Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

O Sonho de Vasco Callixto - Monumento à Aviação na Amadora

Para: Câmara Municipal da Amadora, Força Aérea Portuguesa, Industrias e Comércio da Amadora.

“1980 – UM APELO À GENTE DE HOJE – UM MONUMENTO QUE VAI ERGUER-SE!

Mas para que o País salde a dívida que tem em aberto, para que se erga na Amadora o Monumento aos Pioneiros da Aviação em Portugal, é absolutamente necessário que seja prestada á Câmara Municipal da Amadora a colaboração de que carece, pois não pode ser esta Câmara, jovem como é e com tantíssimas questões a resolver, a arcar sozinha com a totalidade das despesas. É preciso, é indispensável, o apoio, o contributo do Estado Maior da Força Aérea, que, estou certo, não faltará, até porque já há meses me foi garantido. Mas tal, por certo, não será suficiente. É também preciso, é também indispensável, que colaborem, que contribuam, as grandes indústrias e o vasto comércio do concelho da Amadora. E que colabore, de igual modo, a população. Estas colaborações, repito-o serão indispensáveis. Acredito que não faltarão! Se alguns dos aviões pioneiros que voaram para os céus dos outros continentes, foram adquiridos por subscrição pública, também assim poderá ser construído na Amadora o Monumento aos Pioneiros da Aviação em Portugal! Se cada um colaborar, se cada um contribuir com o quanto lhe for possível, o Monumento será erguido!
Aos homens de hoje, compete prestar homenagem aos homens de ontem, que praticaram feitos heroicos e engrandeceram o nome da sua Pátria. E os homens de ontem, que voaram quando voar era uma temerária aventura, bem merecedores são - todos eles - da homenagem que ainda não lhes foi prestada. Por ela espera o País… e a Amadora!”

Este é um extrato do livro de Vasco Callixto, intitulado “Um Monumento aos Pioneiros da Aviação”, datado de outubro de 1980 e editado pela Câmara Municipal da Amadora, dedicado ao seu sonho. Já 7 anos antes, em 1973, o autor referia a importância de se erguer este monumento no seu outro livro, “A Aviação na Amadora”.

Conheci o Senhor Vasco Callixto, em 8 de novembro de 2014, numa das suas conferências realizada no Museu do Ar, na Granja do Marquês, em Sintra. Rapidamente se desenvolveu uma amizade, e numa visita a sua casa, gentilmente me ofereceu quase todos os seus livros sobre a Aviação na Amadora e não só. Ao longo destes longos anos sentia-se triste e desiludido por nunca se ter conseguido erigir um monumento digno dedicado à Aviação na Amadora. Confessou-me que gostaria muito de ver um biplano histórico do GEAR (Grupo de Esquadrilhas de Aviação República) em metal não ferrugento - semelhante ao hidroavião da Aviação Naval que se encontra junto à Torre de Belém - numa praça da sua cidade natal, a Amadora. Horrorizava-se com a ideia de se erigir um monumento vanguardista que ninguém entenderia o significado ou um avião real a jacto moderno.

Passaram quase 50 anos do arranque da ideia do monumento…

Em consciência cabe-nos agora a nós tentar que este objetivo se torne realidade e assim conseguir reunir o máximo de assinaturas a entregar a quem de direito.

Até sempre Amigo Vasco Callixto!

Jorge Pereira.

Amadora, 01 de Janeiro de 2022.



Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
34 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.