Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

PELA EFETIVAÇÃO DE DIREITOS DAS CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA

Para: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO/ ASSEMBLEIA DA REPUBLICA

Esta é uma Petição pela REAL EFETIVAÇÃO DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA, para que o Exmo. Sr. Ministro da Educação se pronuncie no respeitante a dois (distintos) assuntos:

1. Exposição dirigida ao Sr. Ministro da Educação, datada de novembro de 2019, que aborda o facto de terem sido retiradas terapias (pelo CRI) a várias crianças do Agrupamento de Escolas de Alapraia (Cascais), algumas sem o conhecimento/ consentimento das mães. Em paralelo, também o facto de algumas dessas crianças (provenientes de outro Agrupamento de Escolas de Cascais), terem sido aceites em Alapraia, porque outro Agrupamento do Concelho entendeu não ter condições de as manter... INCLUSÃO, também se traduz em qualquer escola, receber qualquer criança! Esta exposição nunca teve resposta...

2. No contexto da atual Pandemia de COVID19, estão a acentuar-se as desigualdades no ensino à distância (como todos sabemos). As crianças com dificuldades significativas de aprendizagem, dependem totalmente dos pais para realizar os conteúdos escolares. No caso da minha filha, a escola envia ficheiros semanalmente, e eu tenho que “executar” todo o trabalho e “prestar contas aos professores”, não tendo existido até hoje um telefonema ou sequer uma aula síncrona com a criança, para perceber como a mesma se encontra, ou até para manter/reforçar a ligação.

Por favor assine. AS CRIANÇAS MERECEM MAIS...



Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
1.220 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.