Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Salvaguarda do quarteirão da Av. Fontes Pereira de Melo

Para: Exmos. Senhores Deputados Assembleia Municipal de Lisboa, Exmo. Sr. Presidente Dr. Fernando Medina, Exmo. Senhor Vereador Ricardo Veludo

Enquanto lisboetas, munícipes e cidadãos vimos apelar a Vossas Excelências para que exercendo os poderes públicos que Vos foram confiados tomem as mais urgentes e necessárias medidas para salvar o conjunto de enorme valor patrimonial no quarteirão da Avenida Fontes Pereira de Melo e ruas Martens Ferrão e Andrade Corvo, sendo que um dos prédios já se encontra em demolições com provável destruição definitiva de muitos elementos e em vários meios de comunicação social é anunciada a demolição total do edificado. 
É do conhecimento público o abandono propositado de que o conjunto tem sido alvo por parte dos seus proprietários e a recusa do Arq. Souto Moura em reabilitar estes edifícios. Ora, tais decisões não podem sobrepôr-se a quaisquer planos municipais nem, muito menos, ao poder e interesse públicos que têm sempre de prevalecer.

Dado que este é um conjunto único em Lisboa, de enorme importância patrimonial e com forte impacto no tecido urbano da cidade, sendo uma das imagens de marca do que foram outrora as Avenidas Novas, zona já tão dilacerada por inúmeros projectos, e um exemplo de arquitectura estilo clássico fin de siécle, vimos apelar-Lhes para que salvem o referido conjunto, impondo coercivamente obras de restauro e preservação urgente da estrutura, obras essas que há muito deveriam ter sido feitas, suspendendo de imediato quaisquer obras de demolição e protegendo o referido conjunto de quaisquer pretensões futuras de o destruir parcial ou totalmente.

Quantas cidades no mundo, quantas autarquias, não dariam tudo para ter um conjunto patrimonial como o que aqui está em causa?
Vossas Excelências têm ainda possibilidade de salvar este património. Está apenas ao Vosso alcance. Lisboa, os lisboetas e todos aqueles que valorizam a arquitectura, o urbanismo e a nossa História ficarão profundamente gratos. Em contrapartida, se a destruição seguir em frente, ficará na memória de todos a posição (ou falta dela) aqui tomada.

Por último, este acto de demolição vai servir como precedente para que empresários. proprietários e cidadãos percebam que votar o património ao abandono é a solução para que o mesmo possa ser destruído à revelia de todos os interesses superiores e para que tudo possa ser destruído sem qualquer consequência. A fragilidade estrutural ou risco de derrocada não podem ser o pretexto para este tipo de actos de enorme gravidade perante total inércia da Autarquia.



Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
404 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.