Petição Pública Logotipo
Assinar Petição Esta Petição encontra-se encerrada

Forte de Peniche - Defesa da memória, resistência e luta

 

Lamentamos mas esta Petição já não se encontra activa para a recolha de assinaturas. O autor decidiu que deveria encerrar a Petição.

 

Mais de 5000 cidadãos já subscreveram, em apenas cinco dias, a petição do “Forte de Peniche - Defesa da memória, resistência e luta”, desencadeada após o conhecimento das notícias sobre a pretensão do Governo de concessionar a privados a Fortaleza de Peniche para fins de actividade hoteleira. Atingidas 5000 assinaturas, os promotores da iniciativa procederam no dia 5 de Outubro ao envio para a Assembleia da República da Petição. Na exposição de motivos que acompanhou o envio da Petição lê-se que “tal decisão [de concessionar o Forte de Peniche] põe em causa a preservação da memória histórica do que foi o regime fascista e a luta pela liberdade, bem como as funções e características que um monumento como o conjunto edificado do Forte de Peniche deve ter”, considerando os promotores que “a Assembleia da República se deve pronunciar contra esta intenção do governo, recomendando a defesa do Forte de Peniche como património nacional, símbolo da repressão fascista e da luta pela liberdade.” A Petição agora entregue no Parlamento, tem como primeiro subscritor José Pedro Soares, ex-preso político da Cadeia de Peniche. Ao grupo dos primeiros 59 subscritores já se juntaram, numa longa lista de personalidades, nomes de vários quadrantes político-ideológicos e das mais diversas áreas da vida social, política e cultural nacional. A petição continua em subscrição, estimando os promotores que dentro de poucos dias possam ser atingidas mais de 10000 assinaturas. Nesse quadro os promotores da Petição enviaram ontem ao Presidente da Assembleia da República, Dr. Ferro Rodrigues, um pedido de audiência para informação presencial das razões e reflexões dos peticionários e para actualização do número total de assinaturas da Petição. Os promotores, que dirigem um apelo ao Governo português para abandonar a decisão de concessionar o Forte de Peniche, enviaram também no dia de ontem um pedido de audiência ao Primeiro-Ministro, com a intenção de informar directamente o Governo do conjunto de actividades que estão a desenvolver e de explorar todas as possibilidades de diálogo institucional com vista à preservação do Forte de Peniche como património nacional e o mais importante símbolo quer da opressão e repressão fascista quer da resistência e luta pela liberdade e a democracia. Os promotores desta importante iniciativa apelam a todos os democratas, patriotas e amantes da liberdade e dos valores democráticos que continuem empenhados na subscrição e divulgação da Petição.

 

 

 

Assinaram a petição
6.251 Pessoas