Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

"Vamos impedir que acabem com o Transpraia na Costa"

Para: Exmo. Senhor Doutor João Pedro Matos Fernandes, Ministro do Ambiente e do Ordenamento do Território Exma. Senhora Doutora Ana Paula Vitorino, Ministra do Mar Exmo. Senhor Doutor Luís Capoulas Santos, Ministro da Agricultura, florestas e Desenvolvimento Rural Exma. Senhora Inês de Medeiros, Presidente da Câmara Municipal de Almada

A Costa da Caparica é hoje uma cidade e uma freguesia que difere do Concelho em que se insere, essencialmente pela sua economia dependente e baseada no seu enorme potencial turístico.
Esse potencial, cuja importância foi inegavelmente reconhecida no passado – como demonstram inúmeros documentos históricos, entre eles o estudo urbanístico efectuado pelo arquitecto Cassiano Branco, tem sido mantido à sombra de qualquer estratégia eficaz e adequada ao seu real desenvolvimento, numa tendência negativa em que em geral nada de novo se faz, o que se faz é mau e inadequado e o que havia de bom se perde. Neste contexto, em 2007, a aplicação do Programa Polis à Costa da Caparica surgiu como uma autêntica “tábua de salvação”, já que pelo seu discurso nos levou a sonhar com um futuro melhor, banhado por uma estratégia real e virada para a sua actividade económica: o Turismo.
Concluídas as obras, o pouco cuidado na escolha dos materiais, a inadequação do projecto e dos equipamentos projectados à realidade da região e dos agentes económicos que paradoxalmente pretendia servir e o abandono a que foram votados após a inauguração, levaram-nos a temer o pior: o sonho deu lugar ao pesadelo. E o pesadelo materializou-se e consolidou-se ao longo dos últimos onze anos em que à degradação anterior se juntaram os erros da Sociedade Costa Polis na aplicação e gestão do programa, ameaçando agora o pouco que ainda resta dos traços culturais mais marcantes desta região/freguesia/cidade. Neste contexto é marcante a situação do mini-comboio que percorre os nove quilómetros de praia que separam a Costa da Caparica da Fonte da Telha, conhecido por “transpraia” ( https://pt.wikipedia.org/wiki/Minicomboio_da_Caparica ), único do género na Europa e talvez até em todo o mundo e que, por um eventual erro de avaliação, corre agora o risco de desaparecer. Em 2007 o programa POLIS afastou o seu ponto de partida em cerca de um quilómetro, das praias do centro da cidade (no desembocar da sua “rua direita” - a Rua dos Pescadores), para o final do paredão, ignorando este importante símbolo da região e gerando na empresa que o mantém activo quebras de receitas na ordem dos 60%.
Nós, os subscritores deste documento, um grupo de cidadãos - amigos e habitantes da Costa da Caparica, não representando aqui qualquer partido, ideologia ou credo religioso, mas tão somente uma vontade comum que é ver esta região elevada ao pedestal que merece, acreditamos firmemente que a Costa da Caparica, única pela sua beleza particular (reconhecida pela classificação como paisagem protegida), com uma das maiores extensões de areal fino e contínuo da Europa, devidamente orientada e enquadrada numa estratégia de desenvolvimento turístico sustentado, pode representar um potencial gerador de emprego e receitas para o país, mais importante do que a simples abertura de mais uma fábrica, ou a reactivação de uma região mineira. Com base neste princípio, preocupados com o futuro e desiludidos pelos erros da implementação do Programa Polis, vimos pedir a V. Exas. que no âmbito das suas competências intervenham junto da Sociedade Costa Polis, ou o que dela resta, no sentido da manutenção do ponto de partida do “transpraia” no seu local original, ou nesta impossibilidade, na sua colocação junto à actual lota/equipamentos de apoio à actividade pesqueira.



Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
119 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.