Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Petição contra o projeto para a passagem superior da Estação da Granja

Para: Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, Prof. Eduardo Vítor Rodrigues

Recentemente alguns moradores e frequentadores da Praia da Granja tomaram conhecimento do projeto existente para a construção de uma Passagem Pedonal Superior na Estação da Granja, em substituição da passagem pedonal atualmente existente no local.

Projeto esse que se encontra na iminência de se concretizar, colocando em causa o património cultural, paisagístico e arquitetónico da emblemática Estação e da envolvente urbana, bem como contrariando as políticas de mobilidade suave (pedonal e de bicicleta), através da introdução de um verdadeiro obstáculo a todos os residentes e utilizadores da Praia da Granja e da Estação da Granja.

Assim, nós, abaixo-assinados, vimos por este meio solicitar que a Câmara Municipal de Gaia, no âmbito das suas competências, promova junto do Dono da Obra (Infraestruturas de Portugal, S.A.) procedimentos no sentido da substituição da Passagem Superior por uma solução alternativa – Passagem Inferior – que salvaguarde o património cultural, paisagístico e arquitetónico do local e garanta melhores condições de acessibilidade e fluidez do tráfego de peões e bicicletas quer no atravessamento da linha, quer na utilização da Estação, uma vez que a solução técnica (em túnel) passa a vencer um desnível significativamente inferior, possibilita a execução de rampas (dispensando a utilização de elevadores, altamente desaconselháveis em contexto pandémico) e permite a previsão de uma passagem bastante mais larga.

À luz deste projeto inqualificável, a Estação da Granja vê-se agora gravemente ameaçada, podendo constituir uma perda sem retorno, pelas razões que a seguir expomos:

- A altura excessiva da passagem superior prevista para a Estação da Granja (cerca de 10m acima do solo), constituirá um verdadeiro obstáculo ao atravessamento da linha e uma intrusão arquitetónica num local emblemático a nível nacional e integrado numa Área de Reabilitação Urbana;

- A altura exagerada da passagem superior (cerca de 10m, equivalente a um edifício de 3 pisos) causará um brutal impacto visual sobre a envolvente próxima, designadamente, sobre os edifícios de elevado valor patrimonial, recentemente requalificados, da Estação da Granja e da Assembleia da Granja;

- O tipo de projeto que se pretende implementar não mereceu qualquer cuidado arquitetónico de integração urbanística, não respeitando nem salvaguardando os valores patrimoniais da envolvente onde se localiza;

- A Estação da Granja, é uma das mais emblemáticas de Portugal, por um lado, em termos históricos a Granja foi na primeira praia portuguesa dotada de uma estação ferroviária em 1862, por outro, fruto do seu caracter do turístico, em 1914 na sua fachada foram representados alguns dos principais monumentos do país (Palace Hotel do Bussaco, Universidade e Sé Velha de Coimbra, Castelo de Leiria, Castelo dos Templários, Convento de Christo, Castelo dos Mouros, Palácio da Pena, Mosteiro da Batalha; Torre de Belém), todos enquadrados e descodificados por uma legenda inserida no painel de azulejo, como se tratasse de um álbum de promoção turística que se desfolha;

- A zona de intervenção localiza-se no cerne da Área de Reabilitação Urbana da Aguda-Granja, aprovada pela Câmara Municipal Gaia, sendo surpreendente que esta mesma entidade tenha emitido um parecer favorável a este projeto, nos termos do n.º 2 do artigo 7.º do Regime Jurídico da Urbanização e Edificação;

- O projeto colide com as boas práticas de sustentabilidade, não promovendo a mobilidade suave (pedonal e de bicicleta) dos residentes e utilizadores da Praia da Granja e da Estação da Granja;

- Parte da Avenida Sacadura Cabral, constitui “a primeira rua pedonal de Portugal”(https://praiadagranja.wixsite.com/inicio/granjolas) estando prevista a destruição de parte desse passeio e o corte de árvores que lá existem; por outro lado, o lanço de escadas para aí previsto está implantado no meio da faixa de rodagem, numa curva de 90º com a Avenida Sacadura Cabral, podendo constituir um perigo para quem a viesse utilizar;

- Os elevadores não podem ser vistos como alternativa, porquanto: se por um lado exigem uma elevada manutenção, quase sempre descurada, levando à sua inutilização futura; por outro, um elevador não é capaz de responder em horas de ponta aos passageiros e residentes com mobilidade reduzida, situação agravada pelas questões sanitárias que obrigam à utilização de uma pessoa por elevador;

- É reconhecida a importância desta questão para a população da freguesia e do concelho, que no seu dia a dia utilizam o transporte ferroviário, bem como para os que residem e usufruem da Praia da Granja.


Acresce que, só mediante a concretização desta solução alternativa – Passagem inferior – será possível potenciar a criação de um novo eixo comercial e de serviços na Rua da Estação, que ligue os dois pólos existentes no local (entroncamentos com a Rua Oliva Teles e com a Av. das Árvores), através da utilização do espaço público ferroviário excedente (sem utilização atual) para criação de estacionamento, passeios e edifícios de comércio e serviços, no alinhamento do armazém ferroviário existente, atualmente a ser reabilitado para ser utilizado como restaurante.

Acreditamos ainda que, em termos financeiros, a solução que propomos não será muito distinta do projeto existente, estando certos que caso se verifique alguma discrepância, a Câmara Municipal de Gaia terá todo o interesse em potenciar uma solução que servirá de forma plena todos os cidadãos e o concelho.

Praia da Granja, Cidadãos.
https://www.facebook.com/praiadagranjacidadaos/



Qual a sua opinião?

Petição contra o projeto para a passagem superior da Estação da Granja, para Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, Prof. Eduardo Vítor Rodrigues foi criada por: Praia da Granja, Cidadãos.
A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
1.239 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.