Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Liga Cabo-verdiana dos Amigos da Língua Portuguesa

Para: Falantes Cabo-verdianos

LIGA CABO-VERDIANA DOS AMIGOS DA
LÍNGUA PORTUGUESA

Preâmbulo

Tendo em atenção o peso histórico e social da LP em Cabo Verde, como primeira língua que se ouviu falar neste Arquipélago, (séc. XV) e como língua que serviu de matriz principal à formação do crioulo cabo-verdiano;
Tomando em linha de conta o facto de a Língua portuguesa ser a língua veicular do ensino e da instrução pública e privada do País com séculos de existência, com reconhecida validade enquanto presença constante e garantida em todos os patamares e níveis de escolaridade nacional;

Tendo sempre presente que a Língua portuguesa é a língua/testemunha de quase toda a documentação escrita histórica, social e cultural que atesta e narra o percurso das ilhas desde o seu achamento em 1460, até aos nossos dias;

Tendo em linha de conta que a Língua portuguesa é para nós, a língua de comunicação internacional, nomeadamente na nossa ligação com falantes dos países da CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa);

Estando ciente de que o falante cabo-verdiano que caminha para o bilinguismo funcional, deverá sentir-se orgulhoso em possuir nestas ilhas, um veículo linguístico vetusto, rico e bem apetrechado a todos os níveis; um valioso instrumento veicular para todas e quaisquer situações elocutórias, quer sejam elas coloquiais, informais e/ou formais, quer sejam de natureza técnico-científica, académica e pedagógica, quer ainda cultural;

Considerando o prestígio da língua portuguesa entre nós pela sua antiguidade e pela sua importância como principal obreira na nossa evolução cultural e académica;
Considerada ainda, como a mais importante fonte actual, para o enriquecimento etimológico, vocabular e sintáctico da já denominada e reconhecida Língua cabo-verdiana;
Reconhecendo a Língua portuguesa como pilar da sustentabilidade e de ligação entre os países de CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa) e reconhecendo também a mestiçagem deste idioma que engloba vocábulos dos diferentes povos que o falam e com eles partilha e dá a conhecer a diversidade cultural de que os mesmos se compõem;

Considerando finalmente, que a Língua Portuguesa é património cabo-verdiano e como tal deve ser estimada e preservada entre nós;

Nestes termos:

É criada a Liga Cabo-verdiana dos Amigos da Língua Portuguesa, adiante designada abreviadamente por LICALP com as seguintes clausulas:
Cláusula 1
Definição, objectivos e perfil de membro
1. A LICALP, é uma associação civil, apolítica, sem fins lucrativos, composta de membros, homens e mulheres, que possuem como valor e gosto comuns, o facto de prezarem em fazer uso corrente da Língua portuguesa – falando-a e escrevendo-a – enquanto importante meio de comunicação, língua viva, afectiva e de cultura.
2. A LICALP tem por objectivo primordial a preservação, a difusão e a expansão oral e escrita da Língua portuguesa entre os falantes cabo-verdianos.
3. O membro da LICALP distingue-se pela sua contribuição e reivindicação por maior difusão do português, entre os falantes cabo-verdianos de todas as idades, numa perspectiva inter-geracional e com o objectivo de que este veículo de comunicação seja considerado sem reservas, património de Cabo Verde e uma riqueza linguística com parâmetros afectivos, culturais e históricos, possuidora de uma incontornável valência técnica/científica que deve ser mantida e cuidada nestas ilhas.
4. A defesa da expansão da língua portuguesa entre nós, quer sob a forma oral, quer sob a forma escrita, quer ainda sob a forma formal/coloquial, é o requisito indispensável e exigível para o perfil e a para a condição de membro e a sua contribuição primeira à Liga Cabo-verdiana dos Amigos da Língua Portuguesa.
5. Outro requisito exigido para se pertencer à liga dos Amigos da Língua Portuguesa é que o membro da Liga seja de facto, em juízo e de livre escolha, um dinamizador actuante, um defensor atento, através do seu próprio exemplo, da sua prática oral e escrita, e da sua dedicação, à persecução da continuidade, da permanência, em suma, da existência viva e visível da língua portuguesa em Cabo Verde, a par da língua cabo-verdiana, o crioulo, seu descendente directo

Cláusula 2
Actividades e emblema

1. A Liga pretende contribuir, de forma voluntária e benévola, através de actividades que se revestirão de formas diversas, e em qualquer local do País para a preservação e para a expansão da língua portuguesa entre nós; para que a sua oralidade não pereça em Cabo Verde e para que a sua escrita seja estimada, estudada e cuidada.
2. Para tal, e como já referido, a LICALP, dinamizará junto dos falantes cabo-verdianos actividades – através do serviço público dos média nacionais (Jornais, Rádio e Televisão e em rede digital) – que se podem revestir de carácter didáctico e lúdico e todas igualmente conducentes à apetência para a boa prática da oralidade e da escrita da Língua portuguesa.
Cláusula 3ª
Lema
1. O emblema simbólico da Liga é: «É Bom Falar português!».
2. A frase que ilustra o emblema pretende significar não só as vantagens e a riqueza linguística desta Língua viva entre nós, como também demonstrar a afeição, o gosto e o preito do falante cabo-verdiano à Língua Oficial e à Língua segunda do país.
Cláusula 4ª
(Membro)
Considera-se membro efectivo da LICALP, o cidadão, que em consciência e de livre vontade, aponha a sua assinatura neste documento, o que será demonstrativo e suficiente da sua adesão aos princípios que norteiam a Liga Cabo-verdiana dos Amigos da Língua Portuguesa.
Cláusula 5ª
Divulgação
A divulgação dos objectivos da Liga Cabo-verdiana do Amigos da Língua Portuguesa, nos meios de comunicação social e das redes sociais adequados, é condição suficiente que consagra a existência a Liga Cabo-verdiana dos Amigos da Língua Portuguesa.


Cabo Verde, Outubro de 2013.

(Junte-se a nós. Torne-se membro activo da LICALP)

Seguem-se subscritores:
Arcádio Monteiro
Arnaldo Vasconcelos França
Gabriel Moacyr Rodrigues
Ondina Maria Duarte Fonseca Rodrigues Ferreira
Óscar António Barbosa Ribeiro





Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
11 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.