Petição Pública Logotipo
Ver Petição Razões para assinar. O que dizem os signatários.
A opinião e razões dos signatários da Petição: Abaixo-Assinado "PARA APOIOS À PRIMEIRA INFÂNCIA - SEM DISCRIMINAÇÃO", para Ao Ex.mo Senhor Presidente da Assembleia da República Portuguesa

Nome Comentário
Ana S. A primeira infância merece todo o apoio.
Luis O. O apoio social deve ser dado directamente ás familias e não ás instituições. As familias devem ter liberdade de escolha para motivar a concorrencia saudavel
Luís T. Os pequenos estabelecimentos de ensino tudo fazem para manter as suas equipas de ensino, mas não conseguem competir contra o serviço gratuito das escolas públicas... Pode-se concluir que as escolas privados pagam os seus impostos para ajudarem a sua própria concorrência, será correcto, será leal ?
Maria C. Tenho o direito de escolher a escola para a qual a minha filha filha vai, além que a escolha pública não é a melhor, em muitas situações. Nem todas as pessoas têm horário para ir buscar os filhos à hora do almoço, para lhes dar a refeição, e depois ir buscá-los a meio da tarde e deixa-los sozinhos em casa. Os Pais têm de trabalhar para poder dar uma educação decente aos seus filhos.
CARLOS C. De facto é uma injustiça. As IPSS e as Creches privadas, prestam o mesmo serviço à sociedade, ambas são reconhecidas pelo Estado que as considera instituições de utilidade social (pois se não forem assim consideradas ainda pior com a carga fiscal). Mas na realidade umas recebem os subsídios e as outras têm que se aguentar e pagar os impostos. Força vamos uniformizar, não há Portugueses de 1ª e 2ª. Deverá ser ajudado quem realmente precisa. Porquê a fiscalização da S. Social até aos 3 anos, dos 3 aos 6 anos Ministério da Educação e depois volta a ser a S. Social para o ATL. Para quê tanta entidade a vigiar o mesmo, que grande confusão de legislação.
Teresa B. Como proprietária de uma instituição particular com cresce e pré.-escolar, estou particularmente interessada nesta lei.
Caros P. O SOL quando nasce é para todos.
Carla R. Apenas digo que todo o cidadão tem os mesmos direitos e deve ser tratado com igualdade.
Alexandra B. Quando a rede pública for justa nos critérios de seleção aos alunos e tiver vagas suficientes para acolher todos os candidatos podemos optar por outro formato escolar, assim não! Estão a colocar a carroça à frente dos bois. Quando a minha filha tinha 6 meses inscrevi-a em colégios públicos e não entrou, o que faria? Despedia-me e ia para casa e assim já era pobre e viveria do rendimento mínimo e neste caso já teria creche. E o meu filho, quando falamos do ensino básico, 2 auxiliares para centenas de miúdos, não conseguem supervisionar nada e depois aparece na comunicação social a falar de casos de bullying e ficam todos espantados, como há casos desses e ninguém vê nem quer saber. PARA O MINISTRO DA EDUCAÇÃO DEIXO UM CONSELHO - INVISTA NA EDUCAÇÃO! NÃO ENTERRE A CABEÇA NO CHÃO.
SUSANA B. EU CONCORDO.
Rui S. Os colégios particulares não podem continuar a serem classificados como pseudo lucrativos e as IPSS com pseudo não lucrativos quando a realidade é precisamente a contrária.
Maria V. Deve haver igualdade para todos e possibilidade de escolha.
Sónia P. Borá lá !!!
Cristina F. Pela liberdade de escolha das Famílias!
Ana P. Assinado.
Lina S. Devemos ter liberdade de escola, até porque não há vagas suficientes para todas as crienças, principalmente nas grandes cidades.

Assinaram a petição
277 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.



Ler texto da Petição