Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Recusar a 2.ª dose da vacina anti-covid a quem tomou a 1.ª dose abusivamente

Para: XXII Governo da República Portuguesa - A/c Dr. António Costa

Considerando que:

- a vacina anti-covid é um bem escasso e deve ser administrada em primeiro lugar aos cidadãos definidos, por critérios legais, como prioritários;

- considerando que, como tem sido tornado público, a 1.ª dose da vacina foi administrada a vários cidadãos não-prioritários;

- considerando que a Ética e os valores da Cidadania exigem que cada cidadão aguarde pela respectiva vez e não ultrapasse de qualquer forma os critérios definidos;

os abaixo-assinados solicitam ao Governo que tome urgentemente medidas para impedir que a esses cidadãos não-prioritários seja administrada a 2.ª dose da vacina.

Mais solicitam ao Governo que obrigue os cidadãos que abusivamente receberam a 1.ª dose a indemnizar o Estado no valor da vacina e do serviço prestado.



Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
51 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.