Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Manifesto de Repúdio pelo Processo Conducente à Demissão de David Santos – Director do MNAC

Para: Excelentíssima Senhora Presidente da Assembleia da República Drª. Maria da Assunção Esteves; Excelentíssimo Senhor Primeiro-Ministro Dr. Pedro Passos Coelho

O Director do Museu Nacional de Arte Contemporânea/ Museu do Chiado, David Santos, apresentou em 7 de Julho a sua demissão.
Durante o curto período em que esteve à frente da instituição, David Santos demonstrou visão em relação à programação e estratégia necessárias para o Museu, iniciou um diálogo que se anunciava profícuo com a comunidade artística portuguesa, abriu o museu a novos públicos e teve um papel determinante na ampliação do espaço da instituição, nomeadamente em consonância com as determinações do Secretário de Estado da Cultura que, com eco público, as anunciou.
Dessa estratégia de ampliação era parte integrante a titularidade, por parte do Museu, da chamada “Coleção SEC”, em depósito no Museu de Serralves desde 1990 e por um prazo de 30 anos. A nova titularidade foi estabelecida a 5 de Fevereiro de 2014 por despacho nº 1849-A/2014 publicado em Diário da República, agora aparentemente revogado. Não é, no entanto, a questão da titularidade que nos move, mas a má condução de todo o processo.
Ora esta colecção será objecto de uma exposição a inaugurar no próximo dia 15 de Julho, no Museu Nacional de Arte Contemporânea que, em simultâneo, abre os novos espaços.
Que o Secretário de Estado da Cultura tenha decidido alterar o nome da exposição, apagando a titularidade do Museu do Chiado, é já estranho, por contrariar a sua anterior decisão.
Que essa atitude seja acompanhada de um gesto censório em relação ao texto que o Director do Museu tencionava publicar é perigoso e autoritário.
Que o conjunto deste desnorte tenha implicado a demissão de um Director cujo trabalho reunia consenso e começava a dar resultados, é incompreensível, revelador da falta de respeito pela opinião técnica esclarecida e, sobretudo, da ausência de visão do Palácio da Ajuda.
Os abaixo-assinados solidarizam-se com o Director agora demissionário, considerando, assim, inaceitável o processo que levou à interrupção do seu projecto.



Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
872 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.