Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Stop a canalização dos lucros financeiros da industrial e do porto de Sines e ser canalizados para as outras macro regiões

Para: Parlamento e Governo Português

Stop a canalização dos lucros financeiros da industrial e do porto de Sines, ser canalizados para as outras macro regiões do nosso país, estão a ser desvios para as obras de outras macro regiões, por exemplo de turismo de Algarve, para as obras nas praias de entre Vila Real de Santo António a Lago, não são os seus próprios lucros financeiros criados de turismo local a pagar as obras, área portuária de cruzeiro de Portimão e área aeroportuária de Faro e a obra de N-125 e ferroviária do Algarve, por outros exemplos de autoestradas e vias rápidas de região metropolitana de Lisboa, não uso para a desenvolvimento das infraestruturas acesso para o área portuária e a área urbana de municípios de Santiago do Cacém, de Odemira e de Sines, por exemplo de acabar a A-26, de começar a IC-33 em modelo de autoestrada, de alargamento de largura a N-120 até Lago, de obras urbanas dos seus equipamentos e suas infraestruturas, mudar a sistemas de transportes de passageiros para a macro região, por exemplos de construção infraestruturas básicas para a desta macro região de desta caraterização nos modelos internacionais, as são infraestruturas de bases para o apoio de atracão do investimentos multinacionais na desta macro região e a difícil de atracão do investimento nacionais na desta macro região a causa de pouco investimento de infraestruturas na desta macro região, como maior desvio no canalização na transferência de fundo financeiro da desta macro região, sem contrapartidas ou retornos económicos ou o outro tipo, para as outras regiões de nosso país nos exemplos de regiões metropolitanas por exemplos de metros, comboio, aeroportuárias, museus, publicidade do turismo de Portugal (verdade o turismo de Lisboa, Porto, Algarve, Madeira, Açores, Évora, Coimbra, Aveiro), áreas portuárias (Portimão, Olhão, Setúbal, Barreiro/Almada, Lisboa, Aveiro, Leixões e etc...) e autoestradas (A-2, A-1, A-13, A-5, A-6, A-8 e etc....) e são mais de cinco mil milhões de euros em 30 anos de lucros da industrial e do porto de Sines estão a dar ao nosso país sem contrapartidas para a comunidade local da macro região como a redução de velocidade desenvolvimento macro regional de Sines em cada uma década no seu atrasado considero as duas regiões metropolitanas de Lisboa e de Porto. Só havia um pedido de ajuda para a liberar a transferência como a razão de contrapartidas e de retorno financeiro igual para a macro região, por exemplo ao Algarve a contrapartidas podia ser de que na área turismo, alguma campanha publicidade para os seus turistas a sua visita na macro região ou a transportar para a desta macro região uma parte do seu turistas nos seus autocarros ou dar a informação de interesses, de vias acesso a chegar e de figuras importante da macro região (será a pequena viagem conhecimento da macro região e assim a volta para os seus hotéis no Algarve e o modelo o que passar em Mértola).


Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
1 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.