Petição Pública Logotipo
Ver Petição Razões para assinar. O que dizem os signatários.
A opinião e razões dos signatários da Petição: Sem igualdade de direitos não há justiça, para Exmo. Senhor Presidente da Assembleia da República

Nome Comentário
Deodata S. Presente numa lista injusta e sem justificação...
Augusto M. As ultrapassagens pelos mais novos na carreira são uma clara violação da Constituição da República Portuguesa.
Maria R. Estou de acordo com a petição, pois toda a situação que se gera é descriminatoria para quem trabalhou e fica ao mesmo nível de qu não ofez. Há Também desigualdade a nível da legislação e sua aplicação entre Portugal Continental e Portugal Insular.
Maria M. Sou Educadora de Infâcia e trabalho desde 1990, quase há 30 anos e estou posicionada no 4 escalão desde junho de 2008. Tive aulas assistidas e fui avaliada pelo D.R. 26/2012, quando quase ninguém o foi. Nas duas avaliações tive muito bom mas depois fui 2 vezes penalizada por causa das cotas e tive bom. Tenho todo o processo concluído e estou a aguardar ir para uma lista de janeiro de 2020 e não sei quando sairei de lá. Não vou benificiar da recuperação de tempo de serviço de 2 anos, 9 meses e 4 dias porque estou na "lista negra". Esta situação é muito injusta e insustentável num país que se diz estado de direito.
Maria C. Sendo prejudicada pelas quotas, no mínimo 2 anos, penso que seria justo contar automaticamente após a entrada no 7.º escalão os 2 anos 9 meses ...
Maria O. Estou no 6º escalão desde outubro de 2014, 33 anos de serviço. Durante este período fui formadora no PNEP, com a classificação de Muito Bom, durante dois anos. Nos últimos 5 anos fui coordenadora de departamento e tive uma turma com 26 alunos do 1º ciclo e ainda dei formação de português aos colegas do mesmo departamento. Fiz formação para avaliadora externa com nota 10. Mesmo assim aguardo, há dois anos na lista nacional, obtenção de vaga para ir para o 7º escalão. Resta-me dizer - não tive a sorte de ser avaliada pelos amigos. Custa-me ver os colegas a ultrapassarem -me e com muito menos trabalho e dedicação do que eu.
Maria . Um verdadeiro direito.
Isabel A. Nem me apetece comentar..... farta de ser roubada por estes.
Alda S. Considero uma enorme injustiça os professores que se encontram nestes escalões não recuperarem todo o tempo de serviço no escalão em que se encontram, pois estão sujeitos a quotas para transitarem ao seguinte, sendo ultrapassados por colegas com menos tempo de serviço, mas que recuperam o tempo todo! É no mínimo revoltante!
Isabel C. Sejam juatos e reponham o tempo de servico aos professores,que nao tem culpa da corrupcao que existe.
Amílcar S. Depois de ser ultrapassado por docentes contratados que entraram em QZP, e que puderam ultrapassar a quota com a classificação anterior (antes de carreira), não tolero mais injustiças.
Ana F. INJUSTIÇA. se não for reparada.
Silvia T. É preciso dar lugar ao jovens, a Educação precisa de ter um lufada de ar fresco, precisamos de ter quem produza e desconte para para a pagar as futuras reformas...
Luís S. Estou farto dos ataques constantes à dignidade da pessoa humana, diga-se professor.
Ilda A. Quando terminará este abuso de poder?
José G. Respeite-se a Constituição da República.
Marisa C. Não progrido desde 2004 e cada vez desço mais na lista das vagas. Vejo colegas com menos tempo de serviço a progredirem. Até quando estarei nesta bolsa ?
Jacinta C. Concordo.
Isilda C. Estar numa lista de espera porque não se teve quota para o muito bom que se adquiriu numa observação de aulas...e depois dizerem que esse tempo de servico não nos conta para a carreira...é reviltante!!! Não tivenos culpa de não ter quota...já estive desde 2010 sem o salário correspondente ao escalão para o qual devia ter passado...aquilo que me exigiram para passar de escalão eu tive...agora dizerem que o tempo na lista de espera não conta...é demais revolta....não tive culpa de não ter cota para a nota da avaliação! !!!
Maria M. Tempo igual - escalão igual

Assinaram a petição
713 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.



Ler texto da Petição