Petição Pública
Destruição da mesquita principal de Lisboa identificada na Sé Patriarcal

Assinaram a petição 3.104 pessoas
Durante as obras de recuperação e valorização da Sé Patriarcal de Lisboa – 2ª Fase foram identificadas, entre outras estruturas, o complexo da mesquita principal da Lisboa muçulmana que, na sua totalidade, abrange uma área de cerca de 200m2, cuja cronologia de ocupação data de inícios do século XII estando em funcionamento até à conquista de Lisboa em 1147.
Edifícios semelhantes construídos durante o período almorávida são completamente desconhecidos em Portugal e em Espanha. Em Marrocos são visíveis alguns vestígios na grande mesquita Aljama em Marraquexe, em Fez também na mesquita principal da cidade, mas muito alterados e pouco conservados devido às destruições causadas pelos almóadas que, de acordo com as fontes, destruiriam estas mesquitas construindo as suas próprias mesquitas.
A implementação do projecto de obra implica que todos os compartimentos sejam destruídos com exceção de dois. A adaptação do projeto no sentido da preservação destas ruínas notáveis é uma mais-valia permitindo o usufruto de todo o conjunto patrimonial.
Os assinantes desta petição desejam que este assunto seja levado à Assembleia da República para que seja discutido e avaliada uma alternativa ao projecto arquitectónico de modo a preservar todo o complexo.
Ver Mais...
Facebook WhatsApp
Email  

versão desktop