Petição Pública Logotipo
Ver Petição Razões para assinar. O que dizem os signatários.
A opinião e razões dos signatários da Petição: Pela Preservação do Património Natural da Península de Tróia, para Ministro do Ambiente, Primeiro Ministro, Presidente da República, Diretor da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Rural (CCDR) do Alentejo, Presidente e Vereador da Câmara Municipal de Grândola, Gabinete de Planeamento e Urbanismo/Ambiente da CM de Grândola

Nome Comentário
Teresa . Portugal já é conhecido na Europa por ser um dos países que menos respeita a natureza. Por favor respeitem desta vez ! Agradeço encarecidamente
João M. Pela defesa incondicional deste território fabuloso
Alexandrina B. Já basta de destruir o futuro de Portugal.
Renato . Vergonha o que pretendem fazer na zona do parque de campismo da galé
Maria . Inacreditável o que está acontecer na península de Tróia. A CM e os respectivos dirigentes deviam ser escrutinados e bem analisados pelas suas decisões e aprovações … ainda hoje passei por mais de 5 gruas em cima das dunas para construírem blocos de 3 andares mesmo ao lado da soltroia!
Carla M. Pela preservação da Natureza
Andreia . Preservação do património natural
paulo a. Por todos e para todos.
Vítor . Menos lobbies mais natureza, menos edificações, menos muros, mais bem estar, mais consonância e calibragem dos seres vivos , mais habitat, mais consciência.
Antonio R. Salvar Dunas é uma obrigação de uma sociedade civilizada
Dominique G. Cartão de residente permanente
Fátima . Contra toda forma de construção.pelo respeito da natureza.
Andreia . A falta de controlo é notória em todas as áreas da região neste momento seja pela preservação da Natureza, seja pela preservação, segurança e saúde dos habitantes a quem se lhes cobram impostos
José O. Já deveria ter sido á mais tempo. Obrigado.
Duarte P. Choca-me verificar como o ambiente natural de toda a região da Comporta se está a degradar apenas motivado pela ganância humana sem escrúpulos.
Agostinho Q. Temos de encontrar uma fórmula que permita crescimento económico no âmbito de uma economia sustentável que respeite o património ecológico mas que permita a melhoria das condições de vida das populações, não me parece que a construção “desenfreada” de complexos turísticos em zonas ecologicamente sensíveis faça parte dessa fórmula, o prejuízo que os mesmos acarretam são com certeza bem maiores do que os beneficios, o que temos assistido é que a reboque destes complexos as populações locais se vem privadas do uso de espaços que lhes “pertencem” negando-lhe, por exemplo, o acesso livre as praias, na verdade estes complexos tedem a acentuar as diferenças entre “ricos” e “pobres” aportando pouco à condição de vida das populações locais.
Maria A. Não estragar dunas, flora de uma zona sensível.
Amélia D. A Península de Troia é de todos
Luis G. Assinar
VICTOR S. Preservar o património e ecossistemas da península de Troia, assim como das festas populares, tais como : Padroeira dos pescadores entre Setúbal e Troia, que está em risco de ser realizada por futuros empreendimentos na zona das ruínas de Troia.

Assinaram a petição
11 037 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.



Ler texto da Petição