Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Anti-Praxe - Todos contra a Praxe

Para: Exmo. Srº Presidente da República, Exmo. Srº Primeiro Ministro, Exma. Srª Presidente da Assembleia da República

Pretende-se com esta petição acabar com a praxe universitária, pois o que era antes uma brincadeira para integrar os estudantes na vida universitária, nomeadamente na universidade em que entraram para estudarem para a sua carreira profissional, agora é considerado "A Falta de Dignidade pelos Direitos Humanos", por isso assinem esta petição.

Porque vemos na praxe uma prática que atenta contra os mais elementares direitos humanos, nomeadamente a liberdade, a igualdade, a integridade física e psicológica e a livre expressão da individualidade, ao mesmo tempo que exalta os valores mais reacionários da nossa sociedade.

Porque não vemos qualquer motivo para a existência de hierarquias entre estudantes, tendo em conta que todos/as devem ser tratados/as por igual nas relações interpessoais.

Porque acreditamos que a tradição nunca poderá ser um entrave à mudança e, muito menos, poderá alguma vez legitimar um comportamento inaceitável em qualquer sociedade.

Porque não aceitamos o poder auto-instituído e nada democrático dos organismos da praxe, que se constituem em estruturas paralelas com regras próprias.

Defendemos que a recepção aos/às novos alunos/as, sempre que se justifique a sua existência, se deve basear em relações de igualdade. Nesta iniciativa, os/as estudantes olhar-se-ão nos olhos e tratar-se-ão por "tu", construindo um conjunto de redes de solidariedade e de camaradagem não exclusivas. Todos/as se divertirão por igual, deixando a diversão de uns de ser a humilhação de outros/as. Desta forma, incentivar-se-á o verdadeiro altruísmo que consiste em ajudar os/as outros/as sem exigir qualquer contrapartida.

Defendemos igualmente que a faculdade deve ser uma instituição aberta ao mundo que a rodeia, transformando-o e sendo por ele transformada. Uma instituição que deve proporcionar a livre intervenção e fomentar a criatividade, não impondo códigos de conduta nem promovendo a segregação. Mas este ideal nunca será concretizável enquanto o espírito da praxe reinar na faculdade.

Exigimos ainda que as instituições de Ensino Superior tomem sobre si a responsabilidade de prestar todas as informações e aconselhamento necessários aos/às estudantes, quebrando assim com o princípio paternalista do "apadrinhamento" que compromete e fragiliza a autonomia dos recém-chegados.

Exercemos desta forma o nosso direito à indignação. Como parte da sociedade civil pensamos que o que se passa no interior das faculdades diz respeito a todos/as. Logo, jamais poderemos fechar os olhos à triste realidade das "tradições académicas". E juntamos a nossa voz à voz de todos e todas que lutam diariamente contra o cinzentismo da praxe e se batem por uma faculdade crítica, aberta e democrática!

Os alunos quando vão para a Universidade vão para estudar não para praxes. Se formos a ver são centenas de Euros estragados pelos que fazem praxe estragando muitas coisas utilizadas na praxe e pelos próprios aluno que gastam dinheiro em roupa e outras coisas devido á sua destruição através de uma brincadeira sem cabeça nem pernas. ASSINA SE ÈS CONTRA
  1. Actualização #1 Façam Crescer o nº de assinaturas, por favor

    Criado em terça-feira, 28 de Janeiro de 2014

    Existe muitas pessoas a favor e contra a praxe, mas pensem que ao assinarem estão a prevenir e evitar todas estas tragédias ouvidas na comunicação social, sobre este mesmo assunto. Acho também que temos que saber distinguir a praxe de brincadeira, ou seja, maioritariamente a praxe é utilizada para colocar em causa a reputação dos alunos. E a brincadeira é mais uma forma de diversão, porque não fazer jantares entre todos os alunos que entram para a universidade e também os vários cursos dinamizarem festas temáticas, no sentido de partilha de ideias etc. Em vez de praxes que se investe dinheiro na maior parte das carteiras dos país dos alunos e em materiais utilizados nas praxes. Acabar com a praxe não significa que os alunos não se integrem na universidade. (Quando entraram para o 1º ciclo, Colégio ou Liceu, existiu alguma praxe de colegas mais velhos contra ti?) e Festejem também o fim de curso, pois é o que é mais importante na vossa carreira do que simplesmente a entrada na universidade.




Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
3.621 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.