Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Pelo fim da Garraiada na Escola Superior Agrária de Viseu

Para: Presidente da Assembleia da República,Associação Académica do Instituto Politécnico de Viseu, Associação de Estudantes Escola Superior Agrária de Viseu, Presidência da Escola Superior Agrária de Viseu, Presidência do Instituto Politécnico de Viseu, Federação Académica de Viseu, Câmara Municipal de Viseu.

Exmos. Srs

Tendo este grupo conhecimento da Garraiada que vem sendo anualmente organizada pela Associação de Estudantes da Escola Superior Agrária de Viseu, vimos por este meio pedir-vos que considerem suprimi-la ou substituí-la por outra actividade que não seja lesiva para bem-estar dos animais.

Temos consciência que um tal evento, é tão lesivo como outros (touradas, circos), submete ainda assim os animais em causa a níveis de stress desnecessários, podendo mesmo promover a percepção da objectificação de seres vivos que partilham connosco a condição existencial, criaturas diante das quais deveríamos ter uma atitude responsável, mais do que a de nos considerarmos donos dos seus destinos, temos que nos lembrar também de que a partir do dia 1 de Maio de 2017 os animais passam a ter outro estatuto no Código Civil, passando a ser animais sensíveis, o que dá mais força para consciencialização do problema.

Assim, independentemente do sucesso que tais eventos possam ainda ter (têm-nos sido dito que nem isso, neste caso) cremos que a vossa instituição e a respectiva imagem pública, até da cidade de Viseu, só teriam a ganhar com a abolição de um tal entretenimento, de resto substituível – e já substituída, em muitos casos - por actividades lúdicas com mais interesse e até espectacularidade, usando simulacros (fantasias envergadas por humanos ou engenhocas preparadas para o fim) que decerto não tornariam o evento menos apreciado, até pelo potencial humorístico que encerram.

Estamos certos que a utilização de animais para fins lúdicos se compagina mal com alguns cursos ministrados pela vossa instituição, que respeitamos, nomeadamente o curso de veterinária e também cujos profissionais decerto contribuem de forma inestimável para o bem-estar animal, sabemos também que têm protocolos e parcerias com diversas clínicas, hospitais veterinários e associações de defesa animal, pelo que aguardamos com expectativa e alguma esperança a vossa resposta.

Cordiais saudações,

Os signatários.


  1. Actualização #1 Vigília contra a Garraiada - 30 Maio - 15hr - ESAV

    Criado em terça-feira, 29 de Maio de 2018

    A Garraiada é uma prática que inclui apenas tortura, sofrimento e exploração animal. O facto de não existir sangue como numa tourada não a torna menos abusiva em relação ao touro que se encontra na arena. Os touros são animais naturalmente carinhosos e não perigosos, e colocá-los numa situação onde se encontra encurralado e é obrigado a usar o seu instinto de sobrevivência e defesa, é causar-lhe stress e pressão completamente desnecessários, enquanto meia dúzia de estudantes se diverte à sua custa, sem realmente perceberem tudo o que está por detrás deste acto irresponsável e de tortura, principalmente quando o touro é ainda pequeno. É muito claro que todo e qualquer tipo de actividades tauromáquicas tem vindo a perder adeptos em todo o mundo e Portugal não é excepção. Existem apenas 8 países no mundo onde estas actividades ainda acontecem e não faz sentido o nosso país ainda ser um deles. Estas práticas não se enquadram no nosso dia-a-dia, não representam a esmagadora maioria dos estudantes nem dos portugueses. Ano após anos assistimos a um enorme declínio nos aficionados da tauromaquia e as novas gerações já não se revêem nestas tradições que violam todo o tipo de direitos dos animais - neste caso os touros. Usar animais para diversão não é cultura, não é diversão, não é justo e não faz parte de um país que se quer evoluído a todos os níveis. A Garraiada é uma tradição dolorosa e carregada de crueldade. O facto de ser tradição em nada sustenta a sua continuidade, pois imensas tradições caem por terra a partir do momento em que nos damos conta que não se enquadram mais nos tempos actuais e que são simplesmente desumanas. Isto chama-se EVOLUÇÃO! Enquanto a garraiada não for abolida da nossa cidade, que nunca teve sequer espírito de qualquer tipo de actividade tauromáquica, não nos calaremos e não deixaremos de lutar para nos aproximarmos de uma sociedade mais humana, com muito mais compaixão e amor pelos animais, à semelhança do que vemos acontecer em todos os países. Eles sentem da mesma forma que nós e a única coisa que esperam é que os tratemos com dignidade e respeito, sendo uma obrigação nossa e não uma opção. Dia 30 juntem-se a nós numa vigília silenciosa contra a garraiada. Um protesto silencioso e de abordagem pacífica é tão poderoso como qualquer outro e deve ser entendido desta forma - vamos espalhar o que procuramos: paz e tranquilidade, para o touro, para a cidade e para todos nós. Esta acção é um esforço conjunto e uma parceria de vários movimentos e organizações - Viseu Animal Save, Bloco de Esquerda, Juventude Socialista, Porto Animal Save, Braga Animal Save, VeganHood, Acção Directa Norte de Portugal, Acção Directa Lisboa e Animal. Para esta vigília teremos vários activistas do país connosco, vamos mostrar que não estamos sozinhos enquanto viseenses nesta luta e que não se trata de uma ‘opinião pessoal gostar ou não de garraiadas’, mas sim uma questão de direitos dos animais não-humanos. E temos o dever de os defender quando eles não o podem fazer por si mesmos. Venham mostrar que não apoiam a garraiada, tragam amig@s e família. Toda a gente é importante, ainda que não possam estar o tempo todo. Para qualquer dúvida ou pergunta, contactem por MP através do evento! Partilha o evento: https://www.facebook.com/events/2041506556110338/ Assina a petição: http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT85184




Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
2.183 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.