Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Queremos a elevação das bengalas de Gestaçô a Património Cultural e Imaterial da Humanidade pela UNESCO

Para: COMISSÃO NACIONAL DA UNESCO - MINISTÉRIO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS

Queremos que as famosas bengalas fabricadas na freguesia de Gestaçô no concelho de Baião sejam elevadas a Património Cultural e Imaterial da Humanidade pela UNESCO

Bengalas de Gestaçô

As bengalas surgiram na freguesia de Gestaçô, concelho de Baião nos finais do século XIX, sendo a sua produção impulsionada por Alexandre Pinto Ribeiro, que acabou por abrir a sua oficina em 1902.
Para a perfeita elaboração destas bengalas, o impulsionador das mesmas revolucionou todo o processo de fabrico.

Fases de Produção

A primeira é a de preparar a madeira de cerejeira, ou seja, desfiar a madeira à medida para que essa possa ser desfiada e cozida durante cinco minutos num pote com água a ferver.
Ultrapassada esta fase, é necessário dobrar a madeira. Para uma melhor dobragem esta é feita numas formas de ferro que, como a madeira, também estão quentes/aquecidas.
Para vergar a bengala utilizam-se uns arcos, para proteger a bengala para que esta não quebre, depois de vergada deixa-se arrefecer durante uma ou duas horas.
Após arrefecida, começa-se a trabalhá-la e é nesta fase que se fazem os feitios. Neste processo também se utilizam algumas ferramentas como: incho, plaina, grosa ou lima e goivas. Por último, lixa-se a madeira, pinta-se, dá-se o acabamento e o verniz.
Mais tarde, com a técnica de dobragem, que permitiu a obtenção de maior qualidade nas bengalas, apareceu a criatividade e o surgimento de vários desenhos e fundamentos para embelezar as bengalas, como por exemplo, cabeças de animais, cerejeira polida, incrustações de madrepérola, prata e ouro.
Apesar de, nas nossas paragens, hoje em dia as bengalas não fazerem parte da indumentária e de um relevante adereço de moda, a verdade é que enquanto objeto de arte decorativa são verdadeiramente lindíssimas.
Infelizmente, a sobrevivência dos artesãos é dada pelo trabalho que promovem para a queima das fitas, grande parte das bengalas aí vendidas é produzida em Gestaçô.
Os artesãos de bengalas deslumbram com as construções cuidadas que fazem e com a forma elaborada como esculpem verdadeiras obras de arte.

O reconhecimento do trabalho destes artesãos foi dado com a abertura do Museu da Bengala em Gestaçô.


Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
97 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.