Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

ALIMENTAÇÃO XXI – pelo acesso a comida de verdade!

Para: Assembleia da República Portuguesa

Não está em causa que vivemos hoje num tempo diferente daquele que suportou a maior parte da evolução humana. E não é contra e evolução que queremos “lutar”. Queremos antes falar daquela que deve ser a forma mais natural e sustentada de o Homem se alimentar. Dar preferência a alimentos naturais, que respeitem boas práticas de criação de animais e plantas. A alimentação que praticamos e apoiamos não fecha a porta a novas opções, todavia não se coíbe de colocar de parte alimentos processados, que exigem uma preparação industrial, alterados e aditivados, com prazos de validade demasiado extensos.

A escolha da já popular designação “alimentação Paleo” surge naturalmente em função dos estudos que têm vindo a demonstrar que a raça humana atingiu o auge da sua evolução, no que diz respeito ao desenvolvimento de capacidades físicas e intelectuais, na era Paleolítica. Inclusive que, posteriormente, com a introdução da agricultura intensiva, caminhámos para um estilo de vida cada vez mais sedentário e deixámos de saber comer o que seria naturalmente suposto, devido à descoberta de novos potenciais “alimentos”. Em consequência, novas e quase incontroláveis doenças foram surgindo, resultado da inadaptação do organismo a esse novo estilo de vida e de alimentação.

Este é um movimento que pretende que os membros do governo e os deputados, mas também os industriais e os agricultores, os comerciantes e os empresários... tomem medidas para que estejam acessíveis a todos opções alimentares que respeitem o ideal que defendemos. Seja em organismos públicos, escolas, infantários, hospitais, eventos de qualquer sector, é fundamental que estejam disponíveis ALIMENTOS DE VERDADE, alimentos naturais, livres de aditivos desnecessários, alimentos isentos de glúten ou outros agentes potencialmente inflamatórios, para que quem quiser cuidar da sua saúde o possa fazer em respeito pelos seus valores e convicções. Porque percebemos o alimento como combustível e como remédio também!

Assim, as cidadãs e os cidadãos abaixo assinados vêm pedir à Assembleia da República que analise, discuta e legisle para que:

- nas refeições servidas em refeitórios e serviços similares em instituições públicas, a proporção de alimentos ricos em hidratos de carbono simples seja reduzida em função do aumento de vegetais ou saladas, boas fontes de proteína e gordura naturais (sejam de origem animal ou vegetal);

- seja limitado o acesso a sumos que não sejam naturais e que exista um critério rigoroso na escolha de sobremesas e alimentos ricos em açúcares adicionados;

- exista a possibilidade de escolha de refeições com alimentos naturais e inteiros em alternativa a alimentos processados e ricos em aditivos alimentares;

- nas máquinas de venda automática estejam disponíveis frutas e "snacks" (que já existem) que possam constituir uma escolha que respeite a filosofia alimentar que defendemos;

- globalmente, sejam revistas as diretrizes alimentares da habitual “dieta” ocidental tal como outros países civilizados já o têm feito, no sentido de melhorar a saúde das próximas gerações.

Nós, seguidores deste estilo Paleo, moderno e descomplicado, já o estamos a fazer e com evidentes resultados na saúde! Estamos atentos, estamos ativos, estamos a crescer e merecemos ser ouvidos.



Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
5.500 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.