Petição Pública Logotipo
Ver Petição Razões para assinar. O que dizem os signatários.
A opinião e razões dos signatários da Petição: O Trabalho em Call-Centers é uma Profissão de Desgaste Rápido!, para Ex.Sr. Presidente da Assembleia da República

Nome Comentário
Maria G. Sem dúvida que o trabalho de Call Center é exaustivo e a redução do horário laboral, mantendo todas as regalias e vencimento existentes é absolutamente necessário para o bem estar dos funcionários. Além de ser desgastante é muito mal remunerado. O que estão a propor seria otimo pois menos tempo e com intervalos ajuda o psicológico e o físico.
Roberto S. Trabalho num call center á 20 anos e creio que chegou a altura de lutarmos pelos nossos interesses, nomeadamente horario e longevidade.
José . Sim. Concordo.
Vítor . Todos os trabalhadores de call center estão sujeitos a intenso stress e de forma continuada. Grande parte dos contactos são para atenuar conflitos dos clientes para com as empresas, os operadores acabam por ser alvo de descargas psicologicamente violentas. Como está já comprovado os operadores sobrem de burn out e stress constante.
Carla S. Concordo a 200%!!! As pessoas não têm a noção do desgaste que é passar entre 4 a 8h ao telefone na 99% das vezes a ouvir reclamações, a resolver problemas e com poucos segundos de intervalo entre chamadas.
Maria f. Tenho 51 anos de idade e 10 de callcenter e a realidade é que sofro de ataques de pânico e ansiedade ,gomo medicação diariamente mas já dou velha para encontrar outro emprego . reconhecimento pelo nosso trabalho não existe .somos mal pagos e ainda desprezados pelo estado português
Liliana . Com respeito no Call Center donde trabalho Multigestion Iberia, não temos incentivos nenhum, nada de bonos de produtividade, asistencia, seguro médico, apoio para despesas por tele trabalho em casa desde 03/2020, nada só ordenado. Só € neste ano foi o incremento do salário. Quando Espanha tem todos os benefícios os trabalhadores pelo mismo trabalho o salário e 2 vezes mais.
Angelique C. Após 4 anos esgotamento e até hoje não consegui voltar a trabalhar por causa do stress do call center
Ana S. Sou operadora de call center e concordo com a petição
Pedro C. Subscrevo sem dúvida
Susana L. Assino a petição para lutar pelos direitos de quem trabalha na área, sofre a pressão psicológica e inventam sempre argumentos para tirar os ditos prémios...
Carla S. Concordo com a pretição
Ana P. Pela defesa dos direitos de quem trabalha em call centers
Diana Q. Um problema que há muito devia já estar resolvido! Há imensas queixas e nada é feito! Mesmo os próprios sindicatos nada fazem! É urgente haver mudanças, pela sáude mental, pela humanidade!
Inês O. Concordo totalmente com esta petição; após trabalhar cerca de 3 anos neste setor, devido a não arranjar trabalho na minha área de formação académica e profissional, estando sempre a contratos abertos e a ganhar o salário mínimo nacional, acabei por ficar com vários problemas de saúde à custa do call center (problemas de costas, tendinites, e sobretudo problemas ansiosos). Passei por cerca de 5 call centers e todos eles funcionam da mesma forma, começamos a contratos de "formação" em que recebemos uma bagatela apesar de já estarmos a trabalhar; efetivamente a dita "formação" consiste em explicar-nos de forma muito breve em que consiste o produto/serviço, como trabalhar nos programas, ouvimos algumas chamadas e mandam-nos logo atender, sem termos a mínima preparação. As chamadas são sequenciais, na maioria das vezes ouvindo reclamações e insultos de todo o tipo (numa linha inbound). Desligar a chamada após uma série de insultos devido a problemas dos quais não temos qualquer responsabilidade, não é opção incluindo dá direito a despedimento, o que para essas empresas não é difícil visto que estamos em contrato de formação ou em contratos abertos/renováveis.
Manuela G. Estamos sometidos a maltratos psicológicos. Siempre nos dejan algo a deber en la nómina.
Tiago P. Trabalho em callcenter e as regras teem de mudar. Muito desgaste
Maria g. Muito desgastante psicologicamente e agravou se com a pandemia.
João M. Já fui este trabalhador tão injustamente desvalorizado e penalizado. Pela urgente dignidade e sustentabilidade destas pessoas ignoradas e estigmatizadas em sociedade
Rute O. Sem dúvida a profissão de trabalhador de Call Center é de desgaste rápido emocional e físico e na maior parte das vezes somos condicionados a esse tipo de trabalho ou seja, actualmente quase não há opção de escolha no mercado de trabalho. Pessoalmente tive dois burnout que me deixaram com uma "Ferida" psicológica irreparável!

Assinaram a petição
7.065 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.



Ler texto da Petição