Petição Pública
Repúdio ao abate de árvores em Ilhéus

Assinaram a petição 21.719 pessoas
Nós, moradores do município de Ilhéus, abaixo-assinados, tomando conhecimento do abate de um grande número de árvores (amendoeiras) plantadas no canteiro central da Avenida Soares Lopes , sentido Ilhéus Praia Hotel-Porto, que ali se encontram há muitos anos, compondo o patrimônio paisagístico da cidade de Ilhéus e sendo parte integrante da memória afetiva de muitos ilheenses, além de servirem de morada aos pássaros (maritacas) que todos os dias nos prestigiam com a sua tradicional revoada, e que agora encontram-se completamente atordoados, face a destruição do seu habitat.

Ainda, estando na iminência de serem abatidas todas as árvores que se encontram ao longo da via, fato já confirmado por autoridade pública competente, vêm através do presente manifestar o seu repúdio a esta ação e a outras similares ocorridas em nossa cidade.

A supressão das árvores em Ilhéus, a exemplo do ocorrido com as que margeavam a BA 001, Rodovia Ilhéus-Olivença, trecho Opaba-Psiu, ocorrido há cerca de dois meses, e a ameaça às nossas áreas verdes, vem sendo promovida pelo poder público, contrariando a Constituição Federal e todo o sistema jurídico municipal que preconizam por garantir um meio-ambiente equilibrado a todos os cidadãos.

Neste espírito, as árvores no meio urbano constituem fonte importante de regulação da temperatura, funcionando como filtro para partículas poluidoras além de embelezarem as vias de nossa cidade, fornecerem sombra, sendo por isso recomendado o seu plantio pelas organizações de proteção ao meio ambiente internacionais e não o seu abate.

Desta forma, são indispensáveis a um ambiente social e economicamente saudável, visto que uma cidade arborizada é não somente agradável para seus moradores como também é atrativa aos que a visitam.

Isto posto, solicitamos à administração pública municipal:

1- A imediata suspensão da ordem de corte das árvores supramencionadas;

2- Que sejam plantadas árvores nativas de Mata Atlântica no local das que foram suprimidas;

3- Uma audiência entre representantes do grupo whatsapp “Dano Ambiental em Ilhéus” criado para a defesa das nossas árvores e fauna e o Exmo. Sr. Prefeito do Município de Ilhéus, Mário Alexandre Correa de Souza, a fim de que a autoridade se explique junto aos munícipes sobre a finalidade dessa ação;

4- Por fim, que seja encontrada outra solução para o projeto urbanização da Avenida Soares Lopes que poupe as árvores há muito existentes na via.

Pela manutenção das árvores da Avenida Soares Lopes e de toda a cidade e pela proteção da nossa fauna e flora.


Ilhéus-Ba, 09 de julho de 2020.
Ver Mais...
Facebook WhatsApp
Email    

versão desktop