Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Contra o abate de milhares de árvores na Lagoa Azul, Sintra

Para: Exmo Senhor Ministro do Ambiente

O ICNF, estrutura que devia pugnar pela defesa da floresta, tem em marcha uma “intervenção” nos Perímetros Florestais da Serra de Sintra e Penha Longa e mais especificamente, na envolvente aos arruamentos públicos (EN9-1 troço entre a Lagoa Azul e a Malveira da Serra, Estrada Florestal Malveira-Portela e acesso à Barragem do Rio da Mula) segundo ele visando “melhorar a segurança de pessoas e bens e garantir o bom desenvolvimento das espécies autóctones presentes no sub-bosque, as quais estão na base dos bosquetes de folhosas características da zona”

Para tal fim, foi feito um auto de marca, a incidir sobre exemplares arbóreos em fim de vida, e incidindo sobre exemplares de espécies como os pinheiros-bravos, ciprestes e acácias, visando o abate destes mesmos exemplares.

Pergunta-se: se estavam doentes, quem as deixou de tratar? Matar quem se deixa morrer, é desculpa que nada justifica.

Será que a cada árvore abatida se seguirá um momento de plantação de nova árvore? É que não é só a situação fitossanitária que deve ser tida em conta, mas também o direito à imagem, que conforma a paisagem, e contou sobremaneira na classificação de Sintra como paisagem cultural. Como em muitas e pouco exemplares situações, raramente um abate tem sido seguido de reposição do coberto vegetal, no que de crime ambiental tal se reveste, e agora a caminho de mais um arboricídio sob a capa de defesa dos passantes e da segurança.

A Alagamares- Associação Cultural, de Sintra, www.alagamares.com , junto com muitos cidadãos atentos, opõe-se vigorosamente a este desbaste anunciado, até pela dimensão de que se vai revestir, e tudo fará para que seja evitado. As árvores marcadas para morrer têm uma marca laranja e é em alerta laranja que os defensores da floresta e da “nossa “serra devem permanecer, pois esta não é dos tecnocratas nem dos madeireiros, mas sim daqueles que a amam, nela vivem e respiram e que não desejam ver decepada por muitas e boas décadas.

Pede-se pois a V. Exa e a quem superintende no ICNF que tome desde já todas as medidas no sentido de suspender esta acção lesiva do património natural de Sintra.



Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
5.491 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.