Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Proteger o cidadão comum das crises da banca

Para: Banco de Portugal / Governo de Portugal

Confrontar o Estado Português com a sua obrigação de "defender os interesses do cidadão comum", perante uma crise financeira, imobiliária OU OUTRA, derivada da actuação (des)controlada da banca.
Pela Equidade, perante a perda iminente de investimento.
Quando surge o fenómeno o cidadão é confrontado com o facto de que em primeiro lugar, perante a iminente perda de investimento, está o ressarcimento do investidor, mesmo que tenha sido este a gerar a anomalia (a crise imobiliária internacional, por exemplo).

O Estado fornece a este todos os meios para operar de forma legal e transparente na obtenção ou recuperação do seu lucro ou de parte dele, esquecendo o seu papel de defesa do cidadão, que pode ser penhorado para o resto da vida, para garantir o enriquecimento do banco. Ou simplesmente perder tudo aquilo que investiu com o seu trabalho.

É uma grande injustiça que não pode durar mais!



Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
3 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.