Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Petição Oposição à edificação no Miradouro da Luz - Algarve / Against new construction on Miradouro da Luz - Algarve

Para: Câmara Municipal de Lagos / Lagos City Hall

A Câmara Municipal de Lagos está a elaborar o Plano Urbanístico específico da Praia Luz, o qual visa orientar e limitar o direito de construção nos terrenos da localidade.

Sempre foi admitido pela Câmara Municipal de Lagos que a sua intenção seria qualificar a área do miradouro da Praia da Luz como área destinada a espaços verdes, admitindo a possibilidade construção até dois pisos para o terreno situado no lado direito (sentido norte-sul) do miradouro. Sabe-se, inclusivamente, que todo o trabalho na elaboração dos desenhos técnicos do plano realizados e estudados nos últimos anos incluíam o espaço como sendo destinado a zona verde.

Sucede que, muito recentemente, soubemos que existe a possibilidade de a Câmara ceder a eventuais interesses no sentido de alterar a qualificação da área do miradouro por forma a permitir a edificação de uma unidade hoteleira, a qual deverá ter 3 pisos, localizada no topo do miradouro. Ora, a existência do edifício com 3 pisos (ou até menos) no topo do miradouro é absolutamente inaceitável por várias razões que são essencialmente de ordem estética e de disposição urbanística no que se refere ao nível de altura entre os vários edifícios existentes.

Na verdade, basta imaginar a vista da Praia da Luz de quem vem a percorrer a estrada no sentido Burgau – Lagos, a partir da qual apenas se verá um edifício alto não enquadrado na altura dos edifícios confinantes. Não está em causa a necessidade de instalação hoteleira na Praia da Luz, mas não se percebe porque querem instalar as camas numa zona que deveria ser de lazer e de passeio aos utentes, havendo claramente outros terrenos que poderiam ser utilizados para implantação de edifícios turísticos.

São exemplo disso as zonas junto a Monte Lemos e Montinhos da Luz onde grande parte dos proprietários vão perder qualquer direito de construir. Não se entende a razão pela qual essas zonas são desaproveitadas para uma construção racional e organizada e de acordo com as necessidades da população, nomeadamente a criação de alojamento.

A criação de uma unidade hoteleira no centro urbano da Luz é o oposto daquilo que deveria ser uma boa planificação urbanística, pois não se percebe qual a vantagem de ter um hotel de 3 pisos (que na verdade não aumenta em muito o n.º de camas existentes), numa zona onde deveria, isso sim, ser preservada a beleza natural do sítio como forma de atracção turística, devendo as unidades de alojamento ser localizadas em áreas onde não se justifica a proibição total de construção.

Vimos assim apelar a todos os cidadãos com interesse na boa conservação e organização da Vila da Luz que expressem o seu desagrado pelas novas ideias previstas pelos órgãos de administração local, para que posteriormente possamos organizar formalmente um grupo de contestação expressivo e com força para protecção dos interesses da nossa comunidade.


(English version)
Lagos City Hall is elaborating a Development Plan specific to Praia da Luz which aims the definition, orientation and limitation of the right of construction on the local lands.

It has been always admitted by the Lagos City Hall that their intention would be to qualify the sightseeing point of Praia da Luz (hill in front of St James Development –the pink apartments) as an area with destination to green spaces, admitting the possibility of construction up to 2 floors for the land situated on the right hand side (north-south direction) of the sightseeing point.

Inclusively it is known that all works on the elaboration of the technical drawings of the plan done and studied over the last years included this zone as designated to green area.

It happens that very recently we knew that there is a possibility that the City Hall yields to pressure of certain interests in the way to alter the sightseeing point qualification in a way to allow the construction of a hotel, which shall have 3 floors, located on the top of the sightseeing point.

It is obvious that the existence of a building with 3 floors (or even less) on top of the sightseeing point is absolutely unacceptable for various reasons essentially of aesthetic nature and of urban disposition in what refers to the level of height between the several existing buildings. Actually, it is enough to imagine the view of Praia da Luz from who comes on the road on the direction Burgau-Lagos, from which a non fit with the neighbouring and high building will only be seen.

The necessity of a hotel in Praia da Luz is not being questioned but it’s not understandable the reason for them to want to install beds in an area that should be for leisure to the community, having clearly other lands that could be used for implantation of tourist buildings. Such as back areas near Monte Lemos and Montinhos da Luz, where great part of the owners will loose any right to construct in areas where it is not understandable how they can’t be used for a better advantage for a rational and organized construction and in accordance to the population needs, namely the creation of lodgement.

The creation of an hotel unit on the urban centre of Praia da Luz, where it should be a leisure area, goes in opposition to what it should be a good urban planning, since it is not understandable the advantage of having a 3 floor hotel (that really does not actually increase the number of existent lodgements in a relevant way), in an area where the natural beauty of the place should be preserved as a tourist attraction point, being the lodgement units placed in areas where it’s not justified the total prohibition of construction.

So, we came to appeal to all citizens with interest on the good preservation and organization of Praia da Luz, to express their unpleasantness for the new ideas foreseen by the administrative entities, so that later we can formally organise a expressive strength plea group for the protection of our local community interests.



Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
425 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.