Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Pela Verdade Desportiva no TÉNIS

Para: Federação Portuguesa de Ténis / Conselho de Arbitragem da F.P.T.

Petição relativa a acontecimentos relacionados com o Torneio de Veteranos HOTEL MERCURE (Figueira da Foz) - Torneio nº 29254 A - a realizar de 30 de Junho a 2 de Julho de 2017.

Esta petição surge no sentido de mostrar a nossa indignação e chamar a atenção das entidades competentes que tutelam e supervisionam a organização de provas competitivas de ténis (Federação Portuguesa de Ténis), nomeadamente no escalão de Veteranos, perante um comportamento a nosso ver reiterado, incorrecto, da parte do Tennis Club da Figueira da Foz, no que concerne a anulação fora do prazo legal, do escalão + 35 Masculinos e +65 Femininos, pelo 2º ano consecutivo (2016 e 2017) e incumprimento inicial na distância a partir da qual as provas A são obrigadas a dar alojamento aos atletas (60km, quando por regulamento são apenas mais de 50Km).

Os Clubes quando resolvem realizar torneios e os inscrevem no Calendário Nacional de Provas, dando-lhes a classificação pretendida, devem cumprir os tempos estabelecidos no Regulamento Geral de Provas (RGP) da Federação Portuguesa de Ténis (FPT).

São três os pontos que esta petição pretende expor:

1) Retirada do Escalão +35 Masculinos pelo 2º ano consecutivo, fora do prazo legal;

2) Retirada do Escalão +65 Femininos pelo 2º ano consecutivo, fora do prazo legal;

3) Distância a partir do qual os atletas podem usufruir de alojamento gratuito;

No que concerne ao 1º ponto, ao desaparecimento do escalão de +35 Masculinos, informamos que a 5 de junho ainda era possível aos atletas deste escalão realizarem as suas inscrições normalmente no Tie Tennis e/ou por e-mail. No entanto, a partir da hora de almoço do mesmo dia, as inscrições já presentes no Tie Tennis desapareceram e outros atletas, que se quiseram inscrever pelo mesmo meio, verificaram que o escalão +35 masculino já não existia. Igual fenómeno já ocorreu no ano passado, demasiado próximo da data do início do torneio, indo completamente contra o que está preconizado no RGP, que abaixo se expõe.
No que concerne ao 2º ponto, e ao escalão +65 Femininos, entendemos tratar-se de mais um motivo de desmotivação, por parte do setor feminino, já tão penalizado pelas inúmeras vezes em que as atletas têm de jogar fora do seu escalão. E, se os +35 Masculinos proporcionam espetáculo, as senhoras de +65 presenteiam-nos com o seu charme, elegância e maturidade de jogo. A extinção desse escalão, e sua cronologia, enquadra-se nos mesmos parâmetros da retirada do escalão de +35 Masculinos.

Tal situação (retirada dos escalões de + 35 Masculinos e +65 Femininos), fora do prazo legal, faz com que o Tennis Club da Figueira da Foz incorra numa coima sensivelmente de 300€.

Em termos desportivos, e não menos importante, a anulação dos +35 Masculinos e +65 Femininos nesta prova impede qualquer atleta destes escalões de participar em torneios de nível B na data de uma prova A, visto que pelo RGP, nenhuma outra prova (de nível A ou B) pode ser inscrita na mesma data de uma prova A já definida.

Excerto retirado do RGP

"16.4.1 As alterações e a inscrição de novos torneios apenas serão consideradas quando comunicadas pela Associação Regional respetiva à FPT até 30 dias antes do seu início;

16.4.2 O pedido de inscrição de novos torneios obriga ao pagamento da respetiva taxa de inscrição acrescida de uma sobretaxa de 50% do valor da referida taxa.

16.5 Apenas por condições climatéricas adversas ou número insuficiente de inscritos (3 ou menos) um clube poderá cancelar ou alterar uma prova fora dos prazos determinados e sem o pagamento das multas previstas.

16.6 Qualquer candidato ou organizador de prova inscrita que não cumpra os procedimentos e prazos previstos nas regras de candidatura e calendarização das provas, sofrerá as seguintes penalizações:

16.6.1 No caso de provas B e C, pagará uma multa correspondente ao dobro do valor da taxa de inscrição da prova no calendário.

16.6.2 No caso das provas A, pagará uma multa correspondente ao triplo do valor da taxa de inscrição."


Relativamente ao 3º ponto, no que concerne à distância preconizada para usufruir gratuitamente do alojamento oficial, informamos que a distância oficial que serve de base para os atletas terem direito ao alojamento oficial gratuito, é de 50km.

No Calendário Geral de Provas, o Tennis Club da Figueira da Foz, colocou inicialmente as seguintes observações:

- Alojamento em quarto duplo a atletas no Quadro Principal e que residam a mais de 60 km.

É de louvar, no entanto, depois de algumas reclamações de atletas,que se sentiram visados, e o expuseram nas redes sociais, que o Tennis Club da Figueira da Foz, tenha retirado esta observação, colocada pelos próprios (60 Kms), e substituído por alojamento para atletas no Quadro Principal.

Retirado do RGP

"6.2 Regulamento Específico

6.2.1. Considera-se alojamento, a oferta, por parte da organização, de dormida e pequeno-almoço para todos os jogadores (as) dos quadros principais de todas as provas, que residam a mais de 50 kms do local de realização do evento, a partir da noite anterior ao início do quadro principal, terminando no pequeno-almoço do dia posterior ao da eliminação do atleta, em todas as provas em que tenha participado."


Em suma, somos poucos a manter viva e acesa a chama do circuito de torneios de veteranos em Portugal. Temos como objetivo colaborar com a criação de estímulos e alternativas para que o ténis veterano cresça.
É preocupante o número de atletas que têm trocado o ténis pelo padel. Julgamos ser algo a ter em consideração.

Aguardamos a vossa assinatura, federados ou não, que tenham um papel ativo no desporto que nos move: o ténis.

PELA VERDADE DESPORTIVA E RESPEITO PELOS ATLETAS VETERANOS DE TÉNIS EM PORTUGAL…




Qual a sua opinião?

Pela Verdade Desportiva no TÉNIS, para Federação Portuguesa de Ténis / Conselho de Arbitragem da F.P.T. foi criada por: TENNIS PRO VET.
A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
29 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.