Petição Pública
Restituição do Complexo Desportivo Municipal do Casal Vistoso à Cidade de Lisboa

Assinaram a petição 1.522 pessoas
Ex.mo Senhor Presidente da Câmara Municipal de Lisboa,
Dr. Fernando Medina

Após mais de um ano sem que os munícipes da cidade de Lisboa possam utilizar o Complexo Desportivo Municipal do Casal Vistoso, devido a uma decisão unilateral do Sr. Vereador Manuel Grilo, onde estas instalações dedicadas à prática desportiva passaram a servir como Centro de Acolhimento de Emergência a pessoas em situação de sem-abrigo, aquando do inicio da Pandemia de Covid-19, a Junta de Freguesia do Areeiro em representação dos seus fregueses e comerciantes, vem por meio desta petição, uma vez mais, solicitar a devolução do pavilhão do Complexo Desportivo Municipal do Casal Vistoso à prática desportiva.

A Junta Freguesia do Areeiro solicita também uma resposta adequada à população que se encontra em situação de sem-abrigo e a toda a população fragilizada da cidade de lisboa, reconhecendo que o período excecional e temporário desta solução já foi há muito ultrapassado, havendo relatos da falta de condições dignas para a permanência, mesmo que temporária, de pessoas que pernoitam de forma precária numa solução excecional que se está a provar permanente.

Todas as soluções e previsões apresentadas pelo Sr. Vereador Manuel Grilo, em representação da Câmara Municipal de Lisboa, por incumbência do seu Presidente, ficaram por concretizar, nomeadamente a criação de um novo Centro de Acolhimento Permanente que receberia os utentes do Centro de Acolhimento Temporário do Casal Vistoso, ignorando todas comunicações e posições da Junta de Freguesia do Areeiro, bem como as inúmeras queixas de fregueses, tendo a Junta de Freguesia do Areeiro procurado soluções para mitigar os impactos de toda a situação, reforçando as equipas de higiene urbana e ação social.

O encerramento do pavilhão à prática desportiva, numa Freguesia (e numa Cidade) tão carenciada de equipamentos desportivos públicos, carrega consigo graves prejuízos para a saúde e bem-estar da população, para a vida dos clubes e atletas, para a formação desportiva infantil e juvenil promovida pela Junta de Freguesia do Areeiro e para os alunos da Escola EB23 Luís de Camões terem as suas aulas de educação física, uma vez que esta escola não tem instalações desportivas próprias.

Por fim recordamos todos os impactos negativos difíceis de mitigar ou ignorar, tais como o aumento da toxicodependência, da mendicância, da sensação geral de insegurança e da deposição avassaladora e constante de resíduos nas imediações do Centro e áreas envolventes.

Nestes termos, a Junta de Freguesia do Areeiro condena a decisão do Sr. Vereador Manuel Grilo e as suas posições erráticas nesta matéria, tornando definitiva uma situação temporária, com graves prejuízos para todos os envolvidos, reforçando o pedido de restituição do Complexo Desportivo Municipal do Casal Vistoso à função para a qual foi concebido e uma solução adequada e digna para a população em situação de sem-abrigo que para ali foi deslocada.
Ver Mais...
Facebook WhatsApp
Email  

versão desktop