Petição Pública Logotipo
Ver Petição Razões para assinar. O que dizem os signatários.
A opinião e razões dos signatários da Petição: Petição Contra o Abate do Pitbull "Zico" e de todos os outros "Zicos"!, para Canil de Beja e respectiva Veterinária Municipal

Nome Comentário
Fausto m. Acabem com o abate
Emanuel F. O dono tem culpa ainda mais se incitou o ataque, usou o animal como uma arma, agora o animal só fez o que o dono o ensinou ou incentivou. É o dono que tem que ser punido e não o cão. Só falta matarem o cão e o dono sair impune.
Ana P. O animal humano/"dono" é o único responsável por esta situação.
Marcelo M. Deviam era abater o dono!
Bruno . O animal não tem culpa da educação que tem ou de ser confrontado. Apenas responde aos seus instintos sem qualquer tipo de maldade. A castigar é o dono que o torna violento ou qualquer outra pessoa que faça por ser atacada (porque nenhum cao ataca sem motivo). As pessoas sim, têm consciência e algumas optam por fazer o mal.
Victória L. Porque matam caes? Não tem pena? Não tem sentimentos? - Os cães não tenhem culpa a culpa é dos donos eles não mordem sem mais nem menos! Por favor parem com isso !!
carlos . Mata-se o Zico, entre outros . Mas o problema continua ca, ou seja, os dodos. Esta na altura de mudar o pensamento, em relação aos animais,neste caso os caes . Reabilitem o Zico, ainda tem muito para dar e fazer alguém feliz .....
Leonardo B. O cão não ataca sem haver razão se as pessoas tivessem mais cuidado este tipo de situação não aconteceria
maria b. A responsabilidade é dos donos!
José N. Cuidado com o dono! Ele sim tem raciocínio humano e tem de saber os seus deveres ao possuir um animal seja ele de raça ou não. Os animais agem por instinto e este sentiu que o dono estava a ser atacado e agiu nesse sentido. O animal cão não tem culpa nenhuma. A culpa está toda do lado do animal homem. O abate deste cão não resolve nenhuma das situações futuras deste género.
Maria S. Estou completamente de acordo um cão com 8 anos vivendo em família alguma coisa se passou para fazer isto. Não há razão para ser abatido pois so assassinos que andam ai à solta continuam a fazer o pior e infelizmente não os matam porque são gente.
Angela Não abate o pobre cãozinho. Ele tem direito de viver como todos nós
Severino B. Gosto.
CLEICIANE S. totalmente contra
Paulo C. O Zico deverá ser habilitado o mais rápido possível
liliana s. Estou contra o abate do Zico porque a raça nao tem haver se o cao é perigoso ou nao, os donos é que treinam o animal para ser ou nao perigoso! lido com uma pitbul todos os dias onde esta ja veio com 2 anos de idade para junto de nós e é uma docil, é muito bem tratada e nao morde ninguem nem pessoas estranhas, daí se os animais forem maltratados tÊm reaçoes menos boas! OS animais nao sao perigosos, perigosos sao os donos!!!
Cindy O. gostava que se tratasse do assunto que é o abandono dos animais.
Teresa M. Ganhem juizo!! a cupa aqui está nos donos tal e qual quando é com as crianças. EDUCAÇÃO. começem a educar e a investigar é quem está por trás de uma criatura, e pode ser que começemos a apanhar e divulgar os verdadeiros animais.
Isabel . abatam primeiro, quem abusa de crianças como os pedófilos e os matam...depois concordarei ou não ( no caso do cão ter sido maltratado pela criança ou por qualquer outro adulto humano)...
Ana S. Como humanos que somos temos o dever de encontrar uma solução mais humana para lidar com esta problemática. Os animais agem por instinto e, geralmente, reagem a estímulos da forma que os seus donos lhes ensinam. Não me parece que matar os animais seja sequer uma solução. Parece me é que foi a resposta mais "fácil" e menos humana de lidar com o assunto. Tive um cão rafeiro durante 15anos da minha vida, era como um irmão para mim. Cresci com ele sem nunca ele ter mordido ninguém. Na verdade, era muito amável com toda a gente.Um dia os meus primos vieram a nossa casa lanchar, nada que já não tivesse acontecido antes, e estavam os dois a fazer lhe festinhas quando ele começou a rosnar tentado a morder o braço do meu primo mais novo.Estava a olhar para ele naquele momento e intervi. Logo percebi que havia alguma coisa nele que não estava bem.Mais tarde junto de um veterinário percebi que a doença que ele tinha poderia causar alguma confusão na percepção da realidade e portanto ele poderia vezes reagir de forma inesperada com pessoas que não conhecesse bem.As situações devem ser avaliadas de forma individual e não generalizada

Assinaram a petição
84.175 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.



Ler texto da Petição