Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Petição Pública - Atribuição do nome do Prof. Manuel Tomé à ponte da Rebordosa / Louredo

Para: Exmo. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Penacova; Exmo. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Poiares

Manuel Tomé- uma vida a lutar por um Mundo melhor

De origens humildes, Manuel Veiga Tomé nasceu na Rebordosa, em 15 de Novembro de 1947.
Na escola da sua aldeia fez o ensino primário.
Os seus estudos prosseguiram no Colégio Nossa Senhora da Esperança em Penacova. Nessa etapa da vida de estudante, foi aluno do grande pedagogo, Dr. Homero Pimentel.
Inscreveu-se depois na escola do magistério Primário em Coimbra e aí tirou a especialidade para ser professor primário.
Começou a lecionar em 1974 com 24 anos.
Foi professor primário durante 30 anos.
Militante comunista desde o 25 de Abril, foi um defensor dos mais desfavorecidos e tudo fez na sua ação para que estes tivessem uma vida melhor.
Foi membro das Assembleias Municipais de Pampilhosa da Serra e de Penacova.
Fez parte do executivo da Junta de Freguesia de Lorvão na qualidade de Tesoureiro, nos últimos anos da sua vida.
Aliás, estava a trabalhar para a Junta de Freguesia, quando teve o aneurisma fatal. Morreu ao serviço da população que o elegeu.
Foi um dos fundadores da AMA-Amigos do Mondego e Afluentes, lutou pela construção das escadas de peixe no Rio Mondego, opôs-se frontalmente à extração de areias, exigiu obras de preservação das margens, esteve contra a poluição e a construção exagerada de açudes.
Foi um dos maiores lutadores pela construção da ponte sobre o rio Mondego que liga Rebordosa a Louredo. Em 4 de Julho de 1990 entregou um abaixo-assinado ao Dr. Mário Soares, Presidente da República, em mão própria, durante a Presidência Aberta, em que a população da sua terra reclamava o fim da tiragem das areias do Mondego e pedia a construção da Ponte Rebordosa – Louredo.
Esta obra concretizada em 1999 foi um dos sonhos das populações ribeirinhas que viram assim facilitadas e encurtadas as comunicações entre Penacova e Poiares.
Faleceu vítima de um aneurisma, em 21 de Fevereiro de 2012, com 64 anos de idade, ao serviço das pessoas que o elegeram e das causas em que sempre acreditou.
Em 23 de fevereiro de 2013 a Assembleia Municipal de Penacova decidiu, por proposta de todas as forças políticas e por unanimidade, incluir o seu nome na toponímia do concelho.
Por ter sido um lutador entusiasta e incansável da construção da Ponte Rebordosa – Louredo e pela sua dedicação ao Rio Mondego, bem merece que o seu nome seja atribuído a esta ponte, assim como a ponte bem merece chamar-se MANUEL TOMÉ.
Para que se perpetue o seu exemplo de Homem íntegro e de dedicação à causa pública, nós, os subscritores desta petição, apelamos às Câmaras Municipais de Penacova e de Vila Nova de Poiares que cumpram este desejo das populações que hoje beneficiam desta ponte, que nos uniu e nos encurtou as distâncias.


Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
36 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.