Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

PELA REVISÃO DO INDEFERIMENTO DA CANDIDATURA “ENVELHECER VIVENDO 2018” PELO JÚRI NO PROCESSO Nº 17992/CML/2017 QUE DETERMINARÁ O FIM DO APOIO AOS MAIS IDOSOS NOS BAIRROS DO CABRINHA E LOUREIRO

Para: Exma Sra Presidente da Assembleia Municipal de Lisboa - Arqª Helena Roseta

Considerando que a proposta de decisão de indeferimento da candidatura “Envelhecer Vivendo 2018” do Júri do RAAML determinará o fim dos apoios que vêm sendo prestados há cerca de 20 anos, pelo Projecto Alkantara, aos mais idosos e suas famílias, residentes nos bairros do Vale de Alkantara.

Considerando que muitos dos beneficiários têm uma idade próxima dos 100 anos e que as habituais actividades não acontecem em qualquer outra instituição instalada nos bairros, o que muito compromete o combate à solidão e isolamento dos mais velhos, provocando alterações familiares profundas.

Considerando que com tal decisão o poder político vem promover mais um atentado à pouca qualidade de vida existente nos Bairros da Avenida de Ceuta devido ao edificado altamente degradado; insegurança e violência; falta de policiamento; tráfico e consumo de estupefacientes; acampamento de toxicodependentes; crianças e jovens próximos de actividades ilícitas; entre outros, só faltava mesmo empurrar de vez os mais velhos para a berma da Avenida de Ceuta contar automóveis em vez de se disponibilizar mais respostas e actividades para combater a solidão e o isolamento.
Face a este quadro tão catastrófico e desumano, os abaixo-assinados reafirmam:
1. A necessidade de se provocar a suspensão imediata da decisão de indeferimento;
2. A exigência de instalação no território, como acontece noutros bairros, de equipamentos adequados à sua idade para a promoção das condições físicas e mentais dirigidos para um envelhecimento activo;
3. A exigência de se iniciar, desde já, obras que melhorem a qualidade de vida nos bairros em oposição àquelas que procuram transformá-los em autênticos guetos.
Por fim, os subscritores reafirmam o seu profundo desacordo em relação a qualquer tentativa que procure desqualificar, ainda mais, a vida nos bairros. Não se esqueçam que podem não gostar de nós mas existimos e somos pessoas.


Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
119 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.