Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Repavimentação da estrada camarária nº CM1354

Para: Câmara Municipal de Arganil

Exmo. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Arganil,

Ao longo dos últimos anos, a União Progressiva de Chãs d'Égua e algumas individualidades relevantes desta aldeia dirigiram à Câmara Municipal de Arganil numerosos pedidos de repavimentação da estrada CM1354. Esta via foi alcatroada pela primeira vez em 1983/84 e, em toda a sua existência, nunca foi repavimentada. Inclusivamente, as intervenções de manutenção foram escassas, limitando-se à reconstrução, em 2005, de algumas curvas destruídas pelas enxurradas e deslizamentos de terra consequentes de um grande incêndio. Localizando-se a uma cota que ronda os 1000m, em plena serra e onde o clima é severo, facilmente se poderá imaginar o seu estado de degradação. Neste sentido, foi uma decepção tremenda constatarmos que a estrada CM1354 ficou excluída do Plano de Mobilidade para 2017 da autarquia.

Relembramos Vossa Excelência de que o povo de Chãs d'Égua se caracteriza pelo seu empreendedorismo: no início dos anos 90, quando o Piódão era ainda uma aldeia silenciosa e quase desconhecida, já os chãsdeguenses tinham projectos de turismo de habitação, recuperação do capril e artesanato local, organização de actividades desportivas ou a divulgação das figuras rupestres. Era uma aldeia cujas festas anuais reuniam centenas de pessoas e com uma enorme dinâmica da qual os jovens eram parte bastante significativa – talvez se recorde do grupo musical Gerações? - Contudo, a grande maioria desses projectos nunca se concretizou devido à falta de apoios: não só monetários como também no que diz respeito ao planeamento dos projectos, à divulgação dos mesmos, à promoção da própria aldeia a nível concelhio ou à ausência de planos de protecção quer do edificado com maior valor histórico, quer da flora e fauna envolventes.

Hoje, a população é a mesma, mas a sistemática centralização de recursos na sede de freguesia, bem como a segregação da aldeia por parte da autarquia, originaram uma aldeia totalmente diferente. Chãs d'Égua tem cada vez menos habitantes, a festa cada vez menos participantes, os turistas quase já não passam ali, foi destruída grande parte dos marcos arquitectónicos vernaculares, o Centro de Interpretação Rupestre encontra-se praticamente abandonado, reina um estado de apatia. Mas, mesmo assim, ainda são muitos os que continuam a visitar regularmente a aldeia e a investir na reconstrução de residências, continuamos a realizar os festejos tradicionais, temos um estabelecimento que serve refeições diariamente e três postos de turismo de habitação. Orgulhamos-nos de ser a aldeia do concelho com o sistema de abastecimento de água mais completo, fruto de um enorme investimento da população, e que foi cedido gratuitamente à Câmara Municipal de Arganil.

A estrada CM1354 é a única rodovia alcatroada de acesso a Chãs d'Égua e às suas várias quintas. Deste modo, a recuperação da estrada é urgente e crucial pois o seu estado de degradação coloca em risco a segurança e o acesso a esses aglomerados populacionais. A ausência de intervenção nesta via influenciará a extinção do turismo e, consequentemente, a insustentabilidade das actividades económicas que ali existem, o desinteresse pelo lugar por parte dos habitantes sazonais e, no fim, a desertificação da nossa aldeia.

Os abaixo-assinados peticionam, assim, a repavimentação da estrada CM1354, independentemente do Plano de Mobilidade para 2017 da Câmara Municipal de Arganil, pelo futuro de Chãs d'Égua e das suas quintas.



Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
35 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.