Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

APELO A FAVOR DA CONTINUIDADE DO PROTOCOLO ENTRE A CÂMARA MUNICIPAL DA FIGUEIRA DA FOZ E A CORPO DE HOJE – ASSOCIAÇÃO CULTURAL NO CAE (CENTRO DE ARTES E ESPECTÁCULOS)

Para: Senhor Presidente da Câmara da Figueira da Foz, Secretaria de Estado da Cultura, Comissão Intermunicipal, CENA - Sindicato dos Músicos, dos Profissionais do Espectáculo e do Audiovisual

ABAIXO-ASSINADO:
APELO A FAVOR DA CONTINUIDADE DO PROTOCOLO ENTRE A CÂMARA MUNICIPAL DA FIGUEIRA DA FOZ E A CORPO DE HOJE – ASSOCIAÇÃO CULTURAL

Ana Borges foi convidada pelo Vereador da Cultura da Autarquia da Figueira da Foz, Dr. António Tavares, para o desempenho das funções de coordenação da Escola de Artes do CAE - , no âmbito da dança e cruzamentos disciplinares, programação de residências de criação artística e colaboração com a programação artística do CAE - Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz, o que se veio a concretizar através da Corpo de Hoje - Associação Cultural, de que é representante legal (Presidente) e Diretora Artística Ana Borges, tendo vindo a ser assinado o respetivo Protocolo, com data de 21 de Setembro de 2011.
A corpodehoje, na sua coordenação da área dança e cruzamentos disciplinares da Escola de Artes do CAE, iniciou com 30 alunos(as) em outubro de 2011 e finalizou com 138 alunos(as) no ano letivo de 2012/13. Atualmente, apesar do corte das Áreas Artísticas, como Teatro, Artes Plásticas e Experimentação Sonora feito pelo Vereador da Cultura, Dr. António Tavares, apesar de alguns alunos(as) terem mudado de cidade, apesar de a Autarquia da Figueira da Foz não ter até à data impresso os flyers de divulgação da Escola de Artes, apesar de a Autarquia não ter corrigido os MUPIS, que ainda incluem as áreas artísticas canceladas pelo Vereador e não divulgarem as vertentes da dança que vieram substituir essas áreas -, existem 50 alunos(as) inscritos(as) atualmente, com 70 inscrições nas diversas oficinas regulares de Dança.
A corpodehoje, de setembro de 2011 a setembro 2013, realizou 19 oficinas pontuais com a comunidade na área da dança, dança Indiana, azulejaria, trapologia, dança e artes plásticas em cruzamento, performance, pesquisa e criação coreográfica, teatro, teatro do objeto, técnica clown, origami, das quais 5 pela própria corpodehoje, 6 por artistas convidados, 8 delas resultantes das Residências de Criação Artística; apresentou 9 espetáculos resultantes das Residências de Criação Artística, para os quais apresentou 8 ensaios abertos, “SEM REDE”, à comunidade; realizou 2 CICLOS DE DANÇA com programação própria (3 espetáculos), artistas convidados, apresentação de filmes ligados à Dança; realizou a atividade “DANÇA AO ENTARDECER / Piquenique com Música para Dançar” em 4 edições; criou e apresentou a Visita Dançada, “A Arte mexe Comigo”, à exposição “Sérgio Godinho e as 40 Ilustrações no Museu Santos Rocha; criou e apresentou a reposição do espetáculo “Pickles de Chocolate”, com a participação de 12 jovens figueirenses, tendo para o efeito criado uma residência de formação/criação coreográfica, entre outras actividades artístico-culturais.

Após ter cancelado as áreas artísticas, através do Sr. Vereador da Cultura, a Autarquia veio agora, por carta de 12 de novembro de 2013, proceder à resolução do protocolo (de forma manifestamente ilegal, e com expulsão da corpodehoje em 5 dias úteis!), mesmo depois de o ano letivo ter começado e mesmo depois de o protocolo se ter renovado em 21 de Setembro de 2013!

Na defesa da continuação do funcionamento da corpodehoje no CAE, enquanto estrutura residente responsável pela coordenação da Escola de Artes área Dança, colaboração na Programação e Direcção Artística do CAE, definir, programar e acompanhar o Programa de Residências de Criação Artística, este abaixo-assinado afirma e defende, de acordo com o consagrado no protocolo realizado entre o Município da Figueira da Foz e a corpodehoje :

- O reconhecimento da importância do papel artístico e educativo da corpodehoje para a comunidade do concelho da Figueira da Foz, nomeadamente através das oficinas regulares de dança que promovem o desenvolvimento da autoconfiança, autoestima, consciência corporal, psicomotricidade e coordenação motora, canalizando a imaginação e a criatividade no sentido de promover a autonomia no/a aluno/a, partindo da experimentação como método de aprendizagem, numa orientação de Educação pela Arte, educação não formal que promove, em que o aluno/a é o elemento principal e vê no professor/a um facilitador no processo de aprendizagem, mas não um modelo único; fomenta-se, assim, a autonomia, pensamento próprio e reflexão;

- A garantia do desenvolvimento pedagógico e formativo no dominio das diferentes áreas artísticas, nomeadamente da dança e cruzamentos disciplinares;

- Manter o contributo dos Artistas em Residência de Criação Artística pela corpodehoje, que favorecem a criação de públicos mais conscientes da criação de arte contemporânea, com maior capacidade de análise e autonomia na escolha;

- A realização de oficinas pontuais com artistas qualificados aproximando a comunidade artística da comunidade em geral.

Por todas estas razões, os abaixo-assinados elogiam todos os que pertencem à corpodehoje, esperando que os princípios aqui expressos sejam devidamente acolhidos, refletidos e respeitados.



Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
362 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.