Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Vamos ao parque? - Por mais e melhores parques infantis na cidade do Porto

Para: Câmara Municipal do Porto; Juntas de Freguesia da cidade do Porto

‘Vamos ao parque?’ é uma pergunta recorrente das crianças, à qual, regularmente, se segue outra: 'mas qual?’. A dificuldade em decidir resulta de várias condições: climatéricas; acessibilidades; localização; específicas da criança (idade, incapacidades, etc), entre outras.

Na cidade do Porto existem 35 estruturas dedicadas à população infanto-juvenil (parques infantis e equipamentos desportivos) em diferentes freguesias da cidade
(https://ambiente.cm-porto.pt/parques-infantis-desportivos).
Analisando a listagem disponibilizada pela Câmara Municipal, sobressaem algumas características:
1) algumas freguesias têm menos infraestruturas;
2) os equipamentos disponibilizados são reduzidos e pouco diversificados em termos motores;
3) poucos apresentam espaços de sombra (o que impossibilita a sua utilização nos dias de calor) e descanso;
4) as imagens não revelam o estado atual dos equipamentos em termos de limpeza e manutenção, o que pode causar equívocos na hora da escolha do parque

A cidade do Porto - desde 2019 reconhecida pela UNICEF como “Cidade Amiga das Crianças” - necessita de cuidar melhor e saber do que precisam as suas crianças, respeitando as suas diversidades, os seus ritmos de crescimento e desenvolvimento e o seu pleno bem-estar no usufruto dos equipamentos municipais.

As famílias que vivem e usufruem da cidade querem espaços adequados para que as crianças possam brincar livremente e em segurança, e que cumpram diferentes critérios:
Espaços inclusivos: que permitam o usufruto por parte de crianças (e famílias) com diferentes idades e condições físicas;
Equipamentos diversificados e de qualidade: que sejam desafiadores em termos motores e de desenvolvimento, adequados a diferentes idades (incluindo as crianças menores de 3 anos) e em maior número para que sejam usados por várias crianças simultaneamente, em segurança e sem eletricidade estática;
Acessibilidades: onde possam entrar equipamentos de transporte de pessoas - carrinhos de bebé, cadeiras de rodas.
Espaços confortáveis: com sombras, bancos ou espaços para descansar/lanchar, abrigos e cobertura para dias de chuva;
Manutenção e limpeza regular dos parques infantis e espaços desportivos: para que não existam equipamentos danificados durante meses e não exista lixo ou dejetos de animais;
Localização: mais e maiores parques em determinadas freguesias e em locais próximos de escolas e espaços residenciais;

Existem sempre outras e novas necessidades para a vivência urbana das nossas crianças e os parques infantis são, muitas vezes, o seu primeiro e mais direto contacto com a cidade, que se quer acolhedora e saudável. Devemos começar por dar uma atenção mais especial e cuidada aos espaços existentes.

Estaremos ainda longe de pensar em conjunto com autarquia, famílias, equipas técnicas e especialistas ligados à infância em novos espaços - mais desafiantes e que envolvam elementos da natureza, projetos artísticos, espaços de jogo e aventura - que representem experiências verdadeiramente significativas para as crianças?

Por mais e melhores parques infantis na cidade do Porto
Famílias
  1. Actualização #1 Agradecimento

    Criado em terça-feira, 13 de Setembro de 2022

    Agradecemos a todas as pessoas as assinaturas e contributos para este tema! Continuaremos a divulgar a petição para chegar a mais famílias e recolher mais assinaturas. Em breve serão partilhadas mais informações.




Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
208 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.