Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Petição contra o abate do cão Rottweiler

Para: Ex mos Senhores Excelentíssimo Senhor Presidente da República Portuguesa, Professor Doutor Marcelo Rebelo de Sousa ; Tribunal Judicial da Comarca de Matosinhos; Veterinários responsáveis pelo canil municipal de Matosinhos.

Petição contra o abate do cão Rottweiler que envolvido numa situação de stresse entre duas pessoas atacou por instinto os envolvidos entre eles uma criança presente. Solicitamos a entrega do cão ao seu dono legal. Entrega esta devidamente regulada e acompanhada pelas autoridades

Ex mos Senhores
Excelentíssimo Senhor Presidente da República Portuguesa, Professor Doutor Marcelo Rebelo de Sousa ;
Tribunal Judicial da Comarca de Matosinhos;
Veterinários responsáveis pelo canil municipal de Matosinhos.
Vimos pela presente, solicitar intervenção urgente, no caso do cão Rottweiler que no passado dia vinte e cinco de abril e encontrando-se numa situação de stresse entre duas pessoas, e por instinto, atacou e feriu três pessoas entre elas uma criança de quatro anos que estava presente.
Este animal estava a ser passeado por um rapaz que não é seu dono.
Sem o conhecimento ou autorização do seu dono legal não se encontrava açaimado ou com trela.
O cão tem 15 meses e não tem historial agressivo. Sempre foi passeado pela sua tutora como está previsto na lei.
A tutora legal ainda não foi notificada do sucedido, mas o cão foi levado para o canil de Matosinhos para um período de quarentena que já finalizou.
A tutora solicitou e foi autorizada após este período a visitar o seu animal.
O cão está preso há um mês, preocupa-nos a sua saúde. Os cães são, por natureza, animais sociais que precisam da interação com pessoas e outros animais para a sua estabilidade. Um animal sozinho num local de isolamento durante horas, semanas, meses pode transforma-lo num animal frustrado e infeliz. Por mais dócil e meigo que fosse antes de passar a viver preso, poderá tornar-se ansioso e agressivo.
Não queremos, nem permitimos que tal aconteça com este jovem cão.
Solicitamos encarecidamente a Vossas Excelências, que na interpretação da Lei permitam que este cão seja o mais célere possível entregue única e exclusivamente á sua tutora legal, sendo acompanhada pelas autoridades e frequentar como a lei prevê, um curso publico e certificado de obediência para animais deste porte e raça.
Vamos assinar e fazer chegar a nossa voz a quem de direito. Queremos que este animal seja tratado com a dignidade que lhe é de direito. O tutor e o rapaz que o passeava é que deverão ser responsabilizados pelo sucedido.
Ajude-nos.

Expressamos a continuação de melhoras para os envolvidos especialmente a criança



Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
1.845 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.