Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Pela melhoria da linha 3022 da Carris Metropolitana (anterior 124 dos TST)

Para: À Administração da TML, à Administração dos TST, aos Senhores Presidentes da Câmara Muncipal de Almada, Junta de Freguesia da Costa da Caparica, Junta da união das freguesias da Caparica e Trafaria

124 – 3022
Os abaixo-assinados mostram a sua consternação pelas profundas alterações desta carreira/linha.

Esta linha é usada para:
• Transbordo com o barco em Cacilhas
• Transbordo com o comboio da Fertagus e CP no Pragal, quer para Norte, quer para Sul
• Para deslocação da população entre a Costa da Caparica e Cacilhas e todas as localidades entre ambas para serviços públicos como escolas, (de notar que a cidade da Costa da Caparica, por exemplo, não tem escola a partir do 9º ano de escolaridade), universidade, centro de saúde (de notar que boa parte da população da Costa da Caparica não tem vaga na unidade de saúde familiar, tendo de se deslocar a Almada ao centro de saúde), supermercados, comércio em geral, serviços públicos municipais como SMAS, empresa de estacionamento, Câmara Municipal, espetáculos culturais, entre outros
• Trabalho

Quanto aos horários de funcionamento:

Anteriormente esta carreira permitia o acesso aos primeiros comboios no Pragal e os primeiros barcos em Cacilhas. Com estes horários não há qualquer alternativa para as muitas pessoas que os utilizam diariamente. Esta alteração total na vida das pessoas, divulgada com menos de 1 semana de antecedência, faz com que as pessoas não tenham possibilidade de se organizar, nem é admissível o corte de serviço público desta maneira radical em uma semana. Há pessoas que vão deixar de poder trabalhar onde trabalham, viver onde vivem ou sequer sobreviver, e a adaptação é morosa e não se faz em 1 semana: não se muda de emprego nem de casa à força em 1 semana.

Quanto à frequência:

Os horários foram cortados de 64 frequências diárias entre as 4h45 e a 1h20 para 40 frequências diárias entre as 6h00 e as 23h30. Aos sábados e domingos passa-se de 55 para 25 ou 20 frequências respetivamente e nestes dias a linha começa a funcionar até 4 horas mais tarde do que antes. É manifestamente insuficiente e claramente inferior ao que o que foi o serviço público em plena pandemia de covid 19, já bastante cortado do anterior à pandemia.

Quanto ao percurso:

Lamentavelmente o percurso deste autocarro termina agora no Hospital Garcia de Orta, truncancdo o acesso de todos os muitos milhares de habitantes deste percurso à sede do município e na utilização dos serviços públicos como escolas, centro de saúde, comércio em geral, serviços públicos municipais espetáculos culturais, entre outros, para não falar dos que ali trabalham e/ou apanhavam o barco em Cacilhas.

Assim sendo, os abaixo-assinados exigem:
• O alargamento urgente e imediato do período horário de funcionamento, dos percursos e das frequências, pelo menos pelos horários em vigor até 30/6/2022, mantendo o serviço público existente pelo menos há 40 anos pelo menos nos mesmos níveis de serviço até agora (já diminuídos há uns anos)



Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
150 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.