Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Salve o Norte da Madeira

Para: Exmo. Senhor Presidente da Assembleia da República; Exmo. Senhor Presidente da Republica Portuguesa; Exmo. Senhor Presidente da Assembleia Legislativa Regional da RAM; Exmo. Senhor Presidente do Governo Regional da RAM; Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Santana; Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal do Porto Moniz; Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de São Vicente; Exmos. Srs. Responsáveis máximos do Partidos Políticos Portugueses.

Exmo. Senhor Presidente da Assembleia da República
Exmo. Senhor Presidente da Republica Portuguesa
Exmo. Senhor Presidente da Assembleia Legislativa Regional da RAM
Exmo. Senhor Presidente do Governo Regional da RAM
Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Santana
Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal do Porto Moniz
Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de São Vicente
Exmos. Srs. Responsáveis máximos do Partidos Políticos Portugueses.

Excelências

Um amor existencial…
No Norte da Madeira temos as potencialidades económica, financeira, social e cultural, nos dado pelos excelentes e valiosos recursos naturais, inigualáveis relativamente a qualquer parte do mundo, nem que seja, porque é nosso, nortenho, madeirense, português e internacional. Possuímos mais de 70% da agua regional, proporcionando agua cristalina e deliciosa aos madeirenses e visitantes. Os mais belíssimos cartazes naturais e montras de paisagens únicas, vendidos turisticamente interna e externamente, vem do norte da Madeira. Este micro clima permite uma oferta turística diversificada, variando entre o especifico e o generalista e um ar puro que nos enche o coração. Para além disto tudo, agradecidamente, ainda temos uma gastronomia impar no mundo e uma cultura de riqueza universal.

A dura realidade…
Os efeitos da morte anunciada e silenciosa do Norte da RAM são conhecidos e usados, como bandeira pelos vários quadrantes sociais, politicos e culturais português, retirados das mais variadas comunicações sociais, tais como: o êxodo rural, a desertificação dos espaços, o envelhecimento das comunidades, a baixa densidade populacional, o emprego precário, o desemprego, a economia hiperdependente do erário publico, a centralização dos serviços no sul, isolamento das populações, a escassez na oferta desportiva e artística, o desaparecimento continuo da cultura local, diminuição considerável do capital humano, a falta de oportunidades de captação pessoal e incapacidade política para fixar as famílias. A titulo de exemplo, o fecho de escolas, empresas e bancos no Norte da Madeira é indicio de que este fenómeno, não deixará nenhuma pessoa, seja individual ou colectiva, imune dos seus efeitos.

Os placebos usados…
Temos vindo a verificar que as respostas a estes efeitos, são uma formula mágica utilizada, pelos poderes locais, regionais e nacionais, que não têm surtido qualquer efeito bloqueador. As mesmas entidades locais, regionais e nacionais tem trabalhado em piloto automático, minimizando temporariamente e parcialmente em alguns casos e atenuando silenciosamente noutros casos, tratado o efeito destas consequências e não as causas dos mesmos. Estes trabalhos, embora com diferenças contextuais, consistem resumidamente, numa praxis muito comum e semelhante: aumento das atividades aos idosos, pagamento das despesas escolares às crianças locais, prolongamento das estradas agrícolas, o aumento dos eventos para consumo interno…

A força motriz da RAM dormente…
Verificamos que existe escassez de chamariz turísticos no Norte da Madeira, e os poucos que funcionam, são protegidos e promovidos pela tutela. Estes exclusivos exemplos de sucesso, com gestão publica, esteja dependente do poder regional, razão pelo a sua monipolizante e direccionada promoção, consequentemente com grande dividendos financeiros. Mais a maior parte dos pólos e atracções turísticas do Norte da Madeira, que dependem e muito do consumo interno, que não são suficientes para a criação e manutenção dos postos de trabalho. Por consequência, a captação de empresas e a hiperdependencia do estado, a criação de mais e melhor emprego e consequentemente a fixação das famílias, não tem sido, em nada conseguida.


As estrategias falidas …
Tem sido estratégias atrás de estratégias ineficazes e descontextualizadas, achando que irá surgir no norte da madeira um milagre demográfico, sem qualquer intervenção financeira, estratégica, económica e política, caindo no populismo politico e na manipulação das massas, através de treino oratório, da seita partidária, da inércia e cumplicidade do poder politico e económico, anos a fio, justificando a condenação e a morte do norte da madeira.

O PRINCIPIO DA CONTINUIDADE REGIONAL …
Queremos mais distribuição da riqueza, criada nas áreas e nos mercados mais sustentáveis na Madeira, para o Norte da Madeira e não sermos tidos como madeirenses de segunda. O que a Madeira pede à anos ao Continente Português, reivindicando o principio da continuidade territorial, nós queremos um principio de continuidade regional, para o Norte da Madeira, com os devidos e exigidos lobbies económico-financeiros, sócio-culturais, politico-estratégicos, de forma que possamos recuperar ou travar este êxodo rural, desertificação, isolamento e redução drástica na densidade populacional. Para além destes lobbies, terem de ser preparados, a urgência é evidente de passá-los para o terreno e reenvidicar o legitimo lugar do Norte da Madeira, como espaço geográfico madeirense digno e capaz, de criar e manter familias, da mesma forma que acontece no sul.


É, pois, contra a morte do Norte da Madeira e pelos sinais evidentes, apelamos que os poderes responsáveis e democráticos, revejam uma situação danosa para as suas populações e demais recursos.

Como tal, solicitamos a todos a subscrição eletrónica desta petição, que será enviada posteriormente aos responsáveis supracitados, com o intuito que este Movimento Salve o Norte da Madeira, dará corpo ao sentimento dos Cidadãos e das Instituições, sabendo que, com o vosso apoio, se fará justiça, democracia e igualdade.

O Movimento Salve o Norte da Madeira
Nortenho e Madeirense
Pedro Sousa



Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
106 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.