANIEL PACHECO
VÂNIA PACHECO
BRUNO MIGUEL AREZ CONSTANTINO
MARIA ELISABETE DA SILVA MARTINHO
TIAGO FILIPE DURO DIAS
FERNANDA MARIA DA SILVA CARDOSO
ANTÓNIO AUGUSTO DA SILVA FERREIRA
CRISTINA FILIPA AMADOR PROENÇA
ALBANO RIBEIRO CARNEIRO
JOAQUIM RODRIGUES FERNANDES
MANUEL FERREIRA CHORINCAS
PAULO LUÍS LIMA
ANA CRISTINA FERREIRA LIMA
MIGUEL BRUNO ASSUNÇÃO JORGE
HUGO FILIPE FERNANDES FONSECA
ARTUR TÚLIO FONSECA MARQUES
BRUNO PAIAS
ANTÓNIO MANUEL FIGUEIREDO MARQUES
FERNANDO CARLOS MOREIRA DA CUNHA
AFONSO SILVA ESPINCHO
PEDRO MIGUEL CARDOSO BORGES
SÉRGIO LEAL BATALHA
JORGE TOMÁS FONTE DA MOTA
RICARDO BRANCO RIBEIRO
VERA VENTURA GONZÁLEZ QUIROZ
HIGOR COUCEIRO
ARMANDO R. ALVES
CARLOS MIGUEL C. MARQUES
FERNANDO EMANUEL MENDES MARTINS
MARCELO M. LOPES
ARMANDA AGOSTINHO
CARLOS ALBERTO GONÇALVES PEREIRA
MARIA TERESA SILVANO CORREIA DA VEIGA
MARIA DA LUZ BOTELHO DA COSTA DE AGUIAR DA CÂMARA
RITA SUSANA DE ANDRADE JESUS
ANA SOFIA ANDRADE JESUS
JOSÉ HENRIQUE CORREIA DA SILVA
RITA MARIA NASCIMENTO SILVINO GASPAR
MARIA JOÃO SEIA CORDEIRO
ANTÓNIO MORAIS HENRIQUES SANTOS
CARLOS ALBERTO CONCEIÇÃO SANTOS
LUCINDA DE JESUS ALEIXO MODESTO SOUSA
JOSÉ ANTÓNIO SIMÕES DOS SANTOS
FERNANDA VALADAS VIEIRA
MARIA DA CONCEIÇÃO PINTO
ANTÓNIO MANUEL ROSA DIAS
MARIA ISAURA RODRIGUES VENTURA
FILIPE MANUEL OLIVEIRA BENTO
LÍDIA GOMES AMARAL
ONOFRE MIGUEL OLIVEIRA FERREIRA
MÁRIO DA CRUZ RODRIGUES
ANA SÍLVIA RODRIGUES PAIXÃO FERREIRA MARQUES
PEDRO MIGUEL MALHEIRO ARANTES
PAULO ALEXANDRE COSTA
ANTÓNIO ADALBERTO RODRIGUES DA SILVA
JOÃO PAULO GONÇALVES PEREIRA RODRIIGUES
JOÃO PEDRO DINIS ALMEIDA
MARIA DO ROSÁRIO RODRIGUES GONÇALVES
JORGE MANUEL NOGUEIRA NOBRE
JOSÉ LUÍS FERREIRA OLIVEIRA
PEDRO MIGUEL DE ABREU DIAS
ANA RITA CRUCHO RODRIGUES
JUSTINA GONÇALVES SANTOS
JOSÉ ADELINO SAMPAIO DE FREITAS
MARIA LÚCIA AZEVEDO SOARES
JOSÉ AUGUSTO ANTUNES LEAL
ADELAIDE MARIA GASPAR DA COSTA RODRÍGUEZ
MIGUEL ANGELO DA SILVA MACHADO
CARLOS ALBERTO MIRANDA
JOÃO FERNANDO SANTOS PEREIRA DE OLIVEIRA

  1. Actualização #1 Encerramento

    Criado em terça-feira, 23 de Outubro de 2018

    A Petição irá ser submetida dia 24 de Outubro de 2018 à Assembleia da República por isso aqui encerramos a recolha de assinaturas. Muito Obrigado a todos os subscritores




Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
4.612 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.