Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

A Ilha do Pico não é para ser destruída

Para: Governo Regional dos Açores, Turismo dos Açores, Câmara do Comércio e Indústria da Horta, Câmara Municipal da Madalena

Veio a público nesta semana um protejo com o objectivo de construir um hotel de quatro estrelas junto à paisagem protegida da vinha do Pico, património da Unesco.
Num passado não muito distante, houve uma campanha publicitária, a qual mostrava toda a beleza paisagística das 9 ilhas, uma delas o Pico, no final fechava com “Açores Natureza Mágica”
Nos últimos anos face a essas campanhas e às excelentes presenças em feiras de turismo, em que o conceito natureza era o mais apregoado, os turistas começaram a ter vontade de nos visitar e como tal assistimos a um crescimento da procura, o turismo cresceu não só no Pico, a economia local melhorou com a abertura de novos alojamentos enquadrados na paisagem, gerou emprego direto e indireto relacionado com o turismo e claro as infraestruturas de apoio melhoraram, no entanto cada caso é um caso e cada ilha evoluiu à sua maneira.
Depois da luta para que houvesse mais ligações com o Pico, com o intuito de trazer mais visitantes apaixonados pela natureza local, chegaram as Low-Cost, e com elas pessoas vindas de todos os cantos do globo, sedentas de conhecimento, de correrem de lés-a-lés os cantos da ilha, da gastronomia, de olharem para o que não é delas com respeito, pois sabem que a natureza fez milagres por estas bandas.
No entanto tudo tem um preço, pode e deve haver investimento no desenvolvimento do turismo no Pico o que não se pode fazer é destruir a paisagem.
De que vale termos locais considerados património mundial da UNESCO, se às portas vão construir uma Infraestrutura que foge totalmente ao enquadramento? Existem muitos lugares no Pico que estão livres. Porquê ali? Não concordo com a sua construção, não quero ver o Pico tornando na “Natureza mágica do Betão”

Se é para os turistas viverem em primeira mão o trabalho nas vinhas e a sua produção, porque é que não alugam uma carrinha até ao local do hotel a ser construído? Porquê em cima das vinhas e desse património?
Em vez dessa construção porque é que não adaptam infraestruturas já existentes e estão ao abandono para esse fim?

Se é para a criação de mais postos de trabalho, o que concordo em absoluto, porque não constroem logo à saída da vila da Madalena?

Se é para atrair mais turistas que estão enganados, não é a destruir património que os chamam.

Somos pela preservação do património
Somos contra esta construção e destruição do património

Contra a "algarvização" e "madeirização" do Pico e restantes ilhas.
Porque é que o dinheiro fala sempre mais alto que as questões ambientais

Será que esse investimento não poderia ser aproveitado na melhoria de alojamentos já existentes?
Na melhoria da rede viária da ilha?
Na melhoria de portos?
Porque é que não trabalham na melhoria do Aeroporto do Pico, dotando-o de mais valências e de uma pista maior


Tal como eu, muitas pessoas irão ter o mesmo pensamento.

Peço o favor que antes de assinarem deixem algumas palavras sobre o que pensam deste assunto.
E vamos partilhar para que chegue a todos os Açorianos espalhados pelo mundo

Fonte da Imagem: http://radiofaial.net/empresarios-do-faial-pretendem-construir-um-hotel-resort-spa-na-ilha-do-pico-acores/


Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
1.897 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.