Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Covid-19 é uma farsa - regresso ao que era, já!

Para: DGS, OMS, ONU, Primeiro Ministro e Presidente da Republica

Esta petição tem como objetivo poder provar e tranquilizar a população, que aquilo que passam na comunicação social sobre o Covid-19 nada tem a ver com a realidade, na verdade existe muito por explicar sobre este assunto.

Aqui deixo uns textos que escrevi:

Noticia publicada por mim em 20/03/2020

Continuação:
Coronavírus a epidemia do momento:

Finalmente e como dizia alguém "cada vez gosto mais de mim", isto para dizer que como já tinha escrito anteriormente, não bate nada certo...

Depois das medidas anunciadas hoje ao final da tarde, fica-se a saber que várias Empresas vão continuar a laborar desde que não estejam em contacto com o publico, com a excepção das Empresas que estão na linha das primeiras necessidades, mas será que tudo faz sentido?

Vejamos:

As pessoas podem deslocar-se de e para o trabalho.

Os restaurantes que tenham take away podem continuar a trabalhar e fazer entregas.

As Empresas de têxteis, calçado, construção civil e afins entre várias outras podem continuar a trabalhar nas suas instalações, desde que não tenham contacto com clientes.

Os aviões continuam a viajar pelo mundo fora mesmo depois de ser dito pelo PM que os voos iam ficar suspensos dentro da UE e de e para a UE.

Os transportes de mercadorias mesmo não sendo de bens essenciais estão autorizados a circular internacionalmente.

O documento que a França elaborou para que as pessoas se façam acompanhar, diz na primeira alínea, que as pessoas podem deslocar-se de e para o trabalho desde que o mesmo não seja possível em tele-trabalho.

Poderia dar mais alguns exemplos....Mas o PM diz que todos nós em geral temos o dever de recolhimento obrigatório...

Será que estas excepções já não são propicias à propagação do vírus?

Afinal isto é assim tão grave como noticiam??? Será que há aqui algo escondido no meio disto tudo e o SR. Covid-19 está a ser o testa de ferro?

Lembremos-nos de uma notícia/relatórios publicado em 29 de Janeiro de 2020 às 17.14h pela Agência Lusa:

Em média, há mais de 400 mortes por pneumonia em Portugal na população adulta todos os meses, e a pneumonia comum mata pelo menos 16 pessoas por dia em Portugal e na Europa morrem por mês, em média, mais de 11 mil pessoas, segundo dados internacionais e portugueses. os dados publicados nacional e internacionalmente mostram que há mais de 400 mortes por pneumonia em Portugal todos os meses, em média, na população adulta. O conjunto das doenças respiratórias em Portugal provoca cerca de 40 mortes por dia, sendo que quase metade das 13 mil mortes anuais é causada por pneumonia, doença adquirida na comunidade e potencialmente curável, sendo a larga maioria pneumonias bacterianas.
O mais recente relatório do Observatório Nacional das Doenças Respiratórias apontava para mais de 14 mil mortes por doenças respiratórias em Portugal, sendo que o número aumenta para mais de 17 mil se forem acrescentados os óbitos por cancro da traqueia, brônquios e pulmão. No panorama europeu, Portugal surge como um dos países onde mais se morre por pneumonia, doença que na Europa mata cerca de 140 mil pessoas, segundo dados da OCDE - Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico.
Além de em média levar à morte de 16 pessoas todos os dias em Portugal, a pneumonia é responsável por mais de 80 internamentos diários. As mortes por pneumonia afectam sobretudo os mais velhos, sendo que em mais de 90% dos casos os doentes têm 65 ou mais anos, segundo o Observatório Nacional das Doenças Respiratórias.
As doenças respiratórias são, desde 2015, a terceira causa de morte em Portugal, logo após o cancro, sendo responsáveis por 19% de todas as mortes ocorridas. Só a gripe levou à morte de cerca de 3 mil pessoas só na época gripal de 2018/2019, segundo dados oficiais do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA).

Em França por cada época de gripe, morrem por ano em média 10 000 pessoas e são afetadas pela gripe em cada inverno entre 2 e 7 milhões de pessoas, para não falar que são gastos por uma epidemia (inverno) em média 460 milhões de euros.

Sobre Itália, neste momento e curiosamente não é possível encontra muitas notícias sobre as mortes por gripe a cada inverno, ainda assim encontrei um artigo publicado na Revista Internacional de Doenças Infecciosas, volume 88 e datado de Novembro de 2019, onde diz que no período 2016/2017 morreram 24 981 pessoas, vale a pena ler o artigo...

Sobre Espanha a mesma coisa é preciso procurar bem para encontrar a informação, e o Diário Redacción Médica com uma noticia datada de 23 de Outubro de 2018, dava conta que nesse mesmo inverno padeceram desta doença 800 000 pessoas, das quais 52 000 tiveram de ser internadas e em suma cerca de 15 000 faleceram, vale a pena ler também...

E curiosamente nestes e noutros países e incluindo o nosso como óbvio, como é possível estarem uma grande dos infetados em casa, e haver já um elevado numero de pessoas curadas se ainda não existe a cura???

E já agora porque é que existe uma discrepância tão grande no que toca ao numero de infectados e ao numero de mortos??? E porque é que existe uma incongruência no que toca a medidas coordenadas?? Mais parece uma organização desorganizada...

Será tão grave assim esta Covid-19, que ainda estes dias um camionista esperou mais de 12h num área de serviço pelo INEM, os Pescadores ontem na Povoa de Varzim em que o homem que alegadamente estava infetado esperou também eternamente até que foi preciso um particular leva-lo ao Hospital, e onde nem sequer o queriam atender, e os restantes tiveram que dormir nos barcos porque não apareceu ninguém das autoridades sanitárias??? Entre tantos outros exemplos...

Pergunto eu qual é a ligação do novo Coronavírus com estas notícias que já vem ao longo dos anos e algumas bem recentes?? Alguma vez aplicaram este tipo de medidas com uma mortalidade muito mas muito superior??? O que é que está por de traz disto, como conseguiram e conseguem falar todos em uníssono? O que é que estão a esconder??

Continuem a bater palmas às janelas, a cantar o Hino entre outras ações, a confinarem-se entre 4 paredes e continuem a desligarem-se do mundo, a parar a economia e a acreditarem neste circo bem montado, o problema é que quando alguns acordarem deste sonho é bem provável que já seja tarde demais.

Tenho dito!

Noticia publicada por mim em 10/05/2020

A triste e oportunista realidade!

É triste este Covid-19 ser uma jogada de interesses, festeja-se o 25 de Abril, o 1°de Maio, o 10 de Junho, o 5 de Outubro, a Festa do Avante, o 1° de Dezembro, etc...

Em contrapartida não se podem realizar Festas e Romarias, 13 de Maio, Páscoa, dia da Mãe, dia do Pai, ir à praia, espetáculos de música mesmo ao ar livre, fazer viagens de avião, passar livremente as fronteiras, (no espaço schengen) entre tantas outras situações.

Mas o que nos diz a história?

3 exemplos de festas Portuguesas que segundo reza a lenda nunca foram interrompidas:

Feira Novas em Ponte de Lima

Começaram no ano de 1125 e no ano de 1826 começaram estas Feiras Novas sem interrupções até aos dias de hoje.

Senhora da Agonia em Viana do Castelo

Começaram no ano de 1674 tendo sido atualizadas durante os anos de 1772-1782-1783-1861-1862-1906 e 1908 e perduram sem interrupções até hoje.

Feira de São Mateus em Viseu

Começou no ano de 1392 e foi sendo atualizada durante os anos de 1449-1460-1501-1510-1797-1910-1927-1928-1930-1974-1994-1995-2014-2015 e 2016 e perduram sem interrupções até hoje.

Epidemias Mundiais

Ocorreram nos seguintes séculos:

XV - XVI-XVII - XVIII - XIX - XX - XXI

Número de mortos em algumas Epidemias Mundiais:

Entre 1915 e 1926, morreram cerca de 1,5 milhões de pessoas com doença de Encefalite Letárgica.

Entre 1918 e 1920, morreram cerca de 100 milhões de pessoas com a Gripe Espanhola.

Entre 1957 e 1958, morreram cerca de 2 milhões de pessoas com a Influenza.

Entre 1968 e 1969 morreram cerca de 1 milhão de pessoas por via do Vírus Influenza A Subtipo H2N2.

Desde 1960 até ao presente morreram cerca de 30 milhões de pessoas com com o HIV-AIDS

Covid-19 entre 2019 e 2020, morreram cerca de 280 mil pessoas. (Estranho)

Poderia dar aqui mais uns quantos exemplos, mas penso que estes já são suficientes para se perceber que há aqui algo de errado com o que se está a passar atualmente.

A minha questão é: Porque é que noutras ocasiões não se puseram as mesmas medidas?

Afinal num piscar de olhos passamos a viver numa ditadura, tendo eu nascido depois do 25 de Abril de 74 nunca pensei...

Finalmente vivemos num mundo de - e com Políticas e Políticos de -.

Segundo o nosso Hino, O Povo é Quem Mais Ordena, então Ordena-se que tenhas-mos um País e um Mundo Melhor!

Sem mais,



Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
1 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.