Petição Pública Logotipo
Ver Petição Razões para assinar. O que dizem os signatários.
A opinião e razões dos signatários da Petição: Petição OS DOENTES ONCOLÓGICOS NÃO DEVEM PAGAR TAXAS MODERADORAS, para Estado

Nome Comentário
Augusto S. As taxas moderadoras deviam acabar. Só os pobres e a classe média baixa vai aos hospitais.
Ana S. Tb sou doente oncológica-taxa de incapacidade para sempre de 80% comprovada pessoalmente pela AT
Marta M. Acho que realmente o estado pedir o pagamento de taxas moderadoras é algo estupido.
Sónia T. Estes doentes têm direito a tudo! Pagam com tanto sofrimento!
Sabino D. Todos aqueles que tentam fazer com que o cancro seja uma doença com somenos importância deveriam passar por esta situação...!
Maria M. Não só estes doentes, mas sim todos cujo o grau de invalidez fosse superior a 65%.
ANA N. Concordo plenamente
Maria L. São doentes em risco constante. Além do mais têm as defesas tão baixas que estão mais sujeitos a contrair outras patologias.
Paula P. isenta à 20 anos, com necessidade recorrente de exames e consultas no IPO, nao poderei pagar as actuais taxas exigidas, é uma vergonha e um ataque grave á saúde.
Maria A. Eu tambem sou doente oncologica cancro da mama e agora tenho que pagar taxa porque ja nao tenho 60% de incapacidade, porque depois de 5 anos ja estamos bons. E o que dizem os medicos da junta medica.Uma vergonha.
Tânia S. OS DOENTES ONCOLÓGICOS NÃO DEVEM PAGAR TAXAS MODERADORAS
Elisabete M. Já tive dois cancros - colo do utero em 2007 e, neste momento faço tratamento o cancro da mama. Fui encaminhada para a reconstrução mamária pela oncologia.Antes nunca tive qualquer doença. Os problemas que me têm surgido são consequência da quimioterapia. Não sei quanto tempo ainda vou ter de andar em médicos. Acredito que muita gente falte às consultas por falta de dinheiro. Hoje na cirurgia queiam que pagasse consulta, mas eu recusei-me e quase vim embora sem consulta.Com essa lei estão a assinar a sentença de morte para muita gente. A saúde é direito, mas só para quem tem como pagar.è uma vergonha e sinto-me muito revoltada e stressada com esta situação. Assim, provavelmente morro mais cedo. Alguém desses senhores expliqueisso à minha filha , visto que ela tem 12 anos e eu sou pai e mãe para ela. Lá diz o padre António Vieira:"são os peixes grandes a comer os pequenos". Esses senhores têm dinheiro para ir ao privado, o que é que podemos dizer mais?
Maria F. Todos os portugueses que tiverem acesso a esta petição deveriam assiná-la. É o mínimo que poderemos fazer para salvaguardar a vida daqueles já tão ameaçados!
Irene M. Se os nossos governantes, sofressem o q nós sofremos, e se tivessem as nossas capacidades económicas, q cada vez são menos, nem sequer colocariam esta hipótese.
Manuel F. Desejo que todos os maus decisores fiquem, também eles, doentes. Só assim poderão compreender o sofrimento e o desgosto de não se ter saúde e o abalo financeiro e emocional que uma doença súbita pode causar numa família. Mas esperem! Não se curem com recurso aos lobbies de influência, puxando para vós o máximo de recursos da cura, mandando os doentes normais para a morgue ou para perto dela quando lhes desligam a máquina que lhes é vital!
perpétua c. ninguém pede para ficar doente. Pedem sim é compreensão e humanidade. Quando estes valores deixam de exitir, então estamos entregues a rufias
José S. Se a pretensão é obter dinheiro a todo o custo, então façam tudo para manter vivo os doentes oncológicos, ajudando-os a suportar os custos com tratamentos; assim serão mais a pagar o IRS.
mário a. essas taxas moderadoras sâo uma vergonha naçional
MARIA B. Não devem pagar taxas moderadoras e deviam ter ambulâncias grátis pois quando estão submetidas aos tratamentos ou na fase aguda é muito defícil a deslocação e muitas não têm possibilidades económicas
Maria M. Como se trata des doenças crónicas por vezes muito graves e a maioria das pessoas não tem possibilidades de pagar os tratamentos, acho que deveria ser gratuíto !

Assinaram a petição
2.403 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.



Ler texto da Petição