Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Salvar os pavilhões do Mercado do Bolhão

Para: sr Presidente da Câmara Municipal do Porto, sr Presidente da Assembleia Municipal

PORTUGUÊS

Assistimos no passado dia 22 de Abril à apresentação pública do novo projecto para o Mercado do Bolhão. Felicitamo-vos pela filosofia de intervenção do projecto: uma solução sensata e equilibrada, que respeita o edifício que os portuenses conhecem, actualiza-o funcionalmente e lhe resgata a dignidade perdida ao longo de anos de quase abandono.

Como amantes da nossa cidade e do seu património, deixa-nos contentes ver o exterior do mercado recuperado integralmente, com a reposição das mísulas actualmente reduzidas a rebarbas ferrugentas, das caixilharias das montras com o desenho original, e dos toldos tradicionais com aspecto uniforme.

No entanto, e baseados nos aspectos do projecto que foram levados a público, receamos que haja um elemento esquecido no processo: as chamadas “barracas do Bolhão”.

Assim são nomeadas nos desenhos os pavilhões cobertos de apoio aos vendedores no rés-do-chão, e que são contemporâneas com o projecto original do arquitecto Correia da Silva.

São construções desenhadas e detalhadas de raiz, e parte integral do edifício enquanto mercado. Por serem semi-fechadas, prolongam visualmente a rua no interior e conferem ao Bolhão o seu ambiente característico e único, que lembra vagamente um bazar oriental.

Ainda mais interessante é o facto de, dentro do seu aspecto de construção popular, o seu desenho ser fortemente original e uma combinação de elementos aparentemente díspares: colunatas, frontões, arcos de volta inteira e caixilhos de desenho neo-gótico, treliças e respiradouros, que muito raramente aparecem compostos desta forma.

As “barracas” são assim elementos pitorescos mas de um desenho curado, que representam o periodo de revivalismo vernacular do início do séc. XX.

Infelizmente, o seu estado de conservação precário e décadas de acumulação de elementos espúrios impedem-nos de disfrutar de todos estes pormenores. Letreiros, gaiolas, muitas janelas já substituídas por alumínio ou tapumes de todo o tipo, as lonas que escondem os fantásticos telhados de ardósia e os “cobertos” centrais em plástico, por sua vez tapados com lonas ou simplesmente sujos e escuros, tudo isto faz com que estas maravilhosas pequenas construções pareçam prontas para a demolição.

É isto que transparece nas imagens que foram mostradas e através das declarações na comunicação social, que indicam que os pavilhões do Bolhão se preparam para ser substituídas por uma “reinterpretação moderna” que mais não é que um espaço genérico desprovido do carácter peculiar e mágico do mercado actual.

Mais uma vez, só podemos elogiar a vossa filosofia de intervenção no Bolhão e acreditamos que é coerente com a recuperação destas construções.

Acreditamos que a sua reabilitação não compromete, antes melhora, o conforto do espaço e facilita a sua climatização.

Acreditamos também que é compatível com a cobertura dos corredores através de uma estrutura elegante, transparente e contemporânea, semelhante áquela mostrada nas imagens e que já faz parte do vosso projecto.

Assim, pedimos-lhe que considere a inclusão das “barracas” no projecto de recuperação do Mercado do Bolhão. Isto implica:

Que o projecto contemple a recuperação integral das construções existentes, o que inclui devolver-lhes os telhados em ardósia, pintar e reparar as caixilharias existentes e todos os elementos de carpintaria e serralharia, actualizando as infraestruturas interiores.

Que se eliminem os elementos acrescentados, posteriores e sem qualidade, e, tal como no exterior do mercado, se recuperem os desenhos existentes para criar elementos de substituição idênticos aos originais: caixilharias, colunas, telhados, ferragens.

Queremos ter um mercado limpo e funcional, e um mercado que seja único no Mundo, por ser o mesmo mercado que opera no Porto há quase 100 anos. As duas coisas não são incompatíveis, até pelos inúmeros exemplos de sucesso semelhantes em outros países.

Tudo indica que a reabilitação urbana, numa época em que cresce exponencialmente, é uma prioridade que a Câmara do Porto leva a sério, e bem. Existe aqui, assim, uma oportunidade ímpar para dar o exemplo e recuperar com pormenor e qualidade um património único que pertence a toda a cidade.

Abaixo assinados,

ENGLISH

The new project for the renovation of the Bolhão Market was presented to the public on April 22nd, 2015. We congratulate you on the philosophy of intervention: a sensible and balanced solution, one which respects the building that the people of Porto know and love. It updates it functionally and gives it back its dignity, lost after years of neglect.

As lovers of Porto and its heritage, we are happy that the outside of the market is to be completely restored, including the big cornice modillions that were removed years ago, that the shop windows are reverted to the original design which grace only one or two stores now, and that the traditional canvas awnings return with a uniform, consistent look.

However, and based on the parts of the project which were made public, we are afraid there is a forgotten element in the process: the so-called “barracas do Bolhão”.

On the original drawings its market stalls are named like this. They are from the same period as the original project, drawn by then chief City Hall Architect Correia da Silva.

The stalls are designed and detailed from the ground-up, and form an integral part of the building as a market. By being semi-closed, linear and autonomous constructions, they extend the street outside visually onto the market's interior and create its unique atmosphere, vaguely suggestive of an eastern bazaar.

More interesting yet is the fact that, beyond their consistent style of "traditional shed", the designs are highly original. They form an ensemble of seemingly unrelated elements: colonnades, pediments, Roman arches and Gothic revival windows, trellises and roof vents, rarely composed together in this fashion.

The “barracas” are thus picturesque elements with a keenly developed design, representative of the period of vernacular revival of the early 20th c.

Today they are decadent and in need of repair, having been subjected to decades of changes and spurious additions. Decrepit neon lettering, cages, aluminum windows, boarded openings, slate roofs hidden beneath bleak, grey tarpaulins, the passages in between covered with a rancid translucent plastic shed, now so dirty and yellowed by the weather that it is almost opaque. All this makes these wonderful little constructions seem ready for the wrecking ball.

Unfortunately, from the images provided recently by the City Hall and several news pieces, that is exactly what it looks like they are facing. These buildings are to be replaced by a "modern reinterpretation" which is little more than generic fare, devoid of the peculiar and magical atmosphere of today's market.

Once again, we can only compliment you on the philosophy of restoration which you adopted fo the intervention on the Bolhão, and we believe it is consistent with the restoration of these humble buildings.

We believe that restoring the barracas does not compromise, but instead improves, the comfort of the spaces and facilitates their conditioning.

We also believe they are perfectly compatible with a permanent, beautiful and contemporary glass and steel cover inbetween, similar to the one shown on your 3D images.

Therefore, we kindly ask you to consider including the “Barracas do Bolhão” in the market’s renovation project. This implies:

that the project’s scope integrates the full renovation of the existing constructions, including all the slate roofs, repairing and painting doors, windows and other millwork and ironwork, and updating their internal infrastructure;

the elimination of the spurious elements added over the years, and, just as you propose for the exterior of the market, use the originals to create identical replacement pieces: windows and doors, columns, roofs, trellises, hardware and so on.

We want a market which is clean and functional, and one which is unique in the World for being the same that operates in Porto for 100 years. We believe our two wishes can go hand-in-hand, from the numerous successful examples throughout the world.

All signs point to the fact that urban renewal, which has never been so strong, is a serious priority for the City Hall of Porto and we are all the more glad for it. Thus, there exists here a once in a lifetime opportunity to set the example and restore, with quality and attention to detail, a unique piece of heritage which belongs to the entire city of Porto.

Yours sincerely,


Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
2.143 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.